Joaquim Pedro Salgado Filho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Joaquim Pedro Salgado Filho
Busto de Joaquim Pedro Salgado Filho, no Aeroporto Internacional Salgado Filho de Porto Alegre, Brasil
Nascimento 2 de julho de 1888
Porto Alegre
Morte 30 de julho de 1950 (62 anos)
São Francisco de Assis
Ocupação advogado, política

Joaquim Pedro Salgado Filho (Porto Alegre, 2 de julho de 1888São Francisco de Assis, 30 de julho de 1950) foi um magistrado e político brasileiro.

Filho de Joaquim Pedro Salgado e de Maria Josefa Artayeta Palmeiro. Apoiou Getúlio Vargas na Revolução de 1930, atuando na polícia do Distrito Federal (1930 — 1932), depois foi ministro do Trabalho (1932 — 1934), deputado federal (1935 — 1937), primeiro ministro da Aeronáutica (1941 — 1945) e senador (1947 — 1950). Foi também presidente do Partido Trabalhista Brasileiro, de 1948 até sua morte.

Foi um dos criadores do Correio Aéreo Nacional e da Escola de Aeronáutica, que resultou na separação da Força Aérea Brasileira do Exército. Estimulou a criação de aeroportos para aviação comercial no Brasil.

Morte[editar | editar código-fonte]

Candidato a governador do Rio Grande do Sul, faleceu em um acidente aéreo, quando o bimotor Lodestar que o levava rumo a um encontro com Getúlio Vargas, na fazenda do ex-presidente em São Borja, se chocou com uma colina, (Cerro dos Cortelini), no Rincão dos Dornelles, segundo distrito de São Francisco de Assis.

O piloto do avião era o Comandante Gustavo Ernesto de Carvalho Cramer, pioneiro da aviação nacional, sendo fundador da SAVAG (Sociedade Anonima Viação Aérea Gaúcha). O avião foi o primeiro dos três aviões adquiridos da PANAIR, apelidado de “Cidade de São Pedro do Rio Grande”.

Homenagens póstumas[editar | editar código-fonte]

O Aeroporto Internacional Salgado Filho SBPA em Porto Alegre, e o Aeroporto Salgado Filho SDZC em São Carlos, foram assim denominados em sua homenagem.

Além das homenagens supracitadas, são várias as manifestações de apreço ao político gaúcho espalhados pelo Brasil, como por exemplo: o município paranaense de Salgado Filho, o bairro Salgado Filho na cidade de Belo Horizonte e na cidade de Aracaju, a Escola Municipal Salgado Filho em Belo Horizonte, a Av. Sen. Salgado Filho existente na capital paranaense e no Natal, capital Norte Riograndense, o Instituto Estadual de Educação Salgado Filho, em São Francisco de Assis, Hospital Municipal Salgado Filho no Méier (zona norte - Rio de Janeiro - RJ) entre diversas outras homenagens,Praça Pedro Salgado, localizado na vila Campesina em Osasco-SP e a Praça Ministro Salgado Filho onde se localiza o Aeroporto do Recife-PE. Na cidade de Porto Velho existe uma avenida que leva o seu nome.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Lindolfo Collor
Ministro do Trabalho, Indústria e Comércio do Brasil
1932 — 1934
Sucedido por
Agamenon Magalhães
Precedido por
Ministro da Aeronáutica do Brasil
1941 — 1945
Sucedido por
Armando Figueira Trompowsky de Almeida


Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.