Chupa-cabra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Chupa-cabra é uma suposta criatura responsável por ataques sistemáticos a animais rurais em regiões da América, como Porto Rico, Flórida, Nicarágua, Chile, México e Brasil. O nome da criatura deve-se à descoberta de várias cabras mortas em Porto Rico com marcas de dentadas no pescoço e o seu sangue alegadamente drenado. Embora o assunto tenha sido explorado na mídia brasileira, os rumores sobre a existência do misterioso ser foram gradualmente desaparecendo, cessando antes da virada do milênio.

História[editar | editar código-fonte]

O coiote tem semelhanças com os relatos mais comuns de chupa-cabras, acredita-se que o mito baseie-se nesse animal

O primeiro ataque relatado ocorreu em março de 1995 em Porto Rico.[1] Neste ataque, oito cabras foram encontradas mortas, cada uma com três perfurações no tórax e totalmente esvaídas de sangue.[1]

Logo após os primeiros registros dos incidentes em Porto Rico, várias mortes de animais foram relatadas em outros países como a República Dominicana, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Honduras, El Salvador, Nicarágua, Panamá, Peru, Brasil, Estados Unidos e México.[1]

Esta lenda também foi mencionada na série de humor negro chamada South Park no episódio 4 da décima sexta temporada intitulado com o próprio nome da criatura, no episódio 21 de As Aventuras de Jackie Chan e no episódio 238 da série de animação japonesa Gintama.

Referências

  1. a b c Stephen Wagner. On the trail of the Chupacabras. Página visitada em 05-10-2007.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons