Under My Skin (álbum de Avril Lavigne)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Under My Skin
Álbum de estúdio de Avril Lavigne
Lançamento 25 de maio de 2004
Gravação 4 de agosto de 2003 – 27 de fevereiro de 2004
Gênero(s) Rock alternativo,[1] pop rock
Duração 40:56 (edição padrão)
50:33 (edição japonesa)
Formato(s) CD, Download digital
Gravadora(s) Arista Records, Sony BMG[1]
Produção Antonio "L.A." Reid (exec.), Butch Walker, Don Gilmore, Raime Maida
Cronologia de Avril Lavigne
Último
Último
Let Go
(2002)
The Best Damn Thing
(2007)
Próximo
Próximo
Singles de Under My Skin
  1. "Don't Tell Me"
    Lançamento: 1 de março de 2004
  2. "My Happy Ending"
    Lançamento: 7 de julho de 2004
  3. "Nobody's Home"
    Lançamento: 4 de novembro de 2004
  4. "He Wasn't"
    Lançamento: 28 de março de 2005
  5. "Fall to Pieces"
    Lançamento: 7 de junho de 2005

Under My Skin é o segundo álbum de estúdio da cantora canadense de pop/rock Avril Lavigne. Foi lançado dia 25 de maio de 2004 e contém doze canções inéditas, todas compostas por Lavigne e sua equipe de produção, que incluiu os cantores Chantal Kreviazuk e Butch Walker e os guitarristas Evan Taubenfeld e Ben Moody. Avril considera o seu trabalho "mais escuro, sombrio, profundo e maduro", bem diferente de seu álbum anterior, Let Go, e que algumas músicas são emocionais e mostram o que ela está sentindo, seja um sentimento otimista, de desespero ou de esperança.

O website Metacritic avaliou o álbum em 65 pontos, numa escala de zero a 100, baseado nas notas de outras catorze páginas especializadas incluindo a revista Rolling Stone. Os críticos consideram o álbum bem diferente do primeiro trabalho da cantora, sendo os temas das músicas mais adultos e menos alegres, embora as letras sejam superficiais.

O álbum contém os singles "Don't Tell Me", "My Happy Ending", "Nobody's Home" e "He Wasn't", que alcançaram boas colocações nas lista das 100 melhores paradas musicais do Brasil, Canadá e Austrália. Em sua primeira semana de vendas, alcançou o primeiro lugar na lista Billboard 200 nos Estados Unidos, no Canadá, no Brasil e em outros países. O álbum recebeu a certificação de Disco de Platina Triplo pela RIAA, obtendo o quinto lugar em vendas físicas e digitais do ano, segundo dados comprovados pela IFPI, perdendo apenas para Usher (Confessions), Norah Jones (Feels Like Home), Eminem (Encore) e U2 (How to Dismantle an Atomic Bomb).[2] A revista Billboard fez uma lista dos álbuns mais populares da década de 2000, no qual Under My Skin atingiu a 149° posição na categoria da Billboard 200.[3]

De acordo com a Associação Brasileira de Produtores de Discos (ABPD), Under My Skin vendeu mais de 125 mil cópias no Brasil, recebendo uma certificação de Disco de Platina. Com isto, Lavigne se tornou a artista internacional que mais vendeu discos no país até então, segundo a sua ex-gravadora BMG.[4] [5] Em uma publicação do Grace Note, o álbum alcançou a 83ª posição dentre os mais populares de todos os tempos,[6] sendo relançado numa edição especial com mais quatro músicas gravadas ao vivo durante a turnê The Bones Tour Eyes. O relançamento incluiu também um DVD com quatro videoclipes e bastidores da turnê.

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

O álbum contém doze faixas inéditas, todas compostas por Avril Lavigne junto com outros escritores como Chantal Kreviazuk e Evan Taubenfeld.[7] A gravadora Sony BMG também lançou outras versões do disco com o nome de Under My Skin DualDisc, contendo faixas exclusivas.[8]

"Under My Skin" (2004)
Demonstrações das faixas do disco "Under My Skin".

Problemas para escutar este arquivo? Veja introdução à mídia.
Under My Skin (edição padrão)
N.º Título Letra Música Produtor(es) Duração
1. "Take Me Away"   Avril Lavigne Evan Taubenfeld Don Gilmore 2:57
2. "Together"   Lavigne, Chantal Kreviazuk Lavigne, Kreviazuk Gilmore 3:14
3. "Don't Tell Me"   Lavigne Taubenfeld Butch Walker 3:22
4. "He Wasn't"   Lavigne, Kreviazuk Lavigne, Kreviazuk Raine Maida 2:59
5. "How Does it Feel"   Lavigne, Kreviazuk Lavigne, Krevizuk Maida 3:44
6. "My Happy Ending"   Lavigne, Walker Lavigne, Walker Walker 4:02
7. "Nobody's Home"   Lavigne Lavigne, Ben Moody Gilmore 3:32
8. "Forgotten"   Lavigne, Kreviazuk Lavigne, Kreviazuk Gilmore 3:16
9. "Who Knows"   Lavigne, Kreviazuk Lavigne, Kreviazuk Maida 3:30
10. "Fall to Pieces"   Lavigne, Maida Lavigne, Maida Maida 3:28
11. "Freak Out"   Lavigne, Taubenfeld Lavigne, Matt Brann Walker 3:13
12. "Slipped Away"   Lavigne, Kreviazuk Lavigne, Kreviazuk Kreviazuk 3:33
Duração total:
40:56
Under My Skin (edição britânica)
N.º Título Letra Música Produtor(es) Duração
13. "I Always Get What I Want"   Lavigne Lavigne, Clif Magness Magness 2:31
Duração total:
43:27

Composição e gravação[editar | editar código-fonte]

Sem quaisquer planos de trabalhar com produtores ou compositores profissionais,[9] Avril escreveu a maioria das músicas com a cantora e compositora canadense Chantal Kreviazuk, com quem ela havia desenvolvido uma amizade em meados de 2003[10] e cujo marido Raine Maida, da banda Our Lady Peace, abriu os concertos de Lavigne na Europa e apresentou-se na festa para os concertos beneficentes de SARS realizado em Toronto em junho de 2003.[11]

No dia seguinte Lavigne e Kreviazuk se reuniram, quando Avril contou como queria o desenvolvimento do álbum a ser produzido. Chantal, seu marido e Avril escreveram canções por quase três semanas no armazém de Maida em Toronto. Lavigne convidou Kreviazuk para continuar a trabalhar em sua casa, localizada em Malibu, Califórnia. Em entrevista para a revista Rolling Stone, disse que desconhecia que Raine Maida sabia produzir álbuns, mas que havia gostado de seu trabalho.[12]

Cquote1.svg Nós nos tornamos boas amigas, e ninguém sabia que estávamos escrevendo juntas. Todas as noites, durante duas semanas, compúnhamos uma nova canção. E então eu pensava: OK, eu estou pronta para gravá-las. Cquote2.svg
Avril falando a respeito da Chantal Kreviazuk na revista Rolling Stone.[12]

Lavigne admite que o novo álbum é "mais escuro, sombrio, profundo e maduro", e diz que há algumas músicas que contêm o som de piano que mostram a influência de Kreviazuk. E apesar da idade de Lavigne na época, ela impressionou-o como mais velha do que parecia. "Ela tem instintos como eu nunca tinha visto antes", disse Chantal. "Eu aprendo com ela [Lavigne] porque pensamos de maneiras diferentes."[12]

Lavigne pediu ajuda para escrever a canção "Nobody's Home" ao cantor Ben Moody, ex-guitarrista do grupo Evanescence, que havia deixado sua antiga banda há poucas semanas no meio da turnê para compor com Lavigne,[13] e ao seu até então guitarrista Evan Taubenfeld.[14] Avril usou Butch Walker, da banda Marvelous 3, para a produção de seu álbum Under My Skin, que também produziu para as bandas Good Charlotte e Linkin Park.[15]

O álbum Under My Skin é diversificado e irregular. As faixas compostas por Moody são mais introspectivas e emocionais. Lavigne mostra sua saudade de quando era menina, apesar de perder as oportunidades do futuro na música "Nobody's Home", com um som barulhento e que evolui para um refrão mais pesado. "Forgotten", cujas letras e frases lembram um pouco o Limp Bizkit, utiliza o som da guitarra representando o desespero que sente.[16]

Trabalhar com Chantal e Raine ajudou Lavigne a usar vozes diferentes em suas composições, desde o mais agitado de "He Wasn't" para o "existencial" "How Does It Feel?". "Who Knows?" tem em sua melodia um tema otimista, enquanto que "Fall to Pieces" é uma produção de pop-rock mais "doce".[16]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Metacritic 65/100[17]
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Blender 80/100[17]
Billboard 70/100[17]
The New York Times 60/100[17]
PopMatters 60/100[17]
Allmusic 3 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar empty.svgStar empty.svg[1]
Rolling Stone 3.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar half.svgStar empty.svg[18]
MSN Music 2.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar half.svgStar empty.svgStar empty.svg[19]
Entertainment Weekly (B) [20]
The-Trades (A)[21]
Stylus Magazine (C+)[22]

O website Metacritic avaliou Under My Skin em 65 pontos de média numa escala que vai até 100, baseando-se em outras catorze páginas de crítica especializadas em música, em que cada uma deu uma nota de 0 a 100, incluindo as revistas Billboard e Rolling Stone.[17] Um artigo da Rolling Stone dos Estados Unidos disse que Avril Lavigne conquistou as paradas musicais não tendo roupas extravagantes, não estando nos tablóides por causa de confusão e não tendo colaborações de hip-hop como é o costume com outros artistas, e que ela manteve sua "cabeça no lugar" mesmo após o desempenho de Let Go. Diz que suas músicas são irresistíveis e que qualquer um pode ouvir o que quiser, transmitindo uma expressão de sentimentos frustrados e decepções amorosas.[18]

O portal de resenhas da Irlanda, Entertainment.ie, escreveu que o som do álbum é mais adulto com refrões calmos, que segue a linha rock de rádios FM, e encerrou dizendo que a cantora tem um bom desempenho artístico mas sua música é apenas superficial. A página brasileira especializada em rock e heavy metal, Whiplash, disse que a música perfeita do álbum para tocar nas rádios é "Together", embora seu som seja mais pesado. As mais calmas são "Don´t Tell Me", a versão acústica de "How Does It Feel", "Forgotten" e "Slipped Away". A mais pop é "Nobody's Home", e a mais agitada é a canção "He Wasn't".

Avril em São Paulo durante uma de suas apresentações da turnê The Bonez Eyes Tour, em 2005.

O crítico do jornal The Guardian, Alexis Petridis, escreveu que a Avril é um mistério total para quem já vendeu mais de 20 milhões de álbuns em todo o mundo, com seus até então 19 anos de idade. E que ela é um autêntico símbolo da rebeldia punk-rock do século XXI, assim como que o som é tão familiar que o seu cérebro desliga-se automaticamente e a música é tão anódina que você não presta muita atenção nas letras das músicas. Concluiu que o single "Don't Tell Me" fala sobre um relacionamento confuso, muito sentimental, e mostra o lado irritado de Lavigne.

O colunista da IGN disse que suas músicas ficaram mais barulhentas, e que "Take Me Away" já estabelece uma ideia do resto das músicas do álbum. Disse também que "Don't Tell Me" é um hino sobre o que os jovens enfrentam nesta fase. "He Wasn't" fala sobre os garotos estúpidos, e se queixa deles. A melhor faixa, segundo o crítico, é "Freak Out" pois a guitarra é uma abertura de uma trilha sonora e é a música mais interessante que aparece durante os quarenta e um minutos de Under My Skin. O single "Slipped Away" é sombrio no começo, com um piano, e depois o som muda e volta como nas outras músicas do álbum, um pouco mais agitado. Encerra dizendo que suas músicas não são maliciosas, e que apenas transmitem como vive um adolescente em seus momentos difíceis.

A revista Billboard dos Estados Unidos escreveu que Avril Lavigne transformou seu segundo álbum, em comparação ao Let Go, em uma variedade de co-autores e produtores. E que Lavigne não só mudou o estilo que era sua "marca registrada", e sim abandonou completamente o som do seu primeiro álbum, levando seu até então novo trabalho como uma jovem cantora madura, com revolta adolescente e um sentimento forte, como se fosse a primeira a descobrir as alegrias do amor e a dor da traição. E em certo momento do álbum Lavigne se parece com Alanis Morissette. A revista julgou que Under My Skin é menos alegre do que Let Go e que os colaboradores do CD, Kreviazuk e Evan Taubenfeld, ajudaram a agilizar sua composição desajeitada. E finalizou dizendo que a canção mais alegre e "rápida" é "He Wasn't".[23]

Singles e desempenhos[editar | editar código-fonte]

Capa do single "Nobody's Home".

"Don't Tell Me" foi o primeiro single lançado do álbum Under My Skin. A canção entrou nas paradas ao redor do mundo, alcançou a 22º posição da Billboard Hot 100, 8ª posição no Brasil na Brasil Hot 100 Airplay, 10º na ARIA Chart da Austrália, 5º no Canadá e 2º na parada mundial United World Chart.[24] Este single recebeu premiações pela RIAA dos Estados Unidos em outubro de 2004[25] e na Austrália pela ARIA, ambos de Disco de Ouro.[26] No Canadá, a canção "Take Me Away" foi divulgada nas rádios junto com esse single.[27]

"My Happy Ending" foi o segundo single lançado do álbum, alcançando a nona posição na Billboard Hot 100, 11ª no Canadá na parada Canadian Hot 100 e 23ª na Brasil Hot 100 Airplay por duas semanas seguidas. Na Alemanha ficou na 17ª posição no Germany Top 100 Singles, quinta no UK Singles Chart, sexta na ARIA Charts da Austrália, e na África do Sul alcançou a sétima posição na principal rádio do país, a 5FM.[24] A música recebeu a cerficação de Disco de Platina pela RIAA dos Estados Unidos[25] e Brasil pela ABPD,[5] e recebeu ainda o certificado de Disco de Ouro na Austrália, pela ARIA.[26]

"Nobody's Home" foi o terceiro single lançado, este alcançando o 41° lugar da Billboard Hot 100 dos Estados Unidos. 11º no Brasil no Brasil Hot 100 Airplay. A canção chegou em 1º lugar na África do Sul na parada da rádio 5FM, na 70ª posição na parada do Tokio Hot 100 do Japão e 4ª na Canadian Hot 100 do Canadá.[24] Essa música foi premiada com uma certificação de Disco de Platina no Brasil pela ABPD pelos mais de 100 mil downloads pagos[5] e Disco de Ouro nos Estados Unidos pela RIAA pelo meio milhão de CD singles vendidos no país norte-americano.[25]

"He Wasn't" foi o quarto lançamento do álbum, este alcançando a 23ª posição na Inglaterra, 26ª no Brasil pela Brasil Hot 100 Airplay, 29ª na Alemanha. O single não alcançou a parada da Billboard Hot 100 dos Estados Unidos. "Fall to Pieces" foi lançado apenas com uma canção promocional nos Estados Unidos alcançando a posição 40 na Billboard Hot 100, sétima no Canadá na parada Canada Airplay: The Hits Chart Top 100, 16ª posição na África do Sul na parada da rádio 5FM e 14ª posição na parada mundial World Chart Show.[24]

Desempenho do álbum[editar | editar código-fonte]

Under My Skin foi lançado em 25 de maio de 2004 no mundo, alcançando o 1º lugar de vendas na Billboard 200 dos Estados Unidos,[24] com mais de 381 mil unidades vendidas na primeira semana.[28] No Brasil, na Inglaterra na parada oficial de vendas, a UK Albums Chart, na Alemanha, na Austrália pela ARIA Charts, no Canadá e na parada mundial a United World Chart. Alcançou o 2º lugar em vendas na Suíça pela Swiss Music Charts, 3º na Itália e na 4ª posição na França, pela SNEP.[24] Na Nova Zelândia o CD foi o 48º álbum mais vendido em 2004 no país, de acordo com a RIANZ.[29] Nos Estados Unidos, Under My Skin entrou na parada anual da revista Billboard na categoria Billboard 200, ficando na 22ª posição no ano de seu lançamento.[30]

Esse álbum recebeu também certificações de Disco de Platina Triplo nos Estados Unidos, fechando o ano de 2004 com mais de 3,6 milhões de cópias no país.[31] No Canadá foi Disco de Platina Quíntuplo com mais de 800 mil cópias vendidos, segundo a Music Canada.[32] Under My Skin foi premiado com Disco de Platina, no Brasil pela ABPD pelos mais de 125 mil CDs vendidos,[5] no Reino Unido, segundo a British Phonographic Industry, com mais de 300 mil,[33] no México pela AMPROFON,[34] e com mais de um milhão de vendas somente na Europa, segundo a premiação do IFPI Platinum Europe Awards em 2004.[35] No Japão o álbum entrou na primeira semana no topo dos mais vendidos com 286.894 mil exemplares na primeira semana, segundo a parada Oricon,[36] e posteriormente vendeu mais de um milhão de cópias, recebendo assim uma certificação de Disco de Diamante pelo RIAJ.[37] Na Espanha, Under My Skin foi o 26º CD mais vendido no país em 2005, segundo o PROMUSICAE.[38]

No MTV Video Music Awards a música "Don't Tell Me" recebeu indicação de "Melhor vídeo Pop"[39] e no VMB de "Melhor vídeo clipe internacional" em 2004 e em 2005 na mesma categoria para o clipe "He Wasn't".[40] [41] No Juno Awards, principal prêmiação do Canadá, o álbum Under My Skin foi o vencedor na categoria de "Álbum Pop do ano" e indicado na de "Melhor Álbum do Ano". A cantora Avril Lavigne venceu nas categorias de "Escolha do Público", e "Artista do Ano".[42]

Na premiação Japan Golden Disc Awards, feita pela Recording Industry Association of Japan do Japão, o álbum venceu na categoria de "Melhor Álbum Pop-Rock do Ano".[43] No Gold Disc Award Hong Kong, do IFPI Hong Kong Group, Under My Skin venceu na categoria de "Melhores 10 Álbuns".[44]

Paradas de vendas[editar | editar código-fonte]

Vendas e certificações[editar | editar código-fonte]

Under My Skin Special Edition[editar | editar código-fonte]

Under My Skin Special Edition
Capa da edição especial de Under My Skin, que contém versões ao vivo de Nobody's Home, He Wasn't e Tommorow, e os videoclipes dos singles.
Coletânea musical de Avril Lavigne
Lançamento Setembro de 2005
Gravação 2003 – 2004
Gênero(s) Documentário, pop rock, rock
Duração 56:44
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD, DVD, Download digital
Gravadora(s) Arista Records, Sony BMG
Singles de Under My Skin Special Edition
  1. "Nobody's Home"
  2. "He Wasn't"
  3. "My Happy Ending"
  4. "Don't Tell Me"

Under My Skin Special Edition é uma coletânea de seu segundo CD Under My Skin e um DVD com quatro videoclipes e dois documentários sobre a turnê.[62] São incluídas as doze faixas que compõem o disco original e mais quatro faixas ao vivo, gravadas durante a turnê The Bones Tour Eyes. O DVD contém os videoclipes dos singles "Don't Tell Me", "My Happy Ending", "Nobody's Home" e "He Wasn't", além de dois documentários, com duração de 20 minutos cada, mostrando os bastidores da turnê com filmagens nas cidades de Dallas, Nova York e Toronto, e o segundo chamado de My Skin Diary, gravado em Londres e Belfast.[63]

As imagens mostram a cantora falando sobre as músicas do disco, com cenas de showcases, tardes de autógrafos, encontros com fãs, entrevistas coletivas, sessões de fotos para a capa do álbum e gravações dos videoclipes. Traz ainda imagens novas da cantora durante seu tempo livre em hotéis e num dia de folga, fazendo turismo em Londres.[63] [64]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 3 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar empty.svgStar empty.svg[65]
Rock Reviews 8.5 de 10 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar half.svgStar empty.svg[66]
Starpulse 2.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar half.svgStar empty.svgStar empty.svg[67]

Faixas[editar | editar código-fonte]

Under My Skin (CD)[7]
N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Take Me Away"   Avril Lavigne, Evan Taubenfeld 2:57
2. "Together"   Avril Lavigne, Chantal Kreviazuk 3:14
3. "Don't Tell Me"   Avril Lavigne, Evan Taubenfeld 3:22
4. "He Wasn't"   Avril Lavigne, Chantal Kreviazuk 2:59
5. "How Does it Feel"   Avril Lavigne, Chantal Kreviazuk 3:44
6. "My Happy Ending"   Avril Lavigne, Butch Walker 4:02
7. "Nobody's Home"   Avril Lavigne, Moody 3:32
8. "Forgotten"   Avril Lavigne, Chantal Kreviazuk 3:16
9. "Who Knows"   Avril Lavigne, Chantal Kreviazuk 3:30
10. "Fall to Pieces"   Avril Lavigne, Maida 3:28
11. "Freak Out"   Avril Lavigne, Brann, Evan Taubenfeld 3:13
12. "Slipped Away"   Avril Lavigne, Chantal Kreviazuk 3:33
13. "Nobody's Home" (Versão acústica) Avril Lavigne, Chantal Krevizuk 3:38
14. "Take Me Away" (Versão ao vivo) Avril Lavigne, Moody 3:35
15. "He Wasn't" (Versão ao vivo) Avril Lavigne, Evan Taubenfeld 2:55
16. "Tomorrow" (Versão ao vivo) Avril Lavigne, C. Frasca, S. Breer 4:21
Duração total:
56:44
Under My Skin (DVD)[66]
N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Under My Skin Diary"     21:39
2. "Bonez Tour Documentary"     20:43
3. "Don't Tell Me" (Videoclipe) Avril Lavigne, Evan Taubenfeld 3:23
4. "My Happy Ending" (Videoclipe) Avril Lavigne, Butch Walker 4:01
5. "Nobody's Home" (Videoclipe) Avril Lavigne, Moody 3:38
6. "He Wasn't" (Videoclipe) Avril Lavigne, Kreviazuk 2:55
Duração total:
56:19

Let Go/Under My Skin[editar | editar código-fonte]

Let Go/Under My Skin
Disco duplo de "Let Go" e "Under My Skin", que contém imagens extras.
Coletânea musical de Avril Lavigne
Lançamento 2 de outubro de 2006[68]
Gravação 2002 – 2004
Gênero(s) Pop rock[69]
Duração 75:10 (CD 1 - Let Go)
43:27 (CD 2 - Under My Skin)
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD
Gravadora(s) Sony BMG[69]
Produção Antonio "L.A." Reid (exec.), Butch Walker

Let Go/Under My Skin é um álbum duplo da cantora Avril Lavigne, que inclui dois CDs: Um do álbum Let Go, com cenas extras de Avril, seus videoclipes, entre outros, e todas as faixas do Under My Skin no CD 2, além da bônus "I Always Get What I Want".[69] Essa coletânea foi lançada primeiramente em 2 de outubro de 2006[68] e em 2007 na Europa, pela gravadora Sony BMG.[69]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Starpulse 3 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar empty.svgStar empty.svg[67]

Faixas[editar | editar código-fonte]

CD 1 - Let Go[69]
N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Losing Grip"   Avril Lavigne, Clif Magness 3:53
2. "Complicated"   Avril Lavigne, The Matrix 4:05
3. "Sk8er Boi"   Avril Lavigne, The Matrix 3:23
4. "I'm with You"   Avril Lavigne, The Matrix 3:44
5. "Mobile"   Avril Lavigne, Clif Magness 3:31
6. "Unwanted" (B-side de "I'm with You") Avril Lavigne, Clif Magness 3:40
7. "Tomorrow"   Avril Lavigne, C. Frasca, S. Breer 3:48
8. "Anything but Ordinary"   Avril Lavigne, The Matrix 4:12
9. "Things I'll Never Say"   Avril Lavigne, The Matrix 3:43
10. "My World"   Avril Lavigne, Clif Magness 3:27
11. "Nobody's Fool"   Avril Lavigne, Peter Zizzo 3:57
12. "Too Much to Ask"   Avril Lavigne, Clif Magness 3:45
13. "Naked" (B-side de "Losing Grip") Avril Lavigne, C. Frasca, S. Breer 3:29
14. "Multimedia" (Bio, Video, Epk, Bonus Track, Lyrics)   26:29
Duração total:
75:10
CD 2 - Under My Skin[69]
N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Take Me Away" (B-side de "Don't Tell Me") Avril Lavigne, Evan Taubenfeld 2:57
2. "Together"   Avril Lavigne, Chantal Kreviazuk 3:14
3. "Don't Tell Me"   Avril Lavigne, Evan Taubenfeld 3:22
4. "He Wasn't"   Avril Lavigne, Chantal Kreviazuk 2:59
5. "How Does it Feel"   Avril Lavigne, Chantal Kreviazuk 3:44
6. "My Happy Ending"   Avril Lavigne, Butch Walker 4:02
7. "Nobody's Home"   Avril Lavigne, Moody 3:32
8. "Forgotten"   Avril Lavigne, Chantal Kreviazuk 3:16
9. "Who Knows"   Avril Lavigne, Chantal Kreviazuk 3:30
10. "Fall to Pieces"   Avril Lavigne, Maida 3:28
11. "Freak Out"   Avril Lavigne, Brann, Evan Taubenfeld 3:13
12. "Slipped Away"   Avril Lavigne, Chantal Kreviazuk 3:33
13. "I Always Get What I Want" (B-side de "Nobody's Home") Avril Lavigne, Clif Magness 2:31
Duração total:
43:27

Créditos[editar | editar código-fonte]

Aqui listam todos os 52 profissionais que trabalharam no segundo álbum de estúdio da Avril Lavigne, entre elas as funções de: baterista, guitarrista, baixista, percussionista, tecladista, mixador, equipe de produção, editores, fotógrafos, arranjos, violinistas, A&R, entre outros.[70]

  • Don Gilmore – produção, engenheiro
  • Randy Staub – mixagem
  • Michael Ward – guitarra
  • Jon O'Brien – teclados e programação
  • Josh Freese – bateria
  • Static – teclados e programação
  • Fox Phelps – assistente
  • Zach Blackstone – assistente
  • Dan Certa – engenheiro, edição
  • Chantal Kreviazuk – piano, teclados, arranjamento de cordas
  • Brooks Wackerman – bateria
  • Butch Walker – violão, percussão, baixo, piano, teclados, vocal, produção, programação, guitarra
  • Russ-T Cobb – engenheiro
  • Dan Chase – engenheiro, programação
  • Sean Loughlin – assistente
  • Femio Hernández – assistente
  • Christie Priode – cordenenação
  • Kenny Cresswell – bateria
  • Evan Taubenfeld – violão, vocal, guitarra, bateria
  • Tom Lord-Alge – mixagem
  • Raine Maida – teclados, engenheiro, edição digital, produção, arranjamento de cordas
  • Brian E. Garcia – percussão, edição digital, engenheiro
  • Jason Lader – baixo, programação, edição digital
  • Danny Kalb – assistente
  • Phil X. – guitarra
  • Mike Elizondo – baixo
  • Bill Lafler – bateria
  • Jason Cupp – assistente
  • Kenny Aronoff – bateria, percussão
  • Nick Lashley – guitarra
  • Bob Boyd – assistente
  • William Tabanou – gravação
  • Samuel Formicola – violino
  • Mark Robertson – violino
  • Victor Lawrence – cello, edição digital
  • Alme Fernandez – viola
  • Leon Zervos – masterização
  • Paul David Hager – engenheiro
  • Joshua Sarubin – A&R
  • Matthew Schwartz – A&R
  • Dani Buncher – A&R
  • David Campbell – arranjamento de cordas
  • Sam Fisher – violino
  • Shanti Randall – viola
  • Patrick Warren – cordas, teclados, chamberlin
  • Misha Rajaratnam – assistente
  • Mauricio Cersosimo – assistente
  • Rob Stefanson – assistente
  • Jeff Burna – assistente
  • Tom Sweeney – assistente
  • James Minchin – fotógrafo
  • John Rummen – direção de arte, design
  • Kim Kinakin – direção de arte, design

Referências

  1. a b c Stephen Thomas Erlewine. Avril Lavigne - Under My Skin Review (em inglês) Allmusic. Visitado em 13 de agosto de 2009.
  2. a b Top 50 Global Best Selling Albums for 2004(physical and digital album formats included) (em inglês) IFPI. Visitado em 16 de agosto de 2009.
  3. billboard-200-albums (em inglês) Billboard Nielsen Business Media, Inc. Visitado em 11/11/2009.
  4. Avril Lavigne ganha disco de platina no Brasil Música Terra (23 de julho de 2004). Visitado em 26/09/2009.
  5. a b c d e Avril Lavigne Certificados ABPD. Visitado em 16 de agosto de 2009.
  6. Elite 100 Chart (em inglês) Gracenote. Visitado em 16 de agosto de 2009.
  7. a b Avril Lavigne Sony BMG Brasil. Visitado em 16 de agosto de 2009.
  8. Under My Skin- DUAL DISC [Import, DualDisc] (em inglês) amazon. Visitado em 04 de outubro de 2010.
  9. Northern Light Entertainment Weekly (22 de janeiro de 2004). Visitado em 15 de agosto de 2009.
  10. Avril Lavigne's Dark Side Rolling Stone (2004-04-01). Visitado em 15 de agosto de 2009.
  11. More info About Avril Lavigne (em inglês) eventfu. Visitado em 05/10/2010.
  12. a b c Avril Lavigne's Dark Side (em inglês) bahcecikdevekusu. Visitado em 05/10/2010.
  13. Avril Lavigne compondo com ex-Evanescence Território Terra. Visitado em 03/10/2009.
  14. 'Skin' Deep Entertainment Weekly (2004-04-30). Visitado em 15 de agosto de 2009.
  15. Butch Walker Prefers Avril's Friendly Fans To The Punks Who Booed Him MTV (2004-12-06). Visitado em 15 de agosto de 2009.
  16. a b D'Angelo, Joe. Avril Lavigne Album Preview: Rock Rules On Under My Skin (em inglês) mtv.com. Visitado em 07/10/2010.
  17. a b c d e f Avril Lavigne Under My Skin (em inglês) metacritic CBS Interactive Inc (2004). Visitado em 30 de novembro de 2009.
  18. a b Avril Lavigne, Under My Skin (em inglês) Rolling Stone. Visitado em 13 de agosto de 2009.
  19. Under My Skin (em inglês) MSN Music. Visitado em 20 de dezembro de 2009.
  20. Browne, David. Under My Skin (2004)Avril Lavigne (em inglês) Entertainment Weekly. Visitado em 13 de agosto de 2009.
  21. Juba, Scott (24 de maio de 2004). Music Review: Avril Lavigne, "Under My Skin" (php) (em inglês) the-trades. Visitado em 30 de novembro de 2009.
  22. Burns, Todd (2004). Avril Lavigne Under My Skin (htm) (em inglês) stylusmagazine. Visitado em 30 de novembro de 2009.
  23. Under My Skin - Avril Lavigne(2004) (em inglês) Billboard Nielsen Business Media, Inc. Visitado em 11/10/2009.
  24. a b c d e f g h i Avril Lavigne (em inglês) Mariah-Chart. Visitado em 16 de agosto de 2009.
  25. a b c d Avril Lavigne Certificação (em inglês). Visitado em 11 de agosto de 2009.
  26. a b Certificação Austrália (em Inglês). Visitado em 11 de agosto de 2009.
  27. ARMSTRONG, DENIS (13 de março de 2004). Artist: Lavigne, Avril Avril gets fans mall worked up (html) (em inglês) Jam.canoe. Visitado em 04/01/2010.
  28. Novo disco de Avril Lavigne é o mais vendido nos Estados Unidos Folha online UOL (26 de abril de 2007). Visitado em 19/09/2009.
  29. ANNUAL TOP 50 ALBUMS CHART (asp) (em inglês) RIANZ (2002/2003). Visitado em 30/11/2009.
  30. TOP BILLBOARD 200 ALBUMS (jps) (em inglês) billboard.biz (25 de dezembro de 2004). Visitado em 22/12/2009.
  31. Billboard (em inglês) Google Books Nielsen Business Media (5 de junho de 2004). Visitado em 12/11/2009.
  32. a b CRIA Platinum and Gold Certifications (em inglês) CRIA (março 2006). Visitado em 16 de agosto de 2009.
  33. a b Chart Plus 2004 (em inglês) UK Chart. Visitado em 04/09/2009.
  34. a b Avril Lavigne (em espanhol) AMPROFON. Visitado em 16 de agosto de 2009.
  35. a b IFPI Platinum Europe Awards - 2004 (em inglês) IFPI. Visitado em 16 de agosto de 2009.
  36. 2004年05月第4週の邦楽アルバムランキング情報 (em japonês) Oricon. Visitado em 05/10/2009.
  37. a b 『ミリオンシングル/アルバム』認定作品 (em Japonês). Visitado em 05 de setembro de 2009.
  38. TOP 100 ALBUMES (pdf) (em espanhol) Promusicae Media Control (2005). Visitado em 12/11/2009.
  39. Veja a lista completa de indicados à premiação da MTV americana, o VMA 2004 (jhtml) UOL Música UOL (27 de julho de 2004). Visitado em 02/12/2009.
  40. LOIOLA, THOMPSON (5 de outubro de 2004). MTV anuncia indicados ao VMB 2004; D2 e Rappa lideram (jhtml) UOL. Visitado em 2/12/2009.
  41. Veja lista dos concorrentes e vencedores do VMB 2005 (shtml) Folha Online UOL (30 de setembro de 2009). Visitado em 2/12/2009.
  42. Avril Lavigne (php) (em inglês) junoawards. Visitado em 02/12/2009.
  43. THE 19th Japan Golden Disc Awards 2005 (html) (em inglês) Riaj (2005). Visitado em 21/11/2009.
  44. Golden Disc Awards IFPI Hong Kong Group (em chinês). Visitado em 1 de agosto de 2009.
  45. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t Under My Skin (em inglês) Acharts. Visitado em 16 de agosto de 2009.
  46. a b Top 50 Ξένων Άλμπουμ (html) (em grego) ifpi.gr. Visitado em 22/07/2010.
  47. Under My Skin - Avril Lavigne(2004) (em inglês) Billboard Nielsen Business Media, Inc.. Visitado em 11/10/2009.
  48. Avril Lavigne To Release New Single "What The Hell" (em inglês) allheadlinenews.com. Visitado em 10/11/2010.
  49. Gold-/Platin-Datenbank. Visitado em 9 de abril de 2010 língua=alemão.
  50. Certifications Albums Or - année 2004 (xml) (em francês) disqueenfrance (2004). Visitado em 13/11/2009.
  51. Les Certifications : (em francês) infodisc. Visitado em 29/08/2010.
  52. ARIA Charts - Accreditations - 2004 Albums (em inglês) ARIA. Visitado em 16 de agosto de 2009.
  53. TOP 100 ALBUMES (pdf) (em espanhol) Promusicae (2004). Visitado em 03/01/2010.
  54. AWARDS 2004 (em inglês) Swisschart. Visitado em 16 de agosto de 2009.
  55. Discos de Oro y Platino (em espanhol) capif. Visitado em 29/01/2010.
  56. Gold & Platin (em alemão) IFPI Áustria IFPI (18 de fevereito de 2005). Visitado em 16 de agosto de 2009.
  57. International 2004 (em russo) 2M. Visitado em 16 de agosto de 2009.
  58. GOLD AND PLATINUM CERTIFICATIONS - SINGLES - 2004 (em inglês) Ultratop (2007). Visitado em 21/09/2009.
  59. Chart 1419 (pdf) (em inglês) RIANZ (4 de agosto de 2004). Visitado em 01/01/2010.
  60. 香港唱片銷量大2007 (php) (em inglês) ifpihk (2007). Visitado em 01/01/2010.
  61. Top 30 artistas (php) artistas-espectaculos. Visitado em 29/07/2010.
  62. Avril Lavigne KIT (CD + DVD) Sony BMG Brasil. Visitado em 30 de junho de 2009.
  63. a b Tramell, Tony. O CD Under My Skin em versão especial traz música e DVD como extras almanaquevirtual UOL. Visitado em 29/05/2010.
  64. Brasil terá CD de Avril Lavigne em edição especial Conesul News Google (30 de junho de 2009). Visitado em 30 de junho de 2009.
  65. Stephen, Thomas Erlewine. Under My Skin Bonus Tracks & DVD (em inglês) Allmusic. Visitado em 31 de agosto de 2009.
  66. a b MAGE. Under My Skin Special Edition (em inglês) Rock Reviews. Visitado em 29 de agosto de 2009.
  67. a b Avril Lavigne Let Go (em inglês) Starpulse (2007). Visitado em 30 de novembro de 2009.
  68. a b Under My Skin/Let Go (em inglês) Allmusic Macrovision Corporation. Visitado em 03 de outubro de 2009.
  69. a b c d e f Avril Lavigne - Let Go / Under My Skin X2 (em inglês) Discogs. Visitado em 03 de outubro de 2009.
  70. (2008) Créditos do álbum Under My Skin por Avril Lavigne. Sony BMG/Arista Records.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ouça o artigo (info)
Este áudio foi criado a partir da revisão datada de 14 de fevereiro de 2011 e pode não refletir mudanças posteriores ao artigo (ajuda com áudio).

Mais artigos audíveis