Evangelista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
As quatro criaturas aladas que simbolizam os Quatro Evangelistas - anjo (Mateus), leão (Marcos), touro (Lucas) e águia (João) - ao redor do Cristo em Glória no tímpano românico da Church of St. Trophime em Arles
O leão símbolo de São Marcos dos Evangelhos de Echternach, aqui sem asas.
Os quatro evangelistas e profetas rodeiam Cristo. Por Haregarius de Tours, c. 850.

Na tradição cristã os Quatro Evangelistas, Mateus, Marcos, Lucas e João, são os autores atribuídos à criação dos quatro evangelhos do Novo Testamento, os quais são:

Os evangelhos de Mateus, Marcos e Lucas são conhecidos como os evangelhos sinópticos porque eles incluem muitas histórias idênticas, frequentemente na mesma sequência. A convenção tradicionalmente mantida é que os autores foram dois dos doze apóstolos de Jesus, João e Mateus, e dois "homens apostólicos", Marcos e Lucas:

  • Mateus – um antigo coletor de impostos que foi chamado por Jesus para ser um dos doze apóstolos. É representado por um anjo na arte.
  • Marcos – um seguidor de Pedro e assim um "homem apostólico". É representado por um leão.
  • Lucas – um médico que escreveu o que é agora o livro de Lucas para um amigo Teófilo. Também acredita-se que tenha escrito o livro dos Atos (ou Atos dos Apóstolos) e que era um amigo próximo de Paulo de Tarso. É representado por um touro.
  • João – um discípulo de Jesus e possivelmente o mais jovem dos doze apóstolos. É representado por uma águia.

Eles são chamados de evangelistas, uma palavra que significa "aquele que proclama boas notícias", porque seus livros contam a "boa nova" ("evangelho") de Jesus.[1] Além de seu uso em Efésios[2] , o termo é também aplicado a Filipe[3] e a Timóteo, como uma exortação[4] .

Dos dois exemplos bíblicos citados acima, podemos concluir que a diferença entre evangelista e apóstolo é que, o trabalho do primeiro, é simplificar o Evangelho e persuadir os homens à fé (os quais já tinham o conhecimento do Evangelho - Ver Atos 8,40). Observemos que Filipe ministra em Cesareia Marítima e Samaria, onde o Evangelho já fora introduzido pelos apóstolos de Cristo. Por sua vez, Timóteo exerceu o ministério evangelístico em Éfeso, onde Paulo já havia implantado uma igreja.

Eles escreveram os quatro Evangelhos considerados canónicos pela maioria das confissões cristãs.

Referências

  1. "Princípio do Evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus." Marcos 1:1
  2. Efésios 4:11
  3. Atos 21:8
  4. "...fazei o trabalho de um evangelista..." 2 Timóteo 4:5
Ícone de esboço Este artigo sobre Cristianismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.