Synthpop

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Synthpop
Origens estilísticas New Wave
Música eletrônica
Pós-punk
Krautrock
Música pop
Contexto cultural Final dos anos 1970 e começo dos anos 1980 na Alemanha, Itália, Reino Unido e Estados Unidos
Instrumentos típicos sintetizador, vocoder, baixo, bateria, teclado, guitarra e sampler
Popularidade início dos anos 1980
Subgêneros
Electropop - Electroclash
Outros tópicos
Bandas de Synthpop
Portal A Wikipédia possui o
Portal do Rock.

Synthpop (também chamado de tecnopop, e erroneamente chamado de eletropop)[1] é um estilo de música em que os teclados e sintetizadores são os instrumentos musicais dominantes. É considerado por muitos como a junção máxima da música eletrônica com o rock, pois difere dos outros grupos de música eletrônica. Os compositores de synthpop (e também de rock industrial) seguem o mesmo ritmo e atuação de uma "banda" comum de rock ou pop, tendo seus fãs devotos, lançando singles, álbuns, se apresentando ao vivo e fazendo performances também com os instrumentos padrões de uma banda: guitarra, baixo, bateria, entre outros.

Kraftwerk (da Alemanha) e Yellow Magic Orchestra (do Japão) são considerados os pioneiros do estilo, que se desenvolveu em músicos e bandas como Gary Numan, New Order, Depeche Mode, Ultravox (pioneiros ingleses do gênero), Orchestral Manoeuvres in the Dark, Pet Shop Boys e Devo. A estrutura das canções geralmente é bastante relacionada com o movimento new Wave, produzidas como as outras músicas pop da época; ou seja, com melodias bem suaves, calmas, harmoniosas, e por vezes alegres.


Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências