Filosofia oriental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gravura representando Confúcio, o fundador do confucionismo, sistema filosófico muito difundido nos países do leste asiático

A filosofia oriental é a filosofia desenvolvida nos países da Ásia Oriental e do Oriente Médio. Geralmente, a filosofia "oficial" é associada à filosofia desenvolvida na Europa e, mais recentemente, nos Estados Unidos. Porém esta é uma forma discriminatória de se conceber a filosofia, pois esta atividade também é desenvolvida com muita profundidade em outros pontos do mundo, como a Ásia. Este segmento da filosofia abrange o pensamento filosófico desenvolvido historicamente na Índia, no Irã, na China, na Coreia e no Japão, além da filosofia islâmica e da filosofia judaica1 .

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. MATTAR, J. Introdução à filosofia. São Paulo. Pearson Prentice Hall. 2010. p. 274,274.
Ícone de esboço Este artigo sobre filosofia / um filósofo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.