Half-Life

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Half-Life
Logotipo do jogo.
Desenvolvedora Valve Software
Publicadora(s) Electronic Arts (nas Lojas), Sierra Studios (via Steam) e Valve Corporation
Distribuidora Electronic Arts
Motor GoldSrc [1] [2]
Plataforma(s) PC (Windows), Linux
Série Half-life
Conversões/
relançamentos
PlayStation 2, Dreamcast(cancelado), Linux
Data(s) de lançamento Windows
Play Station
Linux
Gênero(s) Tiro em primeira pessoa
Survival Horror
Ficção científica
Modos de jogo Single Player, Multi-Player
Número de jogadores 1-32
Classificação Inadequado para menores de 18 anos i CERO (Japão)
Inadequado para menores de 18 anos i DEJUS (Brasil)
Inadequado para menores de 17 anos i ESRB (América do Norte)
Inadequado para menores de 15 anos i OFLCA (Austrália)
Inadequado para menores de 16 anos i PEGI (Europa)
Mídia CD, DVD ou Steam download
Controles Teclado, Mouse, Dualshock
Último
Último
Half-Life: Opposing Force
Próximo
Próximo

Half-Life é um jogo de tiro em primeira pessoa desenvolvido pela Valve Software. Lançado em 1998, foi eleito "Melhor Jogo do Ano" por diversos veículos de mídia especializados no assunto.[3]

Foi um dos jogos mais revolucionários da história do estilo 1ª Pessoa (First Person Shooter). Aclamado pela crítica, chegou até ser comparado com o clássico e vivo 'Doom', que foi o jogo que deu vida aos jogos em 1ª pessoa.

Atualmente a versão mais atualizada de Half-Life é disponível apenas pelo sistema Steam, que disponibiliza atualizações gratuitas a compradores legítimos do jogo. Também é necessário o uso do programa para jogar Counter-Strike ou qualquer outro mod do Half-Life online, assim como novos jogos lançados atualmente pela própria Valve ou pelas suas empresas satélites.

História[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Você joga na pele de Gordon Freeman, um cientista com Ph.D em Física Teórica pelo MIT que trabalha no laboratório Black Mesa, localizado no Novo México - EUA. Lá são conduzidas pesquisas em diversas áreas da ciência.

Gordon trabalha na área de pesquisas de materiais anômalos, e no início do jogo, é o responsável pela manipulação da amostra de um cristal desconhecido durante uma experiência. Assim que a análise começa, ocorrem várias explosões em diversas áreas do complexo Black Mesa, que matam muitos membros da equipe de funcionários e destroem vários equipamentos. Gordon é um sobrevivente. Além das explosões, portais de espaço-tempo se abrem trazendo seres de outra dimensão para os laboratórios, e esses começam também a matar todos que encontram pelo caminho.

O jogador começa sua jornada para escapar das instalações subterrâneas em colapso de Black Mesa, enfrentando alienígenas de todo o tipo. Para complicar ainda mais, o governo dos EUA manda seu exército para eliminar todas as evidências do acidente, ou seja: Gordon Freeman, outros sobreviventes, todas as testemunhas e aliens.

No decorrer da aventura, Gordon surpreende a todos com seus feitos heroicos em combate e passa a ser o alvo prioritário dos soldados.

Após vários desafios galgados, o protagonista chega a uma área do complexo Black Mesa chamada Lambda Core, onde ainda havia cientistas escondidos e equipamentos em operação. De lá, ele é teletransportado para Xen, o mundo de onde vinham os portais. Em um ambiente completamente estranho aos humanos e até às leis convencionais da física, Gordon atravessa cenários com fauna e flora fantásticos, além de uma instalação alienígena que lembra uma espécie de fábrica, até chegar a Nihilanth, o poderoso alien gigante que comanda Xen. Ao derrotá-lo, Gordon liberta os xenianos do domínio telepático de Nihilanth, que então param de atacar a Terra.

A história acabaria nesse ponto se o misterioso homem da maleta não existisse no game. Sem um nome oficial, esse personagem é conhecido como G-man, pois esse é o nome do seu skin disponibilizado no modo multiplayer.

Por várias vezes durante a aventura, G-man pode ser visto a observar o progresso de Gordon, assistindo calmamente a combates violentos, ou conversando com cientistas em salas trancadas, ou circulando pelos corredores. Algumas vezes, ao ser visto em algum lugar pelo qual o jogador ainda não passou, ele caminha calmamente até sair de cena. Quando o jogador posteriormente chega ao local, encontra um beco sem saída, sem nenhum lugar por onde G-man possa ter saído.

Após a derrota de Nihilanth, Gordon é inexplicavelmente teletransportado para outro local de Xen, deparando-se pela primeira vez frente a frente com G-man. Gordon recebe a proposta de trabalhar para ele, e, ao topar, Gordon é colocado em um sono induzido, no espaço-tempo até que seus serviços sejam requisitados novamente em Half-Life 2.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Gordon Freeman

Protagonista do jogo, tem 27 anos de idade em Half-Life¹. Trabalhava na Black Mesa, uma instalação secreta dos Estados Unidos, onde uma experiência com a análise de uma amostra de cristal Xeniano acabou gerando uma ressonância em cascata por parte do cristal, criando tempestades de portais por todo o planeta. Com a catástrofe, diversos seres vindos de um planeta chamado 'Xen' (os Xenianos) são teleportados para a instalação secreta. Freeman, depois de muito esforço, escapa; porém, vê-se obrigado a voltar, a fim de acabar com o problema. Indo ao setor Lambda das instalações, descobre que, para acabar com esse problema, tem que matar Nihilanth, o comandante de Xen.

Adrian Shephard

Um dos soldados da HECU, uma unidade de forças especiais, que trabalha para o governo dos EUA, treinados para combates em ambientes perigosos contra inimigos inconvencionais. Enquanto estava em um dos V-22 Osprey enviados para silenciar Black Mesa e matar os Xenianos e todas as testemunhas para encobrir o incidente, Naves xenianas atacam os dois Ospreys em que os soldados HECU, incluindo Shephard, estavam sendo transportados, causando um terrível acidente. Assim, Adrian tem que lutar contra os Xenianos e contra si mesmo para garantir sua sobrevivência. O jogador toma controle de Shepard na expansão Half-Life: Opposing Force em que faz a sua única aparição. Até agora não se sabe se Adrian Shephard vai participar de outros títulos da VALVE.

G Man

Certamente ninguém sabe, exceto os criadores, sua verdadeira função na série, nem mesmo o significado do seu nome. Não se pode falar com ele, nem atirar nele(aliás nem o afeta).

Barney Calhoun

É um dos seguranças de Black Mesa que aparece em Half-Life (Um senhor com uma farda de segurança azul e um capacete escuro), mas especialmente na expansão independente Half-Life: Blue Shift. Em Half-Life 2, ele é um dos principais líderes da resistência contra os Combine

Eli Vance

É um dos cientistas que trabalhavam junto com Freeman no experimento que culminou no incidente em Black Mesa, e na invasão da Terra pelos Combine. É um dos líderes da resistência em Half-Life 2 e um dos personagens mais importantes na trama.

Isaac Kleiner

Um cientista que trabalhava junto com Freeman. Faz importantes aparições junto com Eli Vance em Half-Life 2.

Steam[editar | editar código-fonte]

Para poder jogar pela primeira vez, é necessário conexão com a Internet para registrar seu número de série no Steam, o programa multi e single player para os jogos da Valve. Alguns usuários reclamaram dessa obrigação, inclusive a fabricante do jogo, a Vu Games, que entrou com um processo contra a Valve, já que ela estaria vendendo seus jogos multiplayers pelo Steam para as Lan-Houses, que deixavam de comprar a versão em CD[4] .

Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

  • 1. "Adrenaline Horror"
  • 2. "Vague Voices"
  • 3. "Klaxon Beat"
  • 4. "Space Ocean"
  • 5. "Cavern Ambience"
  • 6. "Apprehensive Short"
  • 7. "Bass String Short"
  • 8. "Hurricane Strings"
  • 9. "Diabolical Adrenaline Guitar"
  • 10. "Face OFF Theme"
  • 11. "Nepal Monastary"
  • 12. "Alien Shock"
  • 13. "Sirens In The Distance"
  • 14. "Nuclear Mission Jam"
  • 15. "Scared Confunsion Short"
  • 16. "Drums and Riffs"
  • 17. "Hard Technology Rock"
  • 18. "Steam In The Pipes"
  • 19. "Eletric Guitar Ambience"
  • 20. "Dimensionless Deepness"
  • 21. "Xexeu´s Military Precision"
  • 22. "LG Orbifold" - 02:54
  • 23. "Jungle Drums"
  • 24. "Traveling Through Limbo"
  • 25. "Credits Closing Theme"
  • 26. "Threatening Short"
  • 27. "Dark Piano Short"
  • 28. "Sharp Fear Short"

Conversões, expansões, sequências e mods[editar | editar código-fonte]

Half-Life recebeu 3 expansões, cada uma seguindo a história de um personagem de um grupo diferente. Opposing Force segue o exército, Blue Shift um segurança, e Decay os colegas de Gordon.

O jogo conta com uma sequência, Half-Life 2, lançada em 2004 que possui 5 expansões.

O motor de jogo do Half-Life foi modificado por fãs, que fizeram diversos mods, sendo Counter-Strike o mais famoso deles.

O jogo Half-life foi parcialmente refeito usando a engine gráfica Source, de Half-Life 2. Este mod foi chamado de Black Mesa e lançado em Setembro de 2012. Black Mesa coloca o jogador no lugar do Doutor Gordon Freeman, junto com outros personagens memoráveis e locais vistos no jogo Half-Life. Para jogar essa Conversão Total, só será necessário ter o Source 2007 SDK instalado.

Versão para Playstation 2[editar | editar código-fonte]

Pouco tempo depois do lançamento do Half-Life para PC, é finalmente lançado para Playstation 2. O Jogo também apresenta mudanças em alguns detalhes dos mapas.

A versão de Playstation 2 conta além do jogo original já lançado para computador, contém uma campanha extra exclusiva do console para 2 players. Posteriormente esse extra foi portado para computador por fãs.

Recepção[editar | editar código-fonte]

O site IGN colocou o jogo na sua lista de "dez mais influentes jogos de todos os tempos".[5]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote