Filosofia da economia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Filosofia da economia é um ramo da filosofia nas relações filosóficas da economia com a filosofia e o mundo. Também pode ser dita como um ramo da economia, que pesquisa a moral e origens da economia mundial. O sentido filosófico de economia reporta à "ordem ou regularidade de uma totalidade qualquer" (Abbagnano). Refere-se à economia caseira, citadina, estadual ou mundial.

Ideias filosóficas sobre economia na história[editar | editar código-fonte]

Orígenes indicava que a economia consistia na encarnação do Verbo, pois ela teria proporcionado ordem e verdadeira regra ao mundo.Guilherme de Occam formulou o princípio da economia no sentido filosófico. Afirmava que a multiplicação das entidades seria desnecessária. A menor quantidade de entes é que proporcionaria o sentido mais real das coisas, pois buscava-se na "natureza a máxima unidade e simplicidade possível." (Abbagnano).

David Ricardo entendeu que a produção econômica de riquezas da-se somente pelo trabalho manual. As outras funções da sociedade só colaboram na produção indiretamente. Ele indica uma espécie de ordem natural proporcionada pelo indivíduo. Ele livre para promover para si o bem-estar traz também vantagens à coletividade.

John S. Mill afirmou em sua obra Princípios da economia política que a distribuição da riqueza "é obra exclusiva do homem, que pode po-las à disposição de quem quiser e nas condições que mais lhe convenham." (J. S. Mill, citado em Reale, 322) Isto implica que tal distribuição depende da vontade humana, do direito e dos costumes de cada povo. J. S. Mill supera a concepção de que a riqueza económica seria dádiva ou graça divinas.

Figuras importantes da filosofia da economia[editar | editar código-fonte]

Eis abaixo a lista de filósofos e/ou economistas que pesquisaram as relações da economia com a filosofia e vice-versa:

Referências Bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • Abbagnano. Nicolas. Dicionário de Filosofia, 2a ed. São Paulo, Mestre Jou, 1982.
  • Reale, Miguel. Antiseri, Dario, História da Filosofia: do romantismo até os nossos dias, v. 3, 3a ed. 1991.A

A filosofia e a eonomia estão ligados uma vez que quando

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre filosofia / um filósofo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.