Escuderia Bandeirantes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brasil Escuderia Bandeirantes
Nome completo Escuderia Bandeirantes
Chefe de equipe Brasil Chico Landi
Pilotos Brasil Chico Landi
Brasil Gino Bianco
Uruguai Eitel Cantoni
França Philippe Étancelin
Países Baixos Jan Flinterman
Chassis Maserati A6GCM
Motor Maserati A6 2.0 L6
Pneus Pirelli
Histórico na Fórmula 1
Estreia França GP da França, 1952
Último GP Itália GP da Itália, 1952
Grandes Prêmios 5
Campeã de construtores 0
Campeã de pilotos 0
Vitórias 0
Pole Position 0
Voltas rápidas 0
Pontos 0
Posição no último campeonato
(1952)
ND (0 pontos)

A Escuderia Bandeirantes foi uma equipe de Formula 1 e outros torneios criada na Europa por Chico Landi, usando carros usados da Maserati.

Em 1952, Chico Landi criou a Escuderia Bandeirantes, com três Maserati A6GCM, para disputar grandes prêmios na Europa. Gino Bianco acompanhou-o para ser um dos pilotos. Além dos dois brasileiros, a Escuderia Bandeirantes teve o uruguaio Eitel Cantoni e, em duas corridas, o holandês Jan Flinterman e o francês Philippe Étancelin (ambos disputaram uma etapa). Os carros dos brasileiros eram pintados de amarelo e tinham rodas verdes – era a pintura nacional exigida pela FIA. Não era uma equipe rica: inscreveu-se apenas em quatro GPs, às vezes com somente dois carros, e seu melhor resultado foi o 8º lugar de Landi no GP da Itália.

Ver também[editar | editar código-fonte]