Cacuia (Rio de Janeiro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cacuia
Cacuia.svg
Bairro do Rio de Janeiro Bandeira do Município do Rio de Janeiro.png
Área: 206,87 ha (em 2003)
Fundação: 23 de julho de 1981
IDH: 0,859[1](em 2000)
Habitantes: 11 013 (em 2010)[2]
Domicílios: 4 078 (em 2010)
Limites: Jardim Guanabara, Jardim Carioca,
Praia da Bandeira, Pitangueiras
e Zumbi[3]
Região Administrativa: XX R.A. (Ilha do Governador)

Cacuia é um bairro de classe média da Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro, no Brasil.

Seu IDH, no ano 2000, era de 0,859, o 43º melhor da cidade do Rio de Janeiro.[4]

Seu nome é derivado da língua tupi de seus antigos habitantes e significa "mato que cai, que se desprende", de ka'a (mato) e kuî (cair, se desprender)[5].

História[editar | editar código-fonte]

Fica localizado na área central da Ilha do Governador e, nele, se situam a quadra da escola de samba União da Ilha, o Cemitério do Cacuia, as lojas de eletrônicos Ricardo Eletro e Casas Bahia, além de três bancos (banco Itaú, banco Bradesco e banco Santander), a Igreja Universal do Reino de Deus, o supermercado Mundial, além do famoso Relógio do Cacuia. Faz limite com os bairros Cocotá, Jardim Guanabara, Jardim Carioca, Praia da Bandeira, Pitangueiras, ZumbiReibeira.[6]

O Cacuia é um dos bairros mais movimentados da Ilha do Governador, sendo a Estrada do Cacuia uma das principais vias da ilha.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]