Amigas & Rivais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Amigas e Rivais)
Ir para: navegação, pesquisa
Amigas & Rivais
Friends and Rivals (EUA)
Amigas e Rivais (PT)
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero
Duração 45 minutos
Criador(es) Letícia Dornelles
Emilio Larrosa
Baseado em Amigas y rivales, de Emilio Larrosa
País de origem  Brasil
Idioma original (em português)
Produção
Diretor(es) Henrique Martins
David Grimberg
Elenco
Tema de abertura "Na Guerra e Na Paz", Thaeme Mariôto, Shirley Carvalho e Lenny Bellard
Exibição
Emissora de televisão original Brasil SBT
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 6 de agosto de 2007 - 18 de janeiro de 2008
N.º de episódios 140
Cronologia
Programas relacionados Amigas y rivales

Amigas & Rivais é uma telenovela juvenil brasileira produzida e exibida pelo SBT entre 6 de agosto de 2007 a 18 de janeiro de 2008, em 140 capítulos.

Se trata de um remake da novela mexicana Amigas y rivales produzida em 2001 e foi adaptada por Letícia Dornelles, dirigida por Jacques Lagoa e Lucas Bueno, a direção-geral coube a Henrique Martins e o núcleo a David Grimberg.[1][2].

Thais Pascholek, Lisandra Parede, Cacau Melo e Karla Tenório interpretam o quarteto de amigas que formam a trama central. O elenco ainda conta com Daniel Ávila, Talita Castro, Joaquim Lopes, Raoni Carneiro, Thierry Figueira, Jayme Periard e Lu Grimaldi nos demais papeis principais.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Laura (Lisandra Parede) é filha do bondoso Pedro (Umberto Magnani) e da ambiciosa Alma (Tania Castello), e irmã da fútil e mimada Andréia (Ana Paula Grande). Ela é uma jovem batalhadora que após ganhar uma bolsa de estudos ingressa em uma faculdade particular, onde conhece a mimada Helena (Thaís Pacholeck), filha do todo-poderoso empresário Roberto Delaor (Jayme Periard). Helena e Laura logo de cara não se entendem, e com a ajuda de Olívia (Karla Tenório), sua melhor amiga, Helena vai aprontar muitas com Laura até que se entendam e tornem-se amigas. Helena é esnobe e fútil e trata Nayeli (Cacau Melo), sua humilde e sonhadora empregada como lixo.

Nayeli sonha em ir para São Paulo e lá tornar-se uma grande estrela tal qual sua diva Hebe Camargo. Nayeli mora em um bairro periférico, onde também mora seu padrinho, o mulherengo Mocho (Jandir Ferrari), que vive passando a perna na esposa Mara (Mika Lins), além de se meter em inúmeras enrascadas ao se fingir de gay para trabalhar no salão de beleza da divertida Gardênia (Josmar Martins), onde conhece a fogosa Yolanda (Lu Grimaldi) que não lhe dá sossego e vai armar divertidos golpes para ficar com ele. Em paralelo à isso, Roberto Delaor leva uma vida infeliz, com o desprezo da filha Helena e o casamento em frangalhos com a esposa Rosana (Talita Castro). Rosana é uma mulher ambiciosa, cheia de segredos. Rosana e sua amiga Angela( Hylca Maria ) tem um grande segredo juntas: Rosana foi a responsavel pela morte de Patricia, primera esposa de Roberto. Se casou-se com Roberto somente por interesse e esconde um amor secreto pelo outro filho deste, o honesto Beto (Daniel Ávila). Beto é noivo de Alessandra (Suzana Alves), que é irmã do interesseiro Armando (Raoni Carneiro). Para impedir esse casamento Rosana passará de todos os limites e irá assassinar a rival. Rosana briga com Alessandra e a empurra de uma sacada, fazendo que com Alessandra morra com a cabeça esmagada. Fragilizado com a morte da noiva, Beto se deixa seduzir por Rosana, ao mesmo tempo em que Roberto conhece Laura e se interessa por ela, o que deixará os ânimos de Helena ainda mais acirrados, uma vez que apesar dela odiar Rosana também não quer ver seu pai com Laura.

Enquanto isso, Olívia se descobre com AIDS, e sua vida dá uma reviravolta e tanto, quando ela passa a conviver com o vírus do HIV e adaptar-se a uma nova vida sempre contando com o apoio de suas amigas, porém, não será nada fácil, pois ela acabará sendo vítima de muitos preconceitos, preconceitos dos quais sempre é defendida pelo bondoso, porém extremamente feio Ulisses (Joaquim Lopes) por quem se apaixonará. Já Nayeli realiza seu sonho de ir para São Paulo, mas antes acaba assassinando por acidente um homem que tenta estupra-la, e esse seu deslize lhe renderá inúmeros problemas ao longo da trama. Mas a vida de Nayeli não é só tristezas e ela acaba conhecendo em São Paulo o lutador de boxe Raí (Thierry Figueira) que fará de tudo para conquista-la até conhecer Helena e ficar dividido entre o amor das duas. Já a família Delaor se desintegra cada vez mais.

Rosana se separa de Roberto e passa a viver um intenso e obsessivo romance com Beto, enquanto Roberto dá início a um namoro com Laura, em meio ao envolvimento de Helena com drogas e bebidas, e sua consequente dependência dessas substâncias. Mas uma suspeita quanto à paternidade de Laura faz com que Roberto ponha um ponto final no namoro dos dois. Carente por conta do término de seu namoro, Laura busca consolo na amizade de Beto, e os dois logo acabam se apaixonando e criando coragem para viver o seu amor, porém não será nada fácil os dois serem felizes, pois Rosana não vai deixar barato e vai aprontar todas para reconquistar o amor de Beto. Todos os personagens estarão ligados de alguma forma, fazendo com que capítulo seja de interesse único.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Exibição[editar | editar código-fonte]

A estreia da novela estava prevista para o dia 9 de julho, mas devido aos Jogos Pan-americanos de 2007, sua estreia foi atrasada para 6 de agosto.[3] Foram alterados alguns nomes das protagonistas da trama em relação a original: Nicole na versão mexicana é Nayeli, e Olívia é Ofélia. O apresentador do programa Ídolos, Beto Marden, fez uma participação especial na trama como Rodrigo. Foi a estreia dele em novelas. Beto até então fazia trabalhos como cantor, modelo e apresentador de programas como o Ídolos e algumas chamadas e programas institucionais do Disney Channel. O tema de abertura da novela era cantado pelas três finalistas do programa Ídolos: Thaeme Mariôto, Shirley Carvalho e Lenny Bellard.

A autora, Letícia Dornelles, acusou Walcyr Carrasco de plagiar expressões e temáticas de sua novela. Dornelles garantiu que Walcyr copiou dela o bordão "modéstia à parte, eu sou perigosa" e as variantes que terminam em "eu sou brilhante", "deslumbrante" e "o máximo". Essas expressões são da vilã Rosana Delaor (Talita Castro), e foram citadas por Cláudia Raia, que interpretava Ágatha em Sete Pecados. Walcyr negou as acusações.[4][5]

O final da vilã Rosana Delaor foi diferente do original exibido na Televisa. No original, Rosana teve o seu rosto desfigurado por um ácido ao descobrir que era irmã de Beto e filha de um padre. Já no remake, ela descobre que é irmã de Laura. A vilã foge do hospício e entra vestida de noiva no casamento de Laura e Beto. A novela foi picotada pelo SBT em seus 2 últimos meses, chegando a ter 3 capítulos compactados em 1 devido as derrotas frequentes para a Record. Já na reprise, com uma audiência superior a da primeira exibição, exibiu as cenas cortadas e manteve a duração original.[6] O SBT negociou a venda da trama para alguns países, sem cortes, diferente da sua exibição no Brasil.[7]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Lisandra Parede Laura Gonçalves
Thaís Pacholeck Helena Delaor Torres ()
Cacau Melo Wendy Nayeli Perez
Karla Tenório Olívia Villar Barreto
Talita Castro Rosana Brito Delaor / Carolina Veloso
Daniel Ávila Roberto Delaor Junior (Beto)
Joaquim Lopes Ulisses Barreto (Feio)
Jayme Periard Roberto Delaor
Raoni Carneiro Armando do Vale
Thierry Figueira Raí Delano (Sugar Baby)
Lu Grimaldi Yolanda
Ana Olivia Seripieri Maria Alves
Umberto Magnani Pedro Gonçalves[8]
Jandir Ferrari Mocho dos Anjos / Manoel Coimbra
Mika Lins Mara Coimbra
Hylka Maria Ângela Moraes
Ana Paula Grande Andréia Gonçalves Coimbra
Tania Casttello Alma Gonçalves
Flávia Pucci Carlota Mendes
Renata Ricci Mônica Rossi
Renato Scarpin Padre Emiliano
Olivetti Herrera Carlos Martins
Josmar Martins Gardênia
Hermano Moreira Germano Coimbra
Marcelo Szykman Sheyla Shirley
Beto Marden Rodrigo
Jalusa Barcellos Sônia Martins
Marcelo Galdino Chacal
Walter Cruz Dr. Caetano
Flávio Guarnieri Juca Ramos
Márcia de Oliveira Joaninha
Nara Gomez Amanda Pereira
Juliana Mesquita Georgina
Ana Fuser Marilú
Reinaldo Ritts Ricardo Lopes
Roberto Skudero Stallone
Gilmar Guido Miguel
Thiago Tenório Frank
Raphael Montagner Diogo
Bruno Lopes Oscar
Pedro Paulo Rossa Rafael Pereira
Adriana del Claro Ana Paula
Kiko Nunes Neco
Carlos Meceni Pascoal
Cauê Bonifácio Mocho dos Anjos / Manoel Coimbra (apenas dublê)

Participações especiais[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Suzana Alves Alessandra do Vale[9]
Adriana Quadros Patrícia Delaor

Reprise[editar | editar código-fonte]

Foi reprisada às 14h15 entre 25 de abril de 2011 à 10 de janeiro de 2012 em 183 capítulos, substituindo Pérola Negra e antecedendo Pícara Sonhadora[10].

Audiência[editar | editar código-fonte]

Em sua primeira exibição de 2007, a trama estreou com um índice razoável de 5 pontos com picos de 7, ficando na terceira posição a atrás da Rede Globo (30 pontos) e Rede Record (14) pontos.[11] Em seu segundo capítulo, conseguiu marcar 6 pontos. A partir da segunda semana, a novela perdeu público e marcou 1 ponto no dia 17 de agosto de 2007, perdendo quase 70% do público desde a estreia, deixando o SBT na quinta posição.[12] Até o final daquele ano a trama manteve uma média de 3 pontos, porém em dezembro voltou a marcar 1 ponto. Com resultados abaixo do esperado, ficando na quarta posição, a trama foi picotada para terminar mais cedo e nunca conseguiu vencer a RecordTV, além de ter perdido o terceiro lugar da faixa de horários para Dance Dance Dance, da Band.[12] O último capítulo da novela mostrou alguma reação e chegou a atingir um pico de 5 pontos.[13] A novela teve média geral de 3 pontos, consolidando a quarta colocação, e foi a novela nacional com a pior audiência da história do SBT.

Em sua reprise de 2011 a trama conseguiu melhores resultados, estreando com 5.6 pontos de média, superando sua estreia original.[14] No decorrer, se manteve fiel nos números, chegando a marcar o maior pico de 7 pontos e o menor de 3, tendo uma média geral de 5 pontos, superando a original e consolidando o terceiro lugar.[15]

Perfil dos personagens[editar | editar código-fonte]

  • Wendy Nayeli Perez - Romântica, sonhadora, batalha pelos seus sonhos. Não leva desaforo para casa. Começa a trama como doméstica da mansão Delaor. Vê-se envolvida na morte do marginal que tenta estuprá-la. Foge do interior para a capital. Conhece o boxeador Raí, que se apaixona por ela. Apaixonada por Beto, filho do patrão. Seu sonho é ser uma cantora de sucesso.
  • Laura Gonçalves - Boa filha, estudiosa, ingenua, uma adolescente frágil que respeita os sentimentos e a moral das pessoas. Quer vencer na vida pelo próprio esforço. Começa a trama com a família desabando. O pai tenta o suicídio após perder o emprego. A mãe tem caso com um garotão. Na faculdade, apaixona-se por Beto. Para sustentar a família, Laura trabalha para Roberto Delaor, inimigo de seu pai, com quem irá envolver-se.
  • Olívia Villar - Olívia tem uma energia sexual intensa. Agride antes de ser agredida. Começa a trama abandonada pela mãe e rejeitada pelo pai. Leva uma vida promíscua de sexo, drogas e muita farra. Contrai o vírus HIV. Enfrenta o preconceito. É apaixonada por Beto. Descobre o amor verdadeiro com Ulisses, o Feio, o rapaz mais hostilizado da faculdade.
  • Helena Delaor - Barbie girl, fútil, rebelde,hostil e agressiva. Só dá valor ao dinheiro e ao poder. Massacra os empregados da família e colegas pobres. Namora Armando, sem saber que é traficante. Apaixona-se por Raí. Viciada em drogas, é internada numa clínica de reabilitação. Descobre a verdade sobre a madrasta e encontra um novo amor.
  • Rosana Brito Delaor - É a vilã da trama. Vaidosa e sedutora, adora sair em colunas sociais e fotos de revista de celebridades. Mesmo coberta de luxo, mantém um pé firme na vulgaridade. Foi internada pelo seu próprio pai em uma clínica psiquiátrica por ter distúrbios, e conseguiu fugir de la. Rosana casou-se com Roberto Delaor, após envenenar a primeira mulher dele, Patrícia. Rosana vive em pé de guerra com os enteados Helena e Beto. Até o momento em que se apaixonada por Beto.
  • Beto Delaor - Inteligente e de ótimo caráter, não gosta de chamar a atenção. Filho de Patrícia e Roberto Delaor. Irmão de Helena. Noivo de Alessandra, que morre assassinada por Rosana. Consolado pela madrasta, acaba envolvendo-se com ela. No fundo, porém, é apaixonado por Laura.
  • Armando do Vale - Sedutor e bem educado, não estuda ou trabalha. Playboy falido, não perde a pose. Seu sonho é se casar com Helena Delaor e voltar à vida farta. Vive de empréstimos e pequenos golpes. Armando nasceu em berço de ouro e conheceu a decadência.
  • Roberto Delaor - Pai de Helena e Beto. De origem humilde, tornou-se dono da próspera Financeira Delaor, que construiu com o próprio esforço. No passado, era um rapaz auto-destrutivo, que vivia bêbado. Apaixona-se por Laura, muito mais jovem.
  • Alessandra do Vale - Irmã de Armando, noiva de Beto. Alessandra não concorda com as mentiras do irmão, mas ajuda-o a fingir-se de rico. Alessandra descobre que Rosana matou envenenada a mãe de Beto. Rosana decide matá-la para garantir seu segredo.
  • Rodrigo – Primo de Armando e Alessandra. Estudante de direito, ele tem bom coração. Apaixona-se por Andrea e fará de tudo para proteger a amada.
  • Ângela Moraes - Melhor amiga de Rosana, cúmplice de muitos pecados e crimes. Sedutora, arrojada, pega carona no poder da amiga para conseguir o que deseja, incluindo homens e lucros. No fundo, tem inveja de Rosana.
  • Carlota Mendes - Governanta da família Delaor, é guardiã de importante segredo que lhe foi conferido por Patrícia Delaor em seu leito de morte. Carlota sempre cuidou de Helena e Beto como se fossem seus filhos. Leal ao patrão Roberto, não critica seu segundo casamento, embora mantenha viva na casa a memória da falecida. Educada, fina, elegante, arrepia-se com a vulgaridade latente de sua nova patroa, Rosana.
  • Maria Alves - Empregada serelepe da mansão da família Delaor. Fofoqueira, adora falar mal da patroa pelas costas, embora viva levando bronca de Carlota para que tenha um comportamento à altura da família. Tem devoção por "santos exóticos". Desesperada para casar. Vive fazendo simpatias.
  • Mocho dos Anjos - Casado com Mara. Mocho não consegue emprego como cabeleireiro por ser muito macho. Mara decide criar o personagem gay Jacarandá, cabeleireiro famoso _ que nunca ninguém ouviu falar _ para Mocho conseguir emprego no salão de Gardênia. Mocho tem um romance com a cliente Yolanda, que, logo depois, descobre que ele e Jacarandá são a mesma pessoa.
  • Mara - Mulher de Mocho, tem a ideia de fazer o marido se passar por gay para conseguir emprego no salão de Gardênia. Nem desconfia de que colocou a raposa no galinheiro.
  • Yolanda - Tem 50 anos, mas mente que tem 35. Viúva foguenta, apaixona-se por Mocho sem saber que ele é seu fiel cabeleireiro Jacarandá. Decide virar escritora de livros de auto-ajuda.
  • Manuel Coimbra - Irmão gêmeo de Mocho. No decorrer da trama, ele troca de lugar com Mocho.

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Capa: Lisandra Parede, Cacau Mello, Thaís Pacholek e Karla Tenório

  1. Na Guerra e na Paz - Thaeme Mariôto, Shirley Carvalho e Lenny Bellard
  2. Será? - Leandro Lopes
  3. Rotina - Thaeme Mariôto
  4. Você não Me Conhece - Jay Vaquer
  5. Eu Sou Assim - Luiza Possi
  6. Amores Possíveis - Paulinho Moska
  7. Simples Carinho - Ângela Ro Ro
  8. Ímã do Amor - Paulo Ricardo
  9. Agora só Falta Você - Banda Vega
  10. Luz Acesa - Zepa
  11. Tanto Faz - Zoom
  12. Sem Noção - Latino
  13. Notícias - Gil
  14. Cuide Bem do Seu Amor - Os Paralamas do Sucesso

Referências

  1. Mello, Mariana Campos (3 de agosto de 2007). «Garotas promíscuas e gays afetados protagonizam nova novela do SBT». UOL. Consultado em 26 de novembro de 2011 
  2. Gomez, Sherlis (11 de julho de 2007). «SBT E SUAS NOVELAS». Recando das Letras. Consultado em 26 de novembro de 2011 
  3. [1]
  4. [2]
  5. Daniel Castro (6 de dezembro de 2007). «Novelista do SBT acusa a Globo de plágio, diz Daniel Castro». Folha de S. Paulo. Consultado em 27 de novembro de 2011 
  6. [3]
  7. [4]
  8. Fabíola Reipert (17 de maio de 2007). «Ana Maria Braga fala palavrão no ar, na Globo - Anhangüera». Folha de S. Paulo. Consultado em 27 de novembro de 2011 
  9. Fabíola Reipert (26 de maio de 2007). «Alemão diz que terá programa na Globo e gravará piloto amanhã». Folha de S. Paulo. Consultado em 27 de novembro de 2011 
  10. «SBT vai reprisar a novela "Amigas e Rivais"». Folha Ilustrada. 16 de abril de 2011. Consultado em 7 de setembro de 2015 
  11. «Saiba como foi a estréia de Amigas e Rivais, do SBT». Litoralmania. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  12. a b «"Amigas e Rivais" marca antipico de 1 ponto no Ibope». O Planeta TV. plus.google.com/103064344888987038871. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  13. «"Amigas e Rivais" chega ao fim com apenas 5 pontos». O Planeta TV. plus.google.com/103064344888987038871. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  14. «"Amigas & Rivais" estreia muito bem no SBT!». Audiência UHTV. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  15. «Reprises do SBT». TV MIX ::. Audiência da Tv. Consultado em 1 de novembro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]