Universidade de Santa Cruz do Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
UNISC
Universidade de Santa Cruz do Sul
Fundação 23 de Maio, 1993
Tipo de instituição Comunitária
Mantenedora APESC
Docentes 650 (30/09/2013) [1]
* Doutores: 174
* Mestres: 395
* Especialistas: 81
* Graduados: 0
Total de estudantes 12.587 (30/09/2013) [1]
Graduação 11.106 [1]
Pós-graduação 1.481 (Lato Sensu: 1.155 - Stricto Sensu: 326) [1]
Reitor(a) Carmen Lúcia de Lima Helfer
Vice-reitor(a) Eltor Breunig [2]
Campi Capão da Canoa, Venâncio Aires, Sobradinho, Montenegro
Estado Rio Grande do Sul
Afiliações CRUB, COMUNG, ABRUC
Página oficial http://www.unisc.br
Instituições de ensino superior do Brasil Brasil

A Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC) é uma universidade comunitária localizada na cidade de Santa Cruz do Sul, no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Possui outros quatro campi: nas cidades de Capão da Canoa, Sobradinho, Venâncio Aires e Montenegro. A instituição possui uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN da Unisc), a qual possui 221,39 hectares e teve sua criação no ano de 2009, através da Portaria nº 16, de 18 de março de 2009.[3]

Atualmente conta com 49[1] cursos de graduação, 36[1] cursos de especialização, 8 cursos de mestrado[4] e 2 cursos de doutorado em andamento [5] .

Histórico [6] [editar | editar código-fonte]

Período pré-FISC[editar | editar código-fonte]

1962 - A Associação Pró-Ensino em Santa Cruz do Sul (APESC), mantenedora da UNISC, foi fundada.

1964 - A APESC obtém aprovação para o funcionamento da primeira Faculdade, a de Ciências Contábeis.

1967 - Criada a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, com os cursos de Letras e Pedagogia.

1968 - Oferecido o curso de Estudos Sociais e instalada a Faculdade de Direito.

1970 - Foi criada a Escola Superior de Educação Física e iniciada a oferta do Curso de Ciências - Licenciatura Curta.

1972 - O Curso de Administração foi implantado.

1976 - O Curso de Ciências - Licenciatura Plena, com as Habilitações em Matemática, Física, Química e Biologia.

Os cursos, criados gradativamente eram incorporados às Faculdades que, em 1980, passaram a constituir as Faculdades Integradas de Santa Cruz do Sul - FISC.

Faculdades Integradas de Santa Cruz do Sul[editar | editar código-fonte]

A administração superior da FISC era constituída pela Direção-Geral, pelo Colegiado Superior e pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão. A estrutura intermediária era representada pelas Direções das quatro Faculdades e por seus respectivos Conselhos Departamentais. A FISC tinha autonomia didático-pedagógica em relação à APESC, a quem competia a administração patrimonial e financeira.

1980 - A FISC passou a oferecer cursos em regime especial de férias.

1980 - Implantado o Programa de Pós-Graduação lato sensu.

1984 - Criada a Escola de 1º e 2º Graus Educar-se, também mantida pela APESC e vinculada à Instituição.

1985 - Dando continuidade à sua expansão, a FISC criou o Curso de Ciências Econômicas.

1988 - Foi instalado o curso de Bacharelado em Química, posteriormente transformado em Química Industrial;

1992 - Reestruturado o Curso de Ciências, sendo transformado em três cursos: Ciências Biológicas - Licenciatura e Ciências Biológicas/Ecologia; Matemática - Licenciatura e Matemática/Informática (depois denominada Matemática Aplicada e Computacional) e Química - Licenciatura.

Até 1986, o Diretor-Geral da FISC era nomeado pelo Presidente da APESC dentre uma lista tríplice de professores titulares em exercício na Instituição. A partir desse ano, após uma ampla mobilização da comunidade acadêmica, foi democratizada a instituição e passaram a ser eleitas diretamente a Direção-Geral, as direções de Faculdades e as chefias de Departamentos.

Universidade de Santa Cruz do Sul[editar | editar código-fonte]

A partir de março de 1992, no processo de transição para Universidade, foram extintas as Faculdades, passando os Departamentos a ligar-se diretamente à Administração Superior.

1993 - A Universidade de Santa Cruz do Sul foi reconhecida pela Portaria nº 880, de 23/06/93, DOU de 25/06/93, com base no parecer do CFE nº 282, de 05/05/93, culminando todo o processo de transição.

Graduação[editar | editar código-fonte]

Após o reconhecimento da UNISC, acelerou-se a implantação de cursos que, em 2000, totalizam 40 habilitações profissionais oferecidas em 27 cursos. Foram criados os cursos:

Ano Cursos
1993 Psicologia
Ciência da Computação.
1994 Enfermagem
Comunicação Social: Jornalismo
Comunicação Social: Publicidade e Propaganda.
1995 Engenharia Agrícola
1996 Comunicação Social: Relações Públicas
Engenharia de Produção - Área Mecânica
Filosofia
Habilitações de Educação Especial - Deficiência Mental e Educação Infantil, no curso de Pedagogia
1997 Turismo
1998 Odontologia
Fisioterapia
Habilitação em Português/Espanhol no curso de Letras
1999 Nutrição
Arquitetura e Urbanismo
2000 Farmácia
Licenciatura em Computação
Serviço Social
2006 Medicina

1998 - A UNISC passou a oferecer cursos de graduação fora da sede em Sobradinho

1998 - Passou a oferecer o Curso de Pedagogia em Venâncio Aires, visando à formação de professores em atendimento ao que estabelece a Lei nº 9396, de 23.12.96.

1999 - Passou a oferecer o Curso de Pedagogia em Rio Pardo e Boqueirão do Leão, visando à formação de professores em atendimento ao que estabelece a Lei nº 9396, de 23.12.96.

2000 - Passou a oferecer o Curso de Pedagogia, em Capão da Canoa, visando à formação de professores em atendimento ao que estabelece a Lei nº 9396, de 23.12.96.

Pós-graduação[editar | editar código-fonte]

1994 - Oferta do primeiro curso de mestrado: Mestrado em Desenvolvimento Regional, que passou a desenvolver as áreas de concentração Sociocultural, Econômico-Organizacional, Tecno-Ambiental e Político-Institucional.

1998 - Teve início a oferta do Mestrado em Direito - área de concentração em Direitos Sociais e Políticas Públicas.

1999 - Iniciou-se a oferta do Mestrado Interinstitucional em Psicologia do Desenvolvimento em parceria com a UFRGS

2000 - Iniciou-se a oferta do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, em convênio com a UFSC

2000 - Foi encaminhado à CAPES o projeto do Programa de Doutorado em Desenvolvimento Regional.

Qualificação docente[editar | editar código-fonte]

A qualificação docente e técnico-administrativa é uma das metas da Instituição. Em 1984, a UNISC criou o Plano de Carreira do Pessoal Docente e já em 1987 instituiu o seu Programa de Qualificação Docente, com concessão de bolsas de afastamento para a realização de cursos de mestrado e doutorado em Universidades do país e do exterior. Em 1996 foi implantado o Plano de Carreira do Pessoal Técnico-Administrativo, sendo em 1999 aprovado o Plano de Capacitação do Pessoal Técnico-Administrativo.

Atividades de Pesquisa e Extensão[editar | editar código-fonte]

Outra preocupação da Instituição é com o desenvolvimento de atividades de pesquisa e extensão que se institucionalizaram na FISC em 1984 e tiveram grande impulso a partir de 1993.

1997 - Houve um incremento à pesquisa com a criação do FAP (Fundo de Apoio à Pesquisa).

1999 - Foi criado o Programa de Apoio à Implantação de Grupos de Pesquisa (PROGRUPE) e o Programa de Apoio aos Projetos e Programas de Extensão (PAPEDS), além da instalação de um Comitê Assessor Externo para avaliação de projetos de pesquisa e extensão e de programas de extensão.

Reitoria[editar | editar código-fonte]

A Reitoria é o órgão executivo superior para todas as atividades universitárias. É exercida pelo Reitor e compreende ainda as pró-reitorias de[2] :

  • Administração
  • Extensão e Relações Comunitárias
  • Graduação
  • Pesquisa e Pós-Graduação
  • Planejamento e Desenvolvimento Institucional

Ex-reitores[editar | editar código-fonte]

  • 1993 - 1997: Wilson Kniphoff da Cruz [7]
  • 1998 - 2005: Luiz Augusto de Costa Campis
  • 2006 - 2013: Vilmar Thomé [2]
  • 2014 - presente: Carmen Lúcia de Lima Helfer [8]

Cursos de Graduação e Pós-Graduação[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas numeros
  2. a b c Reitoria da UNISC. Página visitada em 16 de abril de 2010.
  3. BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Portaria Nº 16, de 18 de Março 2009. Diário Oficial da União, seção 1, n. 53. 2009.
  4. Mestrados na UNISC. Página visitada em 3 de dezembro de 2010.
  5. Doutorados na UNISC. Página visitada em 3 de dezembro de 2010.
  6. Histórico da UNISC. Página visitada em 22 de dezembro de 2013.
  7. Sessão solene marca homenagem da Câmara pelos 20 anos da Unisc (25 de junho de 2013). Página visitada em 22 de dezembro de 2013.
  8. Carmen Lúcia é empossada reitora da Unisc (20/12/2013). Página visitada em 22 de dezembro de 2013.

Alunos Famosos[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]