Morrostock

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Morrostock
Morrostock
Período de atividade 2007 - atualmente
Número de edições 7 (2013)
Fundador(es) Paulo Zé
Local(is) Sapiranga, RS Brasil
Data(s) outubro
Gênero(s) Rock, Rock alternativo
Página oficial Morrostock

Morrostock é um festival independente de música e artes que ocorre anualmente em Sapiranga no mês de outubro. Participam das atrações musicais do festival, as mais diversas vertentes de rock alternativo. Tendo iniciado em 2007, até a sétima edição em 2013, o evento já reuniu cerca de 12 mil pessoas e mais de 250 bandas e artistas autorais nacionais e internacionais.[1][2]

A inscrição de bandas ocorre geralmente entre os meses de junho e julho.[3]

História[editar | editar código-fonte]

O festival MorroStock teve início no ano de 2007, no munícipio de Sapiranga - cidade das rosas, das bicicletas e do vôo livre[4] - sob a denominação de Morrostock Open Air Festival. Segundo o fundador, Paulo Zé, o festival sempre teve uma "abordagem ambiental, de sustentabilidade, mas também de viés colaborativo. É a nossa maneira de mostrar que é possível fazer um festival cujo objetivo não é necessariamente lucrar, mas unir as pessoas e promover a música"[5]. Em 2007, o Morrostock recebeu aproximadamente 2.000 mil pessoas, provenientes de várias regiões do Estado: grande Porto Alegre, Vale dos Sinos, Serra Gaúcha, Planalto e Fronteira. Os shows foram realizados no Bar do Morro, situado ao pé do morro Ferrabraz. A grande motivação para o numeroso público em sua primeira edição, é o fato de o evento contar com atrações de outros Estados Federativos, e inclusive internacionais. Até 2009, o festival manteve este mesmo formato, atraindo cada vez mais apreciadores.

A partir de 2010, o festival ocorre durante duas semanas, sendo que no primeiro final de semana ocorrem shows das bandas ditas de rock pesado (punk, metal, hardcore, heavy, grunge, entre outros estilos) e as demais vertentes no segundo final de semana. Além disso, nesse ano foram inclusos outros locais para os espetáculos e atividades gerais, como teatro, vídeos e debates. Além do Bar do Morro, essas atrações ocorrem também no centro de Sapiranga, na Praça da Bandeira, no auditório do Centro Cultural Lucio Fleck e no plenário da Câmara de Vereadores. Outro fato que mereceu destaque nessa edição foi a primeira transmissão online de alguns shows do festival pela rádio web Putzgrilla.

O ano de 2011 reservou uma nova surpresa. Além dos locais citados no ano anterior, a partir desse ano, a grande maioria dos espetáculos e o acampamento ficariam concentrados em um espaço ainda maior, o sítio Picada Verão, em frente ao camping Deberovsky. O local é servido por banheiros secos e cozinha comunitária, restaurante com cardápio natural. São comercializados passaportes para cada final de semana, e a área para acampamento está incluso no valor do ingresso, desde que respeitado as datas estabelecidas de acordo com o passaporte adquirido. É recomendado que os campistas levem "lanternas, guarda-chuva ou capa de chuva, saco de dormir, cobertores, colchonete, repelente, protetor solar, roupa de banho, roupas confortáveis e algum sapato próprio para andar no barro"[6]. Ademais, trouxe uma novidade ocorrida apenas nessa edição: a Virada Musical, com 27 horas de atrações musicais ininterruptas, entre os dias 15 e 16/10.

Na edição de 2013, por sua vez, o festival contou com a colaboração da equipe do Psicodália para o fornecimento de estrutura e ferramentas para alimentação, instalação completa para pizzaria e dois gerentes, além de distribuição de adesivos do Psicodália 2014, exibição de vídeos e exposição e venda de alguns itens do bazar Psicodália[7]. A grande atração nesse ano foi o show do ex-mutante Arnaldo Baptista que ocorreu no auditório do Centro Cultural Lucio Fleck, no dia 11 de outubro[8]. Além disso, nesse ano, estava previsto acesso a internet na área de camping[6]. O MorroStock 2013 fez parte do Circuito Sul de Festivais, Rede Brasil de Festivais e Plataforma RS[1] e a curadoria do evento recebeu mais de 300 inscrições de bandas do Rio Grande do Sul[5].

Edições[editar | editar código-fonte]

Atrações de fora do Estado são especificadas.

2007[editar | editar código-fonte]

A primeira edição recebeu o nome de MorroStock Open Air Festival.

2008[editar | editar código-fonte]

2009[editar | editar código-fonte]

Foram 4 dias em meio a um feriadão e ofereceu estrutura de acampamento, estacionamento, alimentação, vendas de discos e materiais do rock, vendas de produtos orgânicos, jogos, vôo livre, performances, debates culturais, oficinas e muito Rock ´n´ Roll.

  • Datas: 09 a 12 de outubro de 2009
  • Local: Bar do Morro - Sapiranga/RS
  • Atrações (45)[9]: Jersey Killer (Argentina), Mukeka Di Rato (ES), AMP (PE), Zé Trindade (MG), Walverdes, Frank Jorge e Banda, Bebeco Garcia Trio, Parachämas (SC), Calvin (SC), Hibria, Frank Plato e Empresa Pimenta, Plato Divorak e os Exciters, Pública, Zé do Belo, Tarcisos Meira's Band, Bandinha Di Dá Dó, Wander Wildner, Os Replicantes, Sargento Malagueta, L.A.B, Ornitorrincos, Grosseria, CFC, UPO, Raise Your Head, Âmago Elíptico, Valentinos, Reverba Trio, Suco Elétrico, Táxi Free, Clã Mcloud, Gulivers, Melancias Indigestas, Mayday, Gory, Canja Rave, The Raves, Dinamite Joe, BiwalQ, Tio Neca, O Carabala, Quarto Stúdio, Homem Livre, Tchê Moçada, Alexandre Oliveira
  • Demais Atrações: o Homem-Banda, Conjunto Bluegrass Porto-Alegrense, Cia Um Pé de Dois, Circo Petit, Guitar Hero, Atividades Gastronômicas e Oficinas

2010[editar | editar código-fonte]

2011[editar | editar código-fonte]

2012[editar | editar código-fonte]

  • Datas: 08 a 14 de outubro de 2012
  • Local: Sítio Picada Verão, Bar do Morro, Praça da Bandeira, Centro Cultural Lucio Fleck, Plenário da Câmara de Vereadores, Parcão e A Toca - Sapiranga/RS
  • Atrações (50): Petit Mort (Argentina), Macaco Bong (MT), Confraria da Costa (PR), Camarones Orquestra Guitarrística (RN), Invasores de Cérebro (SP), Goya (PR), Klaus Eira (PR), Plá (PR), Wander Wildner, Bandinha Di Dá Dó, Cowboys Espirituais, Taranatiriça, Os Replicantes, Frida, Marcelo Birck, Quarto Sensorial, Saturno José, U.T.I, Homem Lixo (SC), RootsNR, Leptospirose, Grosseria, Sopro Cósmico, Xispa Divina, Mindgarden, Dr. Hank, Rocartê, Mar de Marte, Identidade, Los Misionerotronicos, Badhoneys, Afoxetal, Mary o and the pink Flamingos, Argamassa, Ashes, Rutera, La Digna Rabia, Porunspila, F.A.R.P.A., Ferrolho, 18:Pilhas, Chá das Cinco, Quarto Studio, Tomate SecoMedialunas, Crème de La Crème, Coié Lacerda & Harlem’s Club, Os Delirantes, Ecosofia
  • Demais Atrações: Teatro de rua, Oficinas, Tenda Zen, Debates, Workshops, Exibições de filmes

2013[editar | editar código-fonte]

  • Datas: 04 a 13 de outubro de 2013
  • Local: Sítio Picada Verão, Bar do Morro, Praça da Bandeira, Centro Cultural Lucio Fleck - Sapiranga/RS
  • Atrações (54)[10]: Arnaldo Baptista, Proyecto Gomez (Argentina), Ratos de Porão (SP), Krisiun, Duo Finlândia (Brasil/Argentina), Mustache e os Apaches (SP), Matuto Moderno (SP), Skrotes (SC), Arthur de Faria e seu Conjunto, Cores Berrantes (PR), Moda de Rock (SP), Tenente Cascavel, Oly Jr. e Os Tocaios, Fruet e os Cozinheiros, Mari Martinez and The Soulmates, Rinoceronte, Gritando HC (SP), Confronto (RJ), Os Torto, Quarto Sensorial, Cartolas, Topsyturvy (SP), The Red Boots (RN), Sileste, Fukai (RN), Adam and Juliette (SC), Black Cherry (PR), Luciano Albo, The TapeDisaster, O Curinga, Dones Primata,Som Invisível (SE), Trem Imperial, Suco Eléctrico, Avante Royale, Scafandro, The Sorry Shop, Tio Necca, Ed Lannes, Homem Bala, Change Your Life, Uranius Blues, Platinus, Torvo, Roleta Russa, Sangria, Tia Neca, Carniça, Sin Rejas (SC), Bloodwork, Indigentes, Take a Number, Dcotte Rock, Mundano
  • Demais Atrações: Teatro de rua, oficinas de compostagem e bioconstrução em bambu, Tenda Zen, debates, workshops, mostra Escuta, projeto Domingo no Museu, feira de artesanato local[11]
  • Realização: Gamana
  • Apoio: prefeitura de Sapiranga, Rapidanet, Back in Black, Editora Libretos, Lottus Psicodália e TNB.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Sabrina Kwaszko (25 de julho de 2013). «O MorroStock 2013 anuncia parte da programação e a venda de ingressos» (em português). Rádio Putzgrila. Consultado em 23 de maio de 2014 
  2. «Morrostock» (em português). Zé Trombeta. 28 de julho de 2013. Consultado em 23 de maio de 2014 
  3. «Abertas as inscrições para o Edital de Bandas Morrostock 2013» (em português). Instituto Estadual de Música / RS. 11 de junho de 2013. Consultado em 23 de maio de 2014 
  4. «O MorroStock 2013 anuncia parte da programação e a venda do primeiro lote de ingressos a partir de quinta-feira, dia 25» (em português). Portal do Rock Gaúcho. 24 de julho de 2013. Consultado em 23 de maio de 2014 
  5. a b Gustavo Brigatti (02 de outubro de 2013). «Festival Morrostock 2013 começa nesta sexta; Arnaldo Baptista tocará no dia 11» (em português). Zero Hora (ClicRBS). Consultado em 23 de maio de 2014  Verifique data em: |data= (ajuda)
  6. a b «Morrostock 2013 em sintonia com a natureza» (em português). Revista O Polvo. 02 de outubro de 2013. Consultado em 23 de maio de 2014  Verifique data em: |data= (ajuda)
  7. Rafael Pampoch (02 de outubro de 2013). «Psicodália apoia Morrostock» (em português). Sítio do Psicodália. Consultado em 23 de maio de 2014  Verifique data em: |data= (ajuda)
  8. Deco Rodrigues (13 de agosto de 2013). «Arnaldo Baptista se apresenta no Morrostock» (em português). ecult.com.br. Consultado em 23 de maio de 2014 
  9. a b c d e «Dados das edições 2007-2011» (em português). Blog do Morrostock 2012. Consultado em 23 de maio de 2014 
  10. Rafael Pampoch (10 de setembro de 2013). «Programação de Shows do Morrostock 2013» (em português). tnb.art.br. Consultado em 23 de maio de 2014 
  11. «MorroStock 2013 é sustentabilidade» (em português). Jornal Repercussão (Sapiranga). 12 de setembro de 2013. Consultado em 23 de maio de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Cultura é um esboço relacionado ao Projeto Cultura. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.