Garganta do Diabo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Cataratas do Iguaçu
Garganta del Diablo
Cataratas do Iguaçu a partir do lado brasileiro. No centro,a Garganta do Diabo.
Características
Altura 80 m
Localização
Rio Rio Iguaçu
País  Brasil -  Argentina
Local Foz do Iguaçu - Puerto Iguazú

A Garganta do Diabo é a queda com maior fluxo das Cataratas do Iguaçu, que têm cerca de 275 quedas de água, com uma altura superior a 70 metros ao longo de 2,7 km do Rio Iguaçu.

A Garganta do Diabo principia em forma de "U" invertido com 150 metros de largura e 80 metros de altura.

Está localizada no Parque Nacional do Iguaçu [1] estado do Paraná, Brasil, fazendo fronteira com o Parque Nacional Iguazú, na província de Misiones, Argentina

Turismo[editar | editar código-fonte]

A Garganta do Diabo é a maior, e mais majestosa e impressionante de todas as quedas. É dividida pela linha de fronteira entre o Brasil e a Argentina. A maioria das quedas de água (também chamadas de saltos) ficam em território argentino, mas de ambos lados obtêm-se belos panoramas.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Em época de chuva, as Cataratas do Iguaçu chegam a ser a 3ª maior do mundo em volume de água. Sua vazão chega a aumentar 10 vezes[2] , chegando a 11,3 mil metros cúbicos por segundo, quando o normal é 1,5 mil[3] .
Panorama das cataratas do Iguaçu. A esquerda, a Garganta do Diabo.

Referências

  1. 2002 - Salamuni, R., Salamuni, E., Rocha, L. A., e Rocha, A. L. - Parque Nacional do Iguaçu, PR - Cataratas de fama mundial: http://www.unb.br/ig/sigep/sitio011/sitio011.pdf IN: Schobbenhaus,C.; Campos,D.A.; Queiroz,E.T.; Winge,M.; Berbert-Born,M.L.C. (Edit.) 2002. Sítios Geológicos e Paleontológicos do Brasil. DNPM/CPRM - Comissão Brasileira de Sítios Geológicos e Paleobiológicos (SIGEP) - Brasília 2002; 554pp; ilust.
  2. Vazão das Cataratas do Iguaçu aumenta dez vezes (Webventure) Vazão das Cataratas do Iguaçu aumenta dez vezes (28 abril de 2010). Visitado em 6 de maio de 2010.
  3. Vazão das Cataratas está quase cinco vezes maior que o normal (aquiagora.net) Vazão das Cataratas está quase cinco vezes maior que o normal (24 de setembro de 2009). Visitado em 6 de maio de 2010.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Cataratas do Iguaçu

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Cataratas do Iguaçu
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Cataratas del Iguazú
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Parque Nacional do Iguaçu

Galeria de imagens[editar | editar código-fonte]