Rodinei de Almeida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rodinei
Informações pessoais
Nome completo Rodinei Marcelo de Almeida
Data de nasc. 29 de janeiro de 1992 (26 anos)
Local de nasc. Tatuí (SP), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,75 m
Destro
Informações profissionais
Clube atual Flamengo
Número 2
Posição Lateral-direito
Clubes de juventude
2011–2012
2012
Avaí
Corinthians (emp.)
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2011–2014
2012
2012–2013
2013
2014
2014–2015
2016–
Avaí
Marcílio Dias (emp.)
Corinthians (emp.)
CRAC (emp.)
Penapolense (emp.)
Ponte Preta
Flamengo
0000 0000(0)
0007 0000(0)
0001 0000(0)
0020 0000(0)
0016 0000(0)
0074 0000(2)
0129 0000(8)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 15 de novembro de 2018.

Rodinei Marcelo de Almeida, mais conhecido como Rodinei (Tatuí, 29 de janeiro de 1992), é um futebolista brasileiro que atua como lateral-direito. Atualmente, joga pelo Flamengo.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Aos 17 anos, Rodinei começou a sua carreira, passando por Videira e Porto União, antes de chegar nas categorias de base do Avaí.

Avaí[editar | editar código-fonte]

Na base do Avaí, Rodinei era um dos destaques. Subiu para o time profissional em 2011. A diretoria avaiana, sabendo de seu potencial, renovou com ele até o dia 31 de dezembro de 2015. Não chegou a estrear profissionalmente no Leão, tendo ficado no banco de reservas em duas oportunidades, uma no Campeonato Brasileiro de 2011 e a outra no Campeonato Catarinense de 2012.

Marcílio Dias[editar | editar código-fonte]

Sem espaço no Avaí, Rodinei foi emprestado ao Marcílio Dias por 3 meses, assinando contrato em 24 de fevereiro de 2012 válido até 24 de maio 2012. Pelo Marinheiro, atuou em 7 partidas do Campeonato Catarinense daquele ano.

Corinthians[editar | editar código-fonte]

Chegou ao Corinthians para atuar nos juniores do time paulistano por indicação de Marcelinho Paulista, então gerente de futebol do Avaí, que uma semana antes era o gerente da base do Timão.[1] Pelo Corinthians fez apenas uma partida, entrando nos minutos finais de um jogo contra o Cruzeiro. Seu empréstimo iria até maio de 2013, mas em março o Timão aceitou devolvê-lo, atendendo a um pedido do clube da Ressacada.[2]

CRAC[editar | editar código-fonte]

Repassado por empréstimo pelo Avaí ao CRAC, de Goiás, Rodinei disputou a Copa do Brasil de 2013 e a Série C de 2013.

Penapolense[editar | editar código-fonte]

Emprestado pelo Avaí, defendeu a Penapolense no Campeonato Paulista de 2014. Atuando pela surpreendente equipe de Penápolis, que eliminou o São Paulo nas quartas de final do torneio e caiu para o Santos, na semifinal, o jogador chamou a atenção do Internacional e da Ponte Preta.[3]

Ponte Preta[editar | editar código-fonte]

Logo após o fim do estadual de 2014, Rodinei foi contratado pela Ponte Preta.[4] O atleta foi emprestado pelo Avaí ao clube alvinegro até o fim do ano. Estreou pela Macaca na vitória de 1 a 0 sobre o Bragantino, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro de 2014 - Série B. No segundo jogo, fez seu primeiro gol como profissional. Depois que entrou na equipe titular da Ponte, ele conseguiu atuar com regularidade e não perdeu mais a posição. Foi considerado um dos melhores laterais-direito da Série B.[5]

SEV Hortolândia[editar | editar código-fonte]

Depois de terminado seu vínculo de empréstimo com o Ponte Preta em 31 de dezembro de 2014, Rodinei assinou com o SEV Hortolândia, que, por meio de empresários, adquiriu seus direitos econômicos junto ao Avaí.

Retorno à Ponte Preta[editar | editar código-fonte]

Rodinei acabou renovando com a Ponte Preta para a temporada de 2015.[6] Cedido por empréstimo pelo SEV Hortolândia, o lateral-direito assinou um contrato válido até 31 de dezembro de 2015. Um dos pilares do Majestoso em 2015, principalmente pelo poder ofensivo, manteve os níveis de atuações de 2014 e antes mesmo do fim do Campeonato Brasileiro de 2015, ele já era cobiçado por diversas equipes. Com a sua tradicional irreverência, comentou o então futuro:

Fez um ótimo Brasileirão, sendo um dos destaque da equipe no Campeonato (atuou em 36 das 38 partidas disputadas na Série A).[8][9] Segundo dados do "Espião Estatístico", do GloboEsporte.com, Rodinei foi o sexto jogador de linha que mais tempo ficou em campo durante o Brasileirão 2015.[10]

Por conta disso, terminou o ano de 2015 em alta, e despertou o interesse de diversos clubes de maior investimento.[7] Mesmo chegando a estar em conversas bem encaminhadas com o Grêmio, o Flamengo atravessou o negócio e o contratou.[11]

Flamengo[editar | editar código-fonte]

Em 10 de dezembro de 2015, Rodinei assinou contrato de quatro anos com o Flamengo, até o fim de 2019.[11] O Rubro-Negro comprou 50% dos direitos econômicos de Rodinei. Marcou seu primeiro gol pelo Rubro-Negro diante da Portuguesa da Ilha em uma goleada por 5 a 0 pelo Campeonato Carioca.[12] Fez um belo primeiro semestre, e foi escolhido o melhor lateral-direito do Campeonato Carioca.[13]

Rodinei foi o titular da equipe até julho de 2016, quando, na partida contra o Corinthians, válida pelo Brasileirão daquele ano, ele sofreu uma luxação no cotovelo esquerdo em uma disputa de bola com o atacante Rildo, tendo que se afastar dos gramados por 1 mês.[14] Enquanto Rodinei esteve afastado, seu reserva imediato, Pará, mostrou serviço, ganhou a vaga de titular, e desde então, não saiu mais do time.[15]

Em maio de 2017 teve uma das suas melhores atuações pelo Flamengo.RJ diante da Universidad Católica, do Chile, pela Libertadores, Rodinei havia acabado de entrar no jogo e precisou de 5 minutos para fazer, de canhota, o primeiro gol do Rubro-Negro na partida e vencer por 3 a 1 o time chileno.[16] Na mesma semana Rodinei foi decisivo novamente para o time carioca diante do Fluminense pela decisão do Campeonato Carioca, em que de novo entrou no decorrer da partida e, além de fazer o gol do título para o Flamengo no final do jogo, garantindo a vitória por 2 a 1 e o 34º título da competição ao Rubro-Negro, foi o responsável direto pela expulsão do goleiro adversário, após driblá-lo.[17] Uma curiosidade sobre estes jogos é que Rodinei atuou em ambos como Ponta-direita, sendo uma aposta do técnico Zé Ricardo. O técnico testou o atleta pela primeira vez nesta posição em janeiro, na partida contra o Boavista, válida pelo Carioca.[18]

Estilo de jogo[editar | editar código-fonte]

Rodinei se destaca pelo estilo de jogo vigoroso. Lateral de força física, tem na sua principal qualidade a intensidade de sua chegada ao ataque.[19] Terminou o Brasileirão de 2015 com números de destaque nos seus scouts ofensivos, sendo uma importante arma para desafogo da equipe.[20]

Para o técnico Guto Ferreira, treinador do jogador na Ponte Preta:

Esta afirmação, porém, não é comprovada pelos números. Segundo dados do "Espião Estatístico", do GloboEsporte.com, no Brasileirão 2015, considerando desarmes, roubadas de bola e faltas cometidas, Rodinei somou 208 ações de combate direto ao adversário. E em 78,64% dessas ações, Rodinei desarmou ou roubou a bola.[10]

Em 2017, Rodinei passou a atuar também como ponta-direita, sendo uma aposta do técnico Zé Ricardo. Conforme o técnico, Rodinei tem "por valência física, condição de chegar rápido no ataque e também compor com facilidade", e, por isso, segundo o mesmo treinador, se ele tivesse sido seu atleta na base, ele teria apostado nele como atacante.[22]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Até 15 de novembro de 2018.

Clubes[editar | editar código-fonte]

[23]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Avaí 2011 0 0 0 0 0 0
2012 0 0 0 0 0 0
Total 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Marcílio Dias 2012 7 0 0 7 0 0
Total 0 0 0 0 0 0 0 0 0 7 0 0 7 0 0
Corinthians 2012 1 0 0 1 0 0
2013 0 0 0 0 0 0
Total 1 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0
CRAC 2013 17 0 0 3 0 0 20 0 0
Total 17 0 0 3 0 0 0 0 0 0 0 0 20 0 0
Penapolense 2014 16 0 0 16 0 0
Total 0 0 0 0 0 0 0 0 0 16 0 0 16 0 0
Ponte Preta 2014 22 2 3 0 0 0 22 2 3
2015 35 0 3 1 0 0 0 0 0 17 0 2 53 0 5
Total 57 2 6 1 0 0 0 0 0 17 0 2 75 2 8
Flamengo 2016 13 0 0 4 0 0 2 0 0 19 1 2 38 1 2
2017 19 2 3 7 0 1 5 2 1 11 1 2 42 5 7
2018 27 1 1 5 0 0 8 0 0 9 1 2 49 2 3
Total 59 3 4 16 0 1 15 2 1 39 3 6 129 8 12
Total na carreira 134 5 10 20 0 1 15 2 1 79 3 8 248 10 20

Títulos[editar | editar código-fonte]

Avaí
Flamengo

Premiações Individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Corinthians acerta contratação de lateral de time da Série B». FutebolInterior.com.br. 22 de maio de 2012. Consultado em 11 de dezembro de 2015. 
  2. «Corinthians 'devolve' Rodinei e empresta Anderson para o Avaí». OGlobo.com. 18 de março de 2013. Consultado em 11 de dezembro de 2015. 
  3. «Lateral-direito da Penapolense surge como alternativa para a camisa 2 do Inter». clicRBS.com.br. 19 de maio de 2014. Consultado em 11 de dezembro de 2015. 
  4. «Ponte reforça elenco com lateral do CAP e um dos artilheiros do Mineiro». Globoesporte.com. 1 de julho de 2014. Consultado em 11 de dezembro de 2015. 
  5. «Jorginho, Cafu e mais oito: lista traz dez destaques da Série B de 2014». Globoesporte.com. 1 de dezembro de 2014. Consultado em 11 de dezembro de 2015. 
  6. «Ponte acerta renovações de Rodinei e Alexandro e garante dupla para 2015». Globoesporte.com. 12 de dezembro de 2014. Consultado em 11 de dezembro de 2015. 
  7. a b «Com futuro em aberto, Rodinei brinca sobre rumores: "Brasil inteiro me quer"». Globoesportem.com. 28 de outubro de 2015. Consultado em 11 de dezembro de 2015. 
  8. «Flamengo confirma Juan e Rodinei como primeiros reforços para 2016». ESPN.com.br. Consultado em 12 de fevereiro de 2016. 
  9. «De Zé Roberto a Rodinei: os laterais com as melhores médias no Cartola FC». GloboEsporte.com. Consultado em 12 de fevereiro de 2016. 
  10. a b «Rodinei ou Pará? Veja que lateral do Flamengo leva vantagem nos números». GloboEsporte.com. Consultado em 12 de fevereiro de 2016. 
  11. a b «Flamengo assina com lateral-direito Rodinei, ex-Ponte, por quatro anos». GloboEsporte.com. 10 de dezembro de 2015. Consultado em 11 de dezembro de 2015. 
  12. «Mancuello estreia bem, e Arão brilha em goleada do Flamengo sobre a Portuguesa». GloboEsporte.com. 10 de fevereiro de 2016. Consultado em 10 de fevereiro de 2016. 
  13. a b esporte.uol.com.br/ Festa do Carioca tem Rodinei sem intimidade com terno e Eurico dando ordens
  14. globoesporte.globo.com/ Fla perde Ederson e Rodinei por pelo menos três semanas
  15. noticias.bol.uol.com.br/ Rodinei tem nova oportunidade e grande responsabilidade no Flamengo
  16. «Em noite de Guerrero, Fla vence a Católica e fica perto de mata-mata da Libertadores». GloboEsporte.com. 3 de maio de 2017. Consultado em 3 de maio de 2017. 
  17. «É campeão invicto! Fla vence o Flu de virada e conquista seu 34º título do Carioca». GloboEsporte.com. 7 de maio de 2017. Consultado em 7 de maio de 2017. 
  18. oglobo.globo.com/ Com gols peruanos, Flamengo goleia o Boavista em Natal
  19. «Vigor físico e bom apoio: conheça o estilo de jogo de Rodinei». ZH.clicRBS.com.br. Consultado em 12 de fevereiro de 2016. 
  20. «Cruzamentos, desarmes e assistências: o 2015 de Rodinei, novo reforço do Flamengo». Lance.com.br. Consultado em 12 de fevereiro de 2016. 
  21. «Descobridor de Rodinei elogia apoio, mas diz que lateral precisa de ajustes defensivos». ZH.clicRBS.com.br. Consultado em 12 de fevereiro de 2016. 
  22. sportv.globo.com/ Zé Ricardo dá indícios de que usará Rodinei como atacante no Flamengo
  23. «Football : Rodinei» (em inglês). FootballDatabase.eu. Consultado em 28 de novembro de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]