Eleição municipal de Sorocaba em 2016

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
2012 Brasil 2020
Eleição municipal de Sorocaba em 2016 Sorocaba bandeira.jpg
2 de outubro de 2016 (primeiro turno)
30 de outubro de 2016 (segundo turno)[1]
Replace this image male.png Replace this image male.png
Candidato Crespo Raul Marcelo
Partido DEM PSOL
Natural de Sorocaba, SP São Pedro do Turvo, SP
Vice Jaqueline Coutinho Gilberto Franca
Votos 182.833 129.784
Porcentagem 58,48% 41,52%


BrasaoSorocaba.svg
Prefeito de Sorocaba

Eleito
Crespo
DEM

A eleição municipal da cidade brasileira de Sorocaba ocorreu em 2 de outubro de 2016[1] para eleger um prefeito, um vice-prefeito e 20 vereadores para a administração da cidade, com o segundo turno marcado para 30 de outubro. O prefeito titular é Antonio Carlos Pannunzio, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), que não concorreu a reeleição por ter um grande índice de rejeição, com fortes críticas ao seu governo e por questões de foro íntimo.[2] Crespo foi eleito o prefeito da cidade de Sorocaba em 30 de outubro de 2016.[3]

Pré-candidatos[editar | editar código-fonte]

Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB)[editar | editar código-fonte]

A candidatura do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) foi alvo de especulação, visto a possibilidade legal da reeleição de Antônio Carlos Pannunzio, atual prefeito tucano. Em maio de 2015 a pré-candidatura de Pannunzio era certa. Em 10 de maio de 2015, o então secretário de governo João Leandro da Costa Filho foi eleito presidente do PSDB de Sorocaba. O deputado federal e ex-prefeito Vitor Lippi declarou que Pannunzio somente não seria candidato a reeleição caso não quisesse.[4] Em julho de 2015 a imprensa sorocabana noticiou que Pannunzio dependeria de uma nova avaliação de seu governo ser candidato a reeleição.[5] Outras pré-candidaturas do partido seriam a da deputada estadual Maria Lúcia Amary, do deputado federal e ex-prefeito Vitor Lippi e do então secretário de governo João Leandro da Costa Filho.[6] Por apoiar o Processo de impeachment de Dilma Rousseff, estar focado no mandato de deputado federal e apoiar a luta da esposa contra um câncer de mama, Vitor Lippi declarou em fevereiro de 2016 não estar disposto à concorrer as eleições.[7]

Com a reprovação de seu governo maior que 50%, Pannunzio desistiu oficialmente da reeleição no início de 2016.[8] Maria Lúcia Amary desistiu da pré-candidatura tendo em vista a pré-candidatura de seu ex-marido Renato Amary. Em julho de 2016, com a desistência de Renato Amary (PMDB) e com a preocupação com o fato de João Leandro ser menos conhecido do que os outros pré-candidatos do próprio partido,[9] o vereador José Francisco Martinez chegou a ser anunciado como o pré-candidato do partido.[10] Por fim, na convenção partidária ocorrida no final do mês, João Leandro da Costa Filho foi anunciado como candidato do partido às eleições.[11]

Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB)[editar | editar código-fonte]

Prefeito de Sorocaba entre 1997 e 2004, tendo sido o prefeito com maior índice de aprovação na história da cidade (83%)[12] e o deputado federal mais votado da história da cidade, com 125.518 votos na cidade (44% dos votos válidos),[13] nas Eleições de 2006, Renato Amary declarou ser pré-candidato desde o final da Eleição municipal de Sorocaba em 2012.[10] Teve como pré-candidata a vice-prefeita a Delegada Jaqueline Coutinho. Em torno de sua pré-candidatura reuniu lideranças de vários partidos, estabelecendo uma diversidade de opiniões e pensamentos políticos, demonstrando seu poder de aglutinação e liderança. No mês de julho de 2016, desistiu da candidatura, apoiando José Caldini Crespo (DEM). Mesmo estando com mais de 50% de intenções de votos em pesquisas eleitorais,[14] Renato entendeu que os processos que sofre na justiça poderiam atrapalhar o seu governo.[15]

Partido da República (PR)[editar | editar código-fonte]

Cláudio do Sorocaba I foi eleito vereador pela primeira vez em 2004, reelegendo-se em 2008 e 2012. O vereador foi presidente da Câmara Municipal de Sorocaba nos anos de 2014 e 2015. Antes, já havia sido vice-presidente do Legislativo por três vezes e, ainda, 3º vice-presidente, além de presidente interino em abril de 2010 e membro de diversas comissões da Casa, entre elas, a de Justiça.[10] Em pesquisa eleitoral realizada em julho de 2016, Cláudio apareceu com 6,3% das intenções de votos. No mesmo mês foi anunciado como candidato a vice-prefeito de João Leandro.[16]

Partido dos Trabalhadores (PT)[editar | editar código-fonte]

Com a falta de interesse de Hamilton Pereira em disputar a prefeitura sorocabana e a pré-candidatura de Iara Bernardi a Câmara Municipal de Sorocaba, Glauber Piva foi anunciado como pré-candidato do PT em janeiro de 2016 e oficializado em julho.[10][17]

Partido Republicano Brasileiro (PRB)[editar | editar código-fonte]

O líder do PRB na Câmara Municipal de Sorocaba, Hélio Godoy, foi anunciado como pré-candidato a prefeito ainda em 2015.[10]

Partido Socialismo e Liberdade (PSOL)[editar | editar código-fonte]

O deputado estadual e ex-vereador Raul Marcelo de Souza foi oficializado como candidato do PSOL em julho de 2016. Raul já disputou as eleições de 2008 e 2012.[10]

Partido Ecológico Nacional (PEN)[editar | editar código-fonte]

Laerte Molleta, que já havia disputado as Eleições de 2010 como candidato a deputado federal pelo PV, foi anunciado como pré-candidato do PEN ainda em 2015.[10] No entanto, em julho de 2016 foi anunciado como vice-prefeito na candidatura de Hélio Godoy.[18]

Candidatos a prefeito[editar | editar código-fonte]

Candidato a prefeito Candidato a vice-prefeito Coligação Duração da
propaganda
eleitoral[19]
25 75px Crespo Jaqueline Coutinho (PTB) "Renasce Sorocaba"
4min39s
45 João Leandro 45 - Prefeito.jpg João Leandro Silver - replace this image male.svg Cláudio do Sorocaba I (PR) "Respeito por Sorocaba" 2min5s
13 Silver - replace this image male.svg Glauber Piva Silver - replace this image male.svg Professor André Cordeiro 1min32s
10 Hélio Godoy Silver - replace this image male.svg Laerte Molleta (PEN) "Construindo um Novo Tempo"
1min24s
50 Raul Marcelo Silver - replace this image male.svg Gilberto Franca 18s

Pesquisas[editar | editar código-fonte]

Pré-candidatos[editar | editar código-fonte]

Respostas estimuladas[editar | editar código-fonte]

Data 24/07/2016
Instituto IPESO
Fonte [14][21]
Renato Amary (PMDB) 59,9%
Raul Marcelo (PSOL) 10,8%
Hélio Godoy (PRB) 5,9%
Cláudio do Sorocaba I (PR) 4,3%
João Leandro (PSDB) 1,6%
Laerte Molleta (PEN) 0,9%
Glauber Piva (PT) 0,3%
Brancos ou Nulos 11%
Indecisos 5,3%

Candidatos[editar | editar código-fonte]

Primeiro turno[editar | editar código-fonte]

Data 22/08/2016 15/09/2016 01/10/2016
Instituto IBOPE IBOPE IBOPE
Fonte [22] [23] [24]
Crespo (DEM) 26% 40% 44%
Raul Marcelo (PSOL) 30% 23% 22%
Hélio Godoy (PRB) 13% 10% 17%
João Leandro (PSDB) 5% 9% 10%
Glauber Piva (PT) 2% 3% 7%
Brancos ou Nulos 16% 12%
Indecisos 8% 3%

Segundo turno[editar | editar código-fonte]

Data 05/10/2016 17/10/2016 29/10/2016
Instituto Instituto Veritá IBOPE IBOPE
Fonte [25] [26] [27][28]
Crespo (DEM) 47,9% 45% 48%
Raul Marcelo (PSOL) 35,4% 41% 38%
Brancos ou Nulos 15% 10% 10%
Indecisos 1,7% 4% 4%

Resultados[editar | editar código-fonte]

Prefeito[editar | editar código-fonte]

Primeiro turno[editar | editar código-fonte]

Candidato(a) Vice 1º turno
2 de outubro de 2016
Total[29] Percentagem
Crespo (DEM) Jaqueline Coutinho (PTB) 133.767 45,18%
Raul Marcelo (PSOL) Gilberto Franca 74.001 25%
João Leandro (PSDB) Cláudio do Sorocaba I (PR) 39.874 13,47%
Hélio Godoy (PRB) Laerte Molleta (PEN) 31.852 10,76%
Glauber Piva (PT) Professor André Cordeiro 16.565 5,60%
Abstenções 89.156 19,45%
Comparecimento 369.180 80,55%
→ Votos em branco 22.547 6,11%
→ Votos nulos 50.574 13,70%
Total de votos válidos 296.059 80,19%
Total de inscritos 458.336[30] 100%
  Eleito(a)

Segundo turno[editar | editar código-fonte]

Candidato(a) Vice 2º turno
30 de outubro de 2016
Total[3] Percentagem
Crespo (DEM) Jaqueline Coutinho (PTB) 182.833 58,48%
Raul Marcelo (PSOL) Gilberto Franca 129.784 41,52%
Abstenções 98.236 21,43%
Comparecimento 360.100 78,57%
→ Votos em branco 11.503 3,19%
→ Votos nulos 35.980 9,99%
Total de votos válidos 312.617 86,81%
Total de inscritos 458.336[31] 100%
  Eleito(a)

Vereadores eleitos[editar | editar código-fonte]

Candidato(a) Número Partido Coligação Votação[32]
Votos Porcentagem
Missionário Rodrigo Manga 25111 DEM PMDB/DEM/PPS 11.471 3,86%
Pericles 15678 PMDB PMDB/DEM/PPS 9.139 3,07%
Fernando Dini 15300 PMDB PMDB/DEM/PPS 7.727 2,60%
Vitão do Cachorrão 15333 PMDB PMDB/DEM/PPS 7.555 2,54%
Anselmo Neto 45123 PSDB PSDB 6.137 2,06%
Fausto Peres 19000 PTN PTN/PTB 5.364 1,80%
Dr. Hélio Brasileiro 15321 PMDB PMDB/DEM/PPS 5.198 1,75%
Irineu Toledo 10000 PRB PRB/PROS 4.468 1,50%
Iara Bernardi 13010 PT PT 4.364 1,47%
Pastor Apolo 40123 PSB PDT/SD/PV/PSB/PSD 4.195 1,41%
Engº Martinez 45670 PSDB PSDB 4.189 1,41%
Silvano Jr 43627 PV PDT/SD/PV/PSB/PSD 4.185 1,41%
Francisco França 13510 PT PT 4.156 1,40%
João Donizeti Silvestre 45615 PSDB PSDB 4.107 1,38%
Fernanda Schlic Garcia 50550 PSOL PSOL 3.882 1,30%
Marinho Marte 23645 PPS PMDB/DEM/PPS 3.824 1,29%
Pr. Luis Santos 90777 PROS PRB/PROS 3.611 1,21%
Hudson Pessini 15000 PMDB PMDB/DEM/PPS 3.331 1,12%
Renan 65065 PCdoB PEN/PCdoB/PHS 3.181 1,07%
Wanderley Diogo 44650 PRP PRP 3.086 1,04%
Tipo de votos válidos
Votos nominais 90,43% 269.028
Votos em legenda 9,57% 28.462
Total de votos válidos 100% 297.490
Votos apurados
Votos válidos 80,58% 297.490
Votos em branco 7,72% 28.516
Votos nulos 11,69% 43.174
Total de votos válidos 100% 369.180
Eleitores
Comparecimento 80,55% 369.180
Abstenções 19,45% 89.156
Total de eleitores 100,00% 458.336

Missionário Rodrigo Manga (DEM) , Fernando Dini (PMDB), Anselmo Neto (PSDB), Irineu Toledo (PRB), Pastor Apolo (PSB), Engº Martinez (PSDB), Francisco França (PT), Marinho Marte (PSD), Pr. Luis Santos (PROS) e Wanderley Diogo (PRP) foram reeleitos para um novo mandato.[33] A votação de Rodrigo Manga ultrapassou a votação obtida por Crespo em 2008, 9.874 votos, sendo assim um novo recorde de votação para vereador na história da cidade. A expressiva votação deve-se sobretudo pelo trabalho de Rodrigo na Igreja Mundial do Poder de Deus, liderada por Valdemiro Santiago. Também com expressiva votação, Péricles, idealizador do blog "Vagas Empregos Sorocaba e Região", teve seu trabalho nas redes sociais como principal meio de campanha.[34]

Já o vereador Marinho Marte, foi reeleito para o nono mandato, sendo assim o vereador mais antigo da Câmara Municipal de Sorocaba, a completar 38 anos de legislativo no final do mandato em 2020.[35] Iara Bernardi (PT), ex-deputada federal retornou à Câmara Municipal 20 anos depois, para seu terceiro mandato como vereadora.[34] João Donizeti Silvestre (PSDB), retornou a casa com expressiva votação mesmo tendo ficado quatro anos fora do legislativo. Em 2012 João Donizeti se tornou o vereador mais votado da história do PSDB em Sorocaba, com 6.144 votos, mas não pode se reeleger. O candidato teve sua candidatura impugnada devido a rejeição das contas na Câmara Municipal de Sorocaba em 2004, quando foi presidente da mesma. O recurso pedido pelo candidato junto ao TSE para assumir o cargo em 2012 foi indeferido em decisão monocrática da ministra Laurita Vaz, que considerou que João Donizeti se enquadrava na lei de improbidade administrativa.[36] Entretanto, em novembro de 2015 a Justiça Eleitoral considerou João Donizeti Silvestre ficha limpa. O vereador recebeu 4.107 votos, sendo o 14º mais votado do pleito.[37]

Em janeiro de 2017 Marinho Marte (PPS) assumiu a Secretaria de Negócios Jurídicos e Anselmo Neto (PSDB) a Secretaria de Relações Institucionais e Metropolitanas. Rafael Militão (PMDB), que recebeu 1.812 votos e JP Miranda (PSDB), que recebeu 3.640 votos assumiram suas vagas como suplentes.[38][39]

Apoios e campanha eleitoral no segundo turno[editar | editar código-fonte]

O candidato Raul Marcelo recebeu o apoio formal de Fernanda Schlic Garcia, única vereadora eleita pelo PSOL. Também divulgaram nota de apoio e solidariedade ao candidato de esquerda Raul Marcelo, o vereador eleito Renan e o partido PCdoB.[40][41] O PT não declarou apoio, mas orientou os filiados a não votarem em Crespo.[42] Raul Marcelo recorreu à Justiça Eleitoral para tentar impedir que fosse divulgado o apoio do PT e do PCdoB ao PSOL, afirmação usada no programa de Crespo. A campanha de Crespo alegou basear-se em informações publicadas pela coluna Informação Livre, do Jornal Cruzeiro do Sul, que o PT divulgou nota vetando o apoio à coligação de Crespo e orientando os seus militantes a votarem "na candidatura do campo democrático e popular". Num primeiro pedido, a decisão foi favorável a Crespo, posteriormente outro pedido de resposta feito pelo PSOL foi deferido pela justiça.[43] O PSOL realizou uma caravana para um evento em apoio a candidatura de Raul, que contou com a presença do deputado estadual Carlos Giannazi e dos deputados federais Ivan Valente e Luiza Erundina.[44] O vereador eleito em São Paulo Eduardo Suplicy e Iara Bernardi, vereadora eleita em Sorocaba, ambos do Partido dos Trabalhadores (PT), declararam apoio a Raul Marcelo em vídeo,[45] assim como o ator Gregório Duvivier.[46]

Os deputados federais Jair Bolsonaro (PSC-RJ) e Jefferson Campos (PSD-SP)[47] repudiaram a candidatura de Raul Marcelo, assim como o Movimento Brasil Livre.[48]

Já o candidato democrata José Caldini Crespo, além dos treze partidos já coligados, recebeu o apoio dos vereadores eleitos e reeleitos Missionário Rodrigo Manga (DEM), Fernando Dini (PMDB), Pastor Apolo (PSB), Marinho Marte (PSD), Péricles (PMDB), Vitão do Cachorrão (PMDB), Fausto Peres (PTN), Dr. Hélio Brasileiro (PMDB) , Silvano Jr (PV) e Hudson Pessini (PMDB), todos de sua coligação. O candidato a vereador derrotado nas urnas, Anselmo Bastos (PRB) formalizou apoio a Crespo, assim como o vereadores reeleitos Pr. Luis Santos (PROS)[49] e Wanderley Diogo (PRP), todos coligados com Hélio Godoy (PRB) no primeiro turno.[41] Mônica Amiga dos Animais e Jessé Loures, suplentes do Partido Verde também se engajaram na campanha eleitoral de Crespo no segundo turno.

Oficialmente o PSDB de Sorocaba liberou seus filiados para escolherem entre Crespo e Raul. Logo após o resultado das urnas, José Francisco Martinez formalizou apoio ao democrata.[50] Fernando Oliveira, presidente do PSDC, coligado no primeiro turno com João Leandro (PSDB) também demonstrou apoio a Crespo. O candidato a vice-prefeito na coligação do PSDB no primeiro turno, Cláudio do Sorocaba I (PR), também foi formalizou o apoio ao candidato em vídeo. Em 17 de outubro foi a vez de Anselmo Neto (PSDB) e em 19 de outubro o vereador João Donizeti Silvestre (PSDB).[51][41]

Simone Marquetto (PMDB), prefeita eleita em Itapetininga, Fernando Oliveira (DEM), prefeito eleito em Votorantim, Joel Haddad (PDT), prefeito eleito em Salto de Pirapora e João Dória (PSDB), prefeito eleito em São Paulo também formalizaram apoio a Crespo.[41][52][53] O governador Geraldo Alckmin também manifestou apoio a José Crespo em vídeo.[54] O deputado estadual Álvaro Batista Camilo, o Coronel Camilo (PSD),[55] os deputados federais Arnaldo Faria de Sá (PTB),[56] Guilherme Mussi (PP),[57] Jefferson Campos (PSD)[47] e o senador por Goiás Ronaldo Caiado (DEM), líder do partido no Senado Federal, também divulgaram apoio a Crespo por vídeo nas redes sociais, assim como o ex-prefeito de Sorocaba, ex-deputado estadual e federal e ex-secretário de Estado Flávio Chaves (PSC).[58] Arnaldo Jardim (PPS), deputado federal licenciado e secretário de agricultura e abastecimento do estado de São Paulo visitou Sorocaba para participar da campanha com Crespo.[59] No último dia de campanha, Crespo reuniu lideranças em uma carreata por Sorocaba.[60]

Influência da comunidade espanhola[editar | editar código-fonte]

A comunidade hispano-brasileira de Sorocaba, considerada a maior do país com mais de 200 mil membros teve uma importância fundamental no processo eleitoral de 2016, principalmente nos bairros de origem espanhola, como Vila Hortência e Barcelona, localizados na zona leste da cidade. O prefeito eleito, Caldini Crespo e sete dos vinte vereadores eleitos eram de origem hispânica. Fernando Dini, Fausto Peres, José Francisco Martinez, João Donizeti Silvestre, Fernanda Schlic Garcia, Marinho Marte, Hudson Pessini obtiveram juntos mais de 30 mil votos, demonstrando a importância da comunidade espanhola na cidade.[61]

Debates[editar | editar código-fonte]

Primeiro turno[editar | editar código-fonte]

Prefeitos[editar | editar código-fonte]

Data Organizador(es) Crespo
(DEM)
Raul Marcelo
(PSOL)
Hélio Godoy
(PRB)
João Leandro
(PSDB)
Glauber Piva
(PT)
29 de agosto Jornal Cruzeiro do Sul, Rádio Cruzeiro FM[62] Presente Presente Presente Presente Presente
30 de agosto Universidade de Sorocaba[63] Presente Presente Presente Presente Presente
1 de setembro Jornal Ipanema, Rádio Ipanema[64] Presente Presente Presente Presente Presente
16 de setembro FADI, OAB[65] Presente Presente Presente Presente Presente
19 de setembro Diário de Sorocaba, ESAMC-Centro, Cantate FM, Conselho Municipal do Jovem[66] Presente Presente Presente Presente Presente
26 de setembro Jornal Cruzeiro do Sul, Rádio Cruzeiro FM[67] Presente Presente Presente Presente Presente
29 de setembro TV TEM/Rede Globo[68] Presente Presente Presente Presente Presente

Vice-Prefeitos[editar | editar código-fonte]

Data Organizador(es) Jaqueline Coutinho
(PTB)
Gilberto Franca
(PSOL)
Laerte Molleta
(PEN)
Cláudio do Sorocaba I
(PR)
Professor André Cordeiro
(PT)
12 de setembro Jornal Cruzeiro do Sul, Rádio Cruzeiro FM[69] Presente Presente Presente Presente Presente

Segundo turno[editar | editar código-fonte]

Prefeitos[editar | editar código-fonte]

Data Organizador(es) Crespo
(DEM)
Raul Marcelo
(PSOL)
21 de outubro Rádio Cacique[70] Presente Presente
24 de outubro Jornal Cruzeiro do Sul, Rádio Cruzeiro FM[71] Presente Presente
26 de outubro Jornal Ipanema, Rádio Ipanema[72] Presente Presente
28 de outubro TV TEM/Rede Globo[73] Presente Presente

Referências

  1. a b Prazeres, Leandro (9 de julho de 2015). «Câmara aprova novas regras para eleições; veja o que pode mudar». UOL. Consultado em 28 de julho de 2015. Para entrar em vigor nas eleições de 2016, a minirreforma precisa ser sancionada até um ano antes do pleito do ano que vem, que ocorrerá no dia 2 de outubro. 
  2. Benetti, Djalma (2 de março de 2016). «Cirurgia praticamente sepulta a intenção de Pannunzio em concorrer à reeleição e abre espaço para o deputado federal Vitor Lippi voltar ao jogo da sucessão». ODedaQuestão. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  3. a b Crespo, do DEM, é eleito prefeito de Sorocaba
  4. «Pannunzio só não será candidato se não quiser». Jornal Cruzeiro do Sul. 10 de maio de 2015. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  5. Benetti, Djalma (2 de março de 2016). «Se seu governo for aprovado, Pannunzio vai concorrer à reeleição. Se mal avaliado, não». ODedaQuestão. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  6. Benetti, Djalma (16 de junho de 2016). «Pré-candidatos a prefeito de Sorocaba do PRB e do PEN dão sinais que desejam, na verdade, serem apenas vice». ODedaQuestão. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  7. «Maria Lúcia Amary faz articulação eleitoral do PSDB». Jornal Cruzeiro do Sul. 14 de fevereiro de 2016. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  8. «Pesquisa mostra aumento na reprovação de Pannunzio». Jornal Cruzeiro do Sul. 2 de julho de 2016. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  9. Benetti, Djalma (27 de julho de 2016). «Saída de pré-candidato do PMDB da corrida eleitoral ainda provoca onda de fofocas sobre o PSDB.». ODedaQuestão. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  10. a b c d e f g «Conheça os pré-candidatos à Prefeitura de Sorocaba». Jornal Ipanema. 2 de julho de 2016. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  11. «PSDB escolhe João Leandro para concorrer à Prefeitura». Jornal Cruzeiro do Sul. 6 de julho de 2016. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  12. «Renato Amary (PMDB)». Jornal Cruzeiro do Sul. 2012. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  13. «Votação por município 2006». Tribunal Superior Eleitoral. 2006. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  14. a b «Renato Amary retira pré-candidatura a prefeito». Jornal Cruzeiro do Sul. 20 de julho de 2016. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  15. Benetti, Djalma (16 de junho de 2016). «Renato Amary chora ao explicar o filme que passou pela sua cabeça para decidir pela retirada de sua candidatura a prefeito de Sorocaba». ODedaQuestão. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  16. «Chapa da situação define João Leandro, com Cláudio para vice». Jornal Cruzeiro do Sul. Julho de 2016. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  17. «PT Sorocaba oficializa Glauber Piva como pré-candidato a prefeito de Sorocaba». Partido dos Trabalhadores. 2016. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  18. «Candidaturas de Godoy e Molleta são lançadas». Jornal Cruzeiro do Sul. 2016. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  19. «Definidos tempos da propaganda eleitoral gratuita». Jornal Cruzeiro do Sul. 23 de agosto de 2016. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  20. «"Renasce Sorocaba" confirma Crespo, e Jaqueline como vice». Jornal Cruzeiro do Sul. Julho de 2016. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  21. «Com saída de Amary, concorrentes esperam mudanças no quadro eleitoral». Diário de Sorocaba. 26 de julho de 2016. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  22. «Raul Marcelo tem 30% e Crespo, 26%, em Sorocaba, diz Ibope». TV TEM. 22 de agosto de 2016. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  23. «Crespo tem 40%, Raul Marcelo, 23%, Godoy, 10%, em Sorocaba, diz Ibope». TV TEM. 15 de setembro de 2016. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  24. «Ibope, votos válidos: Crespo tem 44%, Raul Marcelo, 22%, e Helio Godoy, 17%». TV TEM. 1 de outubro de 2016. Consultado em 1 de outubro de 2016 
  25. «Pesquisa realizada entre os dias 03 a 05 de Outubro de 2016 com os Candidatos a Prefeito de SOROCABA-SP (2º TURNO)». Instituto Veritá. 5 de outubro de 2016. Consultado em 17 de outubro de 2016 
  26. «Ibope: Crespo, 45%, Raul Marcelo, 41%, branco/nulo, 10%, não sabe, 4%». TV TEM. 17 de outubro de 2016. Consultado em 23 de outubro de 2016 
  27. «Três pesquisas eleitorais serão divulgadas até o próximo sábado». Jornal Cruzeiro do Sul. 25 de outubro de 2016. Consultado em 27 de outubro de 2016 
  28. «Ibope, votos válidos: Crespo tem 56% e Raul Marcelo, 44%». Rede Globo. 29 de outubro de 2016. Consultado em 29 de outubro de 2016 
  29. «Apuração Sorocaba-SP». Uol. 2 de outubro de 2016. Consultado em 3 de outubro de 2016 
  30. «Cerca de 32,2 mil eleitores estão impedidos de votar em Sorocaba». Jornal Cruzeiro do Sul. 21 de maio de 2016. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  31. «Cerca de 32,2 mil eleitores estão impedidos de votar em Sorocaba». Jornal Cruzeiro do Sul. 21 de maio de 2016. Consultado em 25 de setembro de 2016 
  32. «Confira a composição da Câmara Municipal de Sorocaba». G1. 2 de outubro de 2016. Consultado em 3 de outubro de 2016 
  33. Veja os 20 vereadores eleitos em Sorocaba
  34. a b Duas mulheres assumirão vaga na Câmara Municipal no próximo ano
  35. Sessão repercute resultado das eleições e tem visita de novos vereadores
  36. Jornal Cruzeiro do Sul (6 de setembro de 2016). «Justiça libera registro de João Donizeti». Consultado em 20 de setembro de 2016 
  37. Força da Internet elege novato; vereador que ganha desde 1982 é novamente reeleito; oito novatos farão sua estréia em 2017. E dois veteranos estão de volta à Câmara
  38. OAB entra com ação para afastar Marinho Marte de secretaria
  39. Vereador Anselmo Neto assume vaga de Martinez
  40. PC do B manifesta apoio à candidatura de Raul Marcelo
  41. a b c d PSDB libera filiados para escolherem entre Crespo e Raul
  42. «Nota do Partido dos Trabalhadores de Sorocaba - Glauber Piva». Glauber Piva. 5 de outubro de 2016 
  43. Sul/FUA, Jornal Cruzeiro do. «Justiça concede direito de resposta de 40 segundos a Raul Marcelo no horário de Crespo». Jornal Cruzeiro do Sul 
  44. URGENTE: Força militante para eleger Raul Prefeito de Sorocaba
  45. Suplicy
  46. Gregorio Duvivier
  47. a b Reunião PMDB
  48. Precisamos falar sobre Sorocaba
  49. Pr. Luis Santos
  50. José Francisco Martinez (PSDB)
  51. João Donizeti Silvestre (PSDB)
  52. Candidatos a prefeito trocam ataques no horário eleitoral
  53. João Dória (PSDB)
  54. Crespo e Raul evitam ataques no horário eleitoral da TV
  55. Camilo
  56. Arnaldo Faria de Sá
  57. Guilherme Mussi (PP)
  58. Flávio Chaves (PSC)
  59. Recebi em meu comitê, Arnaldo Jardim, nosso ilustre Deputado Federal licenciado e atual secretário de agricultura e abastecimento do estado de São Paulo
  60. Mega Carreata com Crespo, Jaqueline e Renato
  61. «Eleições 2016 Apuração 1º turno». Uol. 2 de outubro de 2016. Consultado em 5 de julho de 2017 
  62. «Cruzeiro do Sul realiza o 1° debate eleitoral». Jornal Cruzeiro do Sul. 20 de agosto de 2016. Consultado em 26 de setembro de 2016 
  63. «Uniso promove debate com candidatos à Prefeitura». UNISO. 29 de agosto de 2016. Consultado em 26 de setembro de 2016 
  64. «ÁUDIO: Rádio Ipanema realiza debate com candidatos a prefeito de Sorocaba». Jornal Ipanema. 1 de setembro de 2016. Consultado em 26 de setembro de 2016 
  65. «Fadi faz debate com candidatos a prefeito». Diário de Sorocaba. 16 de setembro de 2016. Consultado em 26 de setembro de 2016 
  66. «Debate reúne os cinco candidatos a prefeito de Sorocaba na Esamc nesta terça-feira, às 20h». Jornal Cruzeiro do Sul. 19 de setembro de 2016. Consultado em 26 de setembro de 2016 
  67. «Cruzeiro faz hoje o 2° debate entre os candidatos». Jornal Cruzeiro do Sul. 26 de setembro de 2016. Consultado em 26 de setembro de 2016 
  68. «Ataques marcam o último debate dos prefeituráveis de Sorocaba». Jornal Cruzeiro do Sul. 30 de setembro de 2016. Consultado em 3 de outubro de 2016 
  69. «Debate reúne os cinco candidatos a vice». Jornal Cruzeiro do Sul. 12 de setembro de 2016. Consultado em 26 de setembro de 2016 
  70. «Reunião define debate no 2º turno na Cacique». Rádio Cacique. 11 de outubro de 2016. Consultado em 24 de outubro de 2016 
  71. «Crespo e Raul se enfrentam hoje no Cruzeiro do Sul». Jornal Cruzeiro do Sul. 24 de outubro de 2016. Consultado em 24 de outubro de 2016 
  72. «Rádio Ipanema realiza debate com candidatos a prefeito no dia 26». Jornal Ipanema. 14 de outubro de 2016. Consultado em 24 de outubro de 2016 
  73. «Regras de debate em Sorocaba são definidas em reunião na TV TEM». TV TEM. 11 de outubro de 2016. Consultado em 24 de outubro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]