Sambar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaSambar[1]
Sambhar deer.jpg

Estado de conservação
Status iucn3.1 VU pt.svg
Vulnerável (IUCN 3.1) [2]
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Artiodactyla
Família: Cervidae
Género: Rusa
Espécie: R. unicolor
Nome binomial
Rusa unicolor
(Kerr, 1792)
Distribuição geográfica
Rusa unicolor.png
Sinónimos
  • Cervus unicolor

O sambar (Rusa unicolor) é um grande veado asiático.

Descrição[editar | editar código-fonte]

O sambar é um veado alto e com um grande par de chifres, é o maior veado da Índia e do Sudoeste Asiático, no entanto, raramente é avistado. Apesar de grande, o sambar move-se silenciosamente pela floresta, ao menor sinal de perigo foge, mas se for apanhado, pode mesmo combater um cão que o esteja a atacar com coices rápidos. O sambar é um forte nadador, atravessa com facilidade os rios enquanto se desloca na floresta em busca de alimento. As suas hastes caem anualmente e novos chifres maiores crescem antes do cio seguinte, têm ouvidos altamente sensíveis que rodam independentemente para identificar sons fracos, o seu pêlo é curto e torna-se espesso na estação mais fria, nos machos o pêlo pode formar uma crina densa em volta do pescoço e nos quartos dianteiros, a sua cauda é castanha escura por cima e branca por baixo e é usada para afugentar moscas das patas traseiras, apresenta umas pernas longas e delgadas que permitem andar agilmente na floresta ou correr rapidamente caso for necessário.

Sambar fêmea

Acasalamento[editar | editar código-fonte]

No início da estação seca, os machos entrelaçam os chifres em provas sangrentas, o vencedor marca o seu território borrifando urina, deixando excrementos e gravando troncos de árvores com os chifres, emite sons e um forte odor das suas glândulas para atrair as fêmeas, cada fêmea dá á luz uma única cria no início da estação das chuvas, a cria não consegue andar até ao quarto dia, depois do qual fica sempre próxima á progenitora.

Sambar jovem

Distribuição[editar | editar código-fonte]

O sambar vive nas encostas das florestas do Sri Lanka, Índia, Sul da China, Taiwan, Malásia, Indonésia e Filipinas. Foi introduzido na Nova Zelândia, na Austrália e na Flórida.

Referências

  1. Grubb, P.. Order Artiodactyla. In: Wilson, D.E.; Reeder, D.M. (eds.). Mammal Species of the World. Baltimore: Johns Hopkins University Press, 2005. 637–722 p. ISBN 978-0-8018-8221-0 OCLC 62265494
  2. (em inglês) Timmins, R.J., Steinmetz, R., Sagar Baral, H., Samba Kumar, N., Duckworth, J.W., Anwarul Islam, Md., Giman, B., Hedges, S., Lynam, A.J., Fellowes, J., Chan, B.P.L. & Evans. (2008). Rusa unicolor. 2008 Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN. IUCN 2008. Obtido em 26 de janeiro de 2014.
Ícone de esboço Este artigo sobre artiodáctilos, integrado no Projeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.