Daniella Perez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Daniela Perez)
Ir para: navegação, pesquisa
Daniella Perez
Nascimento 11 de agosto de 1970
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade Brasil Brasileira
Morte 28 de dezembro de 1992 (22 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Ocupação Atriz e bailarina[1]
Cônjuge Raul Gazolla (1990 - 1992)[2]
IMDb: (inglês)

Daniella Perez Gazolla, mais conhecida como Daniella Perez (Rio de Janeiro, 11 de agosto de 1970 — Rio de Janeiro, 28 de dezembro de 1992) foi uma atriz e bailarina[3] brasileira, casada com o ator Raul Gazolla e filha da autora de telenovelas Glória Perez.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Daniella Perez sempre teve sua vida ligada à arte. Com apenas cinco anos de idade ensaiava seus primeiros passos na dança. Mais tarde surgiu o convite para dançar profissionalmente em uma das melhores companhias de dança do Rio de Janeiro, a “Vacilou, dançou”. Dany, como era chamada entre os amigos, conheceu seu marido Raul Gazolla em sua primeira participação para a TV, fazendo o papel de uma dançarina de tango na novela Kananga do Japão da Rede Manchete. Após, surgiu o convite para viver a personagem Clô na novela Barriga de Aluguel, quem assinava o texto era sua mãe, Glória Perez. Devido ao seu carisma e talento a personagem ganhou espaço na trama e Daniella foi convidada para estrear a novela O Dono do Mundo, fazendo assim o papel de Yara, irmã da protagonista vivida por Glória Pires. Mais tarde, já reconhecida pelo grande público, a atriz fez o Brasil se apaixonar literalmente, graças ao seu talento na pele da personagem Yasmim, irmã da protagonista vivida por Cristiana Oliveira, na novela De Corpo e Alma, sendo essa a sua última novela.

Morte[editar | editar código-fonte]

Daniella tinha apenas 22 anos quando foi brutalmente assassinada pelo ex ator e colega de trabalho Guilherme de Pádua e por sua então esposa Paula Nogueira Thomaz (hoje Paula Nogueira Peixoto), que a emboscaram e mataram com 18 tesouradas, que perfuraram o pescoço, pulmão e o coração da atriz. Julgados e condenados por homicídio duplamente qualificado, com motivo torpe e impossibilidade de defesa da vítima, os dois cumpriram apenas seis dos 19 anos a que foram condenados.

A indignação popular que se seguiu a esse episódio resultou na alteração da legislação penal, graças aos esforços da mãe de Daniella, Glória Perez, que encabeçou uma campanha de assinaturas e conseguiu fazer passar a primeira iniciativa popular de projeto de lei a se tornar lei efetiva na história do Brasil. A saída da sua personagem na novela De Corpo e Alma foi explicada com uma viagem de estudos ao exterior, e o personagem do ator Guilherme de Pádua deixou de existir.

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Televisão
Ano Título Papel
1992 De Corpo e Alma Yasmin Bianchi
1991 O Dono do Mundo Yara Maciel
1990 Barriga de Aluguel Clô
1989 Kananga do Japão Eduarda

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Indicado Resultado
1993 Troféu Imprensa Revelação do ano Daniella Perez por interpretar Yasmin em De Corpo e Alma Indicado[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.