UFSCtock

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
UFSCtock
Período de atividade 2009 - 2014
Número de edições 6 (2009-2014)
Local(is) Florianópolis, SC, Brasil
Gênero(s) Música independente
Página oficial UFSCtock no Facebook

O UFSCtock foi um festival de artes que aconteceu por seis anos no campus da Universidade Federal de Santa Catarina em Florianópolis. Organizado pelos estudantes, foi realizado anualmente desde 2009, tendo sua última edição acontecido em 2014.

Sua programação, inicialmente focada no festival de música independente, foi expandida, incluindo exposições de artes visuais, debates, teatro, oficinas, cinema e com atrações nacionais no festival de música. Durante sua realização, o UFSCtock era considerado uma plataforma importante para a música catarinense e considerado o maior festival de música independente do estado.

Existiu e ainda existe interesse em fazer novas edições e mesmo em outros campi, mas isso depende de apoio institucional e financeiro da universidade, o que não tem ocorrido nos últimos anos.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

A ideia do festival surgiu em 2001, quando o Diretório Central dos Estudantes Luis Travassos organizou um evento no Bosque da UFSC, “nos moldes de Woodstock”. Surge ai a ideia do evento que finalmente é aplicada oito anos depois, no aniversário de 40 anos do famoso festival.

Edições[editar | editar código-fonte]

2009: o início[editar | editar código-fonte]

A primeira edição do UFSCtock aconteceu nos dias 29 e 30 de maio e foi organizado exclusivamente pela gestão do DCE, que fazia festas, mas era inexperiente com festivais. A organização acabou sendo bastante amadora, e no primeiro dia a chuva transferiu o palco da concha acústica para o Varandão do CCE, e o público acompanhou cerca de quinze bandas locais autorais em meio a muita lama. Apesar disso, os organizadores e o público consideraram um sucesso. Setenta bandas se inscreveram para tentar participar dessa edição.[1][2][3]

Line-up
Dia 29 Sociedade Soul

Lenzi Brothers

Dia 30 Andalucia

Fugitivos da Yakuza

All About Drinks

Sized

Echoe

Monster Truck

2 Minutes Hated

Red in White

Apicultores Clandestinos

Maltines

Stereo Tipos

Da Caverna

2010: visibilidade nacional[editar | editar código-fonte]

A segunda edição aconteceu nos dias 28 e 29 de maio. O UFSCtock contava com sua primeira atração nacional - BNegão - e começava a ganhar visibilidade, e com o crescimento veio a preocupação com a organização, ainda dependente do DCE, que troca de gestão anualmente. Alguns organizadores fundaram o coletivo Cardume Cultural, que passa a apoiar o UFSCtock, principalmente através da negociação com as bandas. Dessa vez o palco foi montado na Praça da Cidadania, em frente a Reitoria, o que se repetiria nas edições seguintes. A organizou escolheu treze atrações que se apresentaram no segundo dia, selecionadas dentre as 113 inscritas.[1][4]

Line-up
Dia 28 Casca Groove

BNegão e os Seletores de Frequência 

Dia 29 Sabonetes

Groove

O Mar de Quirino

Tchica Maledeta

Stallones

Bodelé

Os Skrotes

Tribuzana

Jesus e seus Apostulus

Estado Deplorável

Liss

Etílicos e Sedentos

Helvéticos

Dinossauro

2011, #MUITAMISTURA: festival multi-artes[editar | editar código-fonte]

O artista gaúcho Juli Manzi se apresentando no UFSCtock 2011.

Com o tema #MUITAMISTURA, a terceira edição foi a primeira que se estendeu além da música, com teatro, dança, artes visuais e audiovisual como parte do festival. Entre os dias 26 de setembro e 2 de outubro, foi uma semana de atividades que até mesmo não se limitaram a UFSC, chegando a UDESC. A universidade apoiou financeiramente o festival através de um edital de cultura, permitindo essa expansão. Cerca de 500 bandas se inscreveram para a seleção do festival de música, que aconteceu nos dias 1 e 2 de outubro. Desta vez, as atrações nacionais - Criolo e Cabruêra - fecharam cada noite, o que seria o padrão pras edições seguintes. [5][6][7]

Line-up
Dia 1 Da Caverna

Motel Overdose

Variantes

Rincon Sapiência

Cassim & Barbária

Criolo

Dia 2 Juli Manzi

Sociedade Soul

Felixfônica

Somato

Rutera

Cabruêra 

2012: menos apoio, mais expectativa[editar | editar código-fonte]

Depois da edição de 2011, considerada o auge do festival até então, a expectativa era maior, mas o apoio institucional da UFSC, sem o edital de cultura, foi menor. O festival foi de 25 a 28 de outubro, e se sustentou através da integração de diversos coletivos - Cardume Cultural, Sem Fronteiras, Nó Cultural e O Clube - e dos alunos que fazem parte da comissão organizadora. Onze bandas foram escaladas para o festival de música, tendo como destaque Karol Conká, O Terno e Macaco Bong, entre mais de trinta atrações culturais. Um público calculado em oito mil pessoas passaram pelos dois dias de festival de música, que aconteceu nos dias 27 e 28 de outubro.[8][9]

Line-up
Dia 27 Greek Van Peixe

Os Skrotes

Lenzi Brothers

Seu Bené

Karol Conká

Dia 28 Sonora Parceria

Enfuga

Hutzpah

O Terno

Macaco Bong

2013, #OCUPACULTURA: consolidação e versão infantil[editar | editar código-fonte]

Arte do UFSCtock 2013

A quinta edição aconteceu entre 19 a 24 de novembro. Catorze bandas fizeram parte do festival, que tinha como tema #OCUPACULTURA, com o objetivo de ser um espaço onde se possa produzir e consumir cultura, de maneira ampla e acessível. As atrações nacionais foram Apanhador Só e Vivendo do Ócio. Nessa edição surge o UFSCtockinho, com atrações infantis.[10]

Line-up
Dia 23 Pife na Manga

Ágata Barbi

Soonanda

Don Capone

Five 5 Boys

Caraudácia

Apanhador Só

Dia 24 Forsik

Eutha

Sopro Inverso

Malungo

Adam e Juliette

Da Caverna

Vivendo do Ócio

2014, #NAQUEBRADA: a última edição[editar | editar código-fonte]

A sexta e última edição acontece dos dias 27 de outubro a 2 de novembro. O destaque dessa edição foram as atividades fora da UFSC, principalmente nas ruas de Florianópolis. A organização tinha como objetivo da edição abranger os assuntos relacionados ao espaço urbano e as periferias, com o tema #NAQUEBRADA. As principais atrações foram as bandas Movéis Coloniais de Acajú, El Efecto e Mombojó.[11][12]

Line-up
Dia 1 Indisciplina

End of Pipe

Batalha de MCs

MC Eugenio

Mohandas

Móveis Coloniais de Acaju

Dia 2 Projeto Nosso Samba

Benjamin

Boi de mamão

Carne Doce

El Efecto

Mombojó

Legado, edições futuras e expansão para Araranguá[editar | editar código-fonte]

Durante os anos de realização, o UFSCtock tornou-se uma plataforma importante para a música independente de Santa Catarina, com cada edição trazendo mais bandas inscritas para a seleção do festival. [13]

Em 2015 não aconteceu o festival. Em 2016, um grupo voltou a tentar reorganizar o UFSCtock, porém não obteve sucesso junto a Reitoria, que precisaria apoiar financeiramente e também com as autorizações necessárias. Na página do Facebook, a organização criticou a atitude, comparando com o fato de que recursos foram liberados para um show da banda local Dazaranha na abertura da Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão, cujo cachê seria mais do que o pedido pelo festival. Mas a intenção de retomar o UFSCtock ainda existe.

Houve também a ideia de expandir o festival ainda em 2014 criando uma edição no campus da UFSC em Araranguá, com o argumento de que a burocracia do Campus Florianópolis, que tem impedido a realização do festival lá desde então, é menor em Araranguá, e que a cidade tem poucas opções de cultura e arte. Uma data chegou a ser marcada, mas acabou cancelada, mais uma vez, por problemas burocráticos.[14][15]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b «Conheça a história do Ufsctock». Cotidiano UFSC. 1 de janeiro de 2018. Consultado em 24 de outubro de 2012 
  2. «UFSTOCK: chegou a hora do róque universitário». Mundo 49 
  3. «Artigo do DCE avalia o UFSCtock como prova de respeito à diversidade». Notícias da UFSC. 4 de junho de 2009. Consultado em 4 de janeiro de 2018 
  4. «Confira a escalação completa do Ufsctock, que rola final de semana em Floripa». Válvula Rock 
  5. «UFSCTOCK». Naipe. 3 de outubro de 2011. Consultado em 1 de janeiro de 2018 
  6. «Ufsctock divulga lista de selecionados para edição 2011». Válvula Rock. 1 de setembro de 2011. Consultado em 2 de janeiro de 2018 
  7. «Alma Encantada de Criolo». Notícias do Dia 
  8. «Ufsctock, Festival Universitário de Artes Integradas, começa nesta quinta, em Florianópolis». Ufsctock, Festival Universitário de Artes Integradas, começa nesta quinta, em Florianópolis. 25 de outubro de 2012. Consultado em 1 de janeiro de 2018 
  9. «UM UFSCTOCK MUTANTE, MAS COM IDENTIDADE». Naipe. 31 de outubro de 2012. Consultado em 1 de janeiro de 2018 
  10. «Ufsctock 2013 traz arte e cultura à Universidade até domingo». Notícias da UFSC. 20 de novembro de 2013. Consultado em 2 de janeiro de 2017 
  11. «Festival de artes 'UFSCtock' começa nesta segunda-feira em Florianópolis». G1. 27 de outubro de 2014. Consultado em 1 de janeiro de 2018 
  12. «Festival UFSCtock começa nesta segunda-feira (27) na Capital». Tudo Sobre Floripa. 27 de outubro de 2014. Consultado em 1 de janeiro de 2018 
  13. «Revista Secarte» (PDF). Secarte - UFSC 
  14. «Estudantes de Araranguá exigem Ufsctock – Entrevista com organizador». Maruim. 5 de julho de 2014. Consultado em 2 de janeiro de 2018 
  15. «Do Compromisso ao Descaso». UFSCtock Araranguá no Facebook