Memorial Ucraniano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Memorial Ucraniano
Tipo monumento
Geografia
Coordenadas 25° 24' 8" S 49° 18' 17" O
Localização Curitiba - Brasil

O Memorial Ucraniano é uma atração turística localizada no Parque Tingüi, em Curitiba, no Paraná,[1] e foi erigido em homenagem aos imigrantes ucranianos que vieram para esta região do Brasil no século XIX.[2][3]

Construções típicas[editar | editar código-fonte]

Réplica da igreja de São Miguel da Serra do Tigre (Mallet/Paraná).
Reconstrução de casa típica de imigrantes da Ucrânia no Brasil.

Inaugurado em 1995, foram construídas no local algumas réplicas de edificações que mostram o estilo típico da arquitetura dos imigrantes. A principal atração é uma réplica da mais antiga igreja ucraniana do Brasil, a de São Miguel da Serra do Tigre, construída em madeira no estilo bizantino, situada no município de Mallet, no interior do Paraná.[2]

Ao lado da capela há um campanário, simbolizando a integração dos povos com as terras brasileiras, bem como a importância da religião como mantenedora da unidade cultural.[2] Também na área externa do memorial há uma escultura de uma pêssanka gigante,[4] de autoria do artista Jorge Seratiuk. Há ainda no memorial um espaço para uma exposição permanente de artesanatos, como a pêssankas, ícones (icons), pinturas e outros objetos relacionados aos imigrantes, podendo ser visitada gratuitamente.[2][5]

Festividades[editar | editar código-fonte]

Cerimônia de benção dos alimentos na véspera da Páscoa de 2006.

O memorial recebe diversas festas típicas durante diferentes épocas do ano. A mais conhecida é a festividade pascal, onde na véspera da Páscoa, no sábado de aleluia, acontece no local a tradicional cerimônia de benção dos alimentos.[2] Acontecem ainda a Festa Nacional da Ucrânia, em agosto, a Festa da Colheita, em outubro, e a Festa de São Nicolau, em novembro,[2] além de outros eventos com apresentação de grupos folclóricos.[6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Descendentes de ucranianos que moram em Curitiba fazem ato de apoio ao país após invasão russa». G1 Paraná. 25 de fevereiro de 2022. Consultado em 12 de abril de 2022 
  2. a b c d e f Francisco Vêneto (28 de fevereiro de 2022). «Memorial Ucraniano de Curitiba: a fé, elemento-chave de um povo». Aleteia. Consultado em 12 de abril de 2022 
  3. «Memorial Ucraniano: história do Paraná é ameaçada por vandalismo». RIC Mais. 6 de julho de 2021. Consultado em 12 de abril de 2022 
  4. Paula Gambetta (30 de março de 2022). «Cinco pontos turísticos em Curitiba que aceitam cães». Banda B. Consultado em 12 de abril de 2022 
  5. «Com 130 anos de imigração ucraniana, memorial amplia acervo». Paraná Portal. 25 de agosto de 2021. Consultado em 12 de abril de 2022 
  6. «Grupo Folclórico Ucraniano no Paraná faz ato de apoio à Ucrânia nesta sexta (25), em Curitiba». CBN Curitiba. 24 de fevereiro de 2022. Consultado em 12 de abril de 2022 
Ícone de esboço Este artigo sobre um monumento é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.