Igreja Batista Atitude

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Igreja Batista Atitude
Fxemoji u1F546.svg
Orientação Batista
Fundador Josué Valandro Jr.
Origem Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, 2000
Sede Barra da Tijuca, Rio de Janeiro
Localização Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Países em que atua 3

Igreja Batista Atitude é uma megaigreja batista com sede na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. É presidida pelo pastor Josué Valandro Jr. e conhecida por ser frequentada pela primeira-dama do Brasil Michelle Bolsonaro.

História[editar | editar código-fonte]

Josué Valandro Jr., após pastorear em Ipatinga, voltou ao Rio de Janeiro para liderar um pequeno grupo que se reunia numa escola pública na Barra da Tijuca. Ali nasceu em 2000 a Igreja Batista Atitude, que depois ocupou um salão de um hotel, uma casa no mesmo bairro até chegar no endereço atual: uma tenda que abriga agora um moderno templo com jogo de luzes, sistema de som de última geração e transmissão de cultos via internet.[1]

A igreja foi conhecida como Igreja Batista Central da Barra.[2] Segundo Valandro Jr., o nome foi alterado diante do crescimento da igreja; assim, a igreja-mãe ficou conhecida como Igreja Batista Atitude Central da Barra, enquanto as igrejas filhas seriam Igreja Batista Atitude seguido do nome da localidade.[3] É filiada à Convenção Batista Carioca.[4]

A Atitude é uma igreja em células, seguindo a Visão MDA[5], tendo alcançado mais de dez mil membros.[1] Na música, além de ter cantores gospel como membros, seu Ministério Atitude é um dos artistas contratados da gravadora MK Music.[6] No Carnaval do Rio de Janeiro, realiza o bloco de evangelismo Sou Cheio de Amor.[7] A IBA também deu origem à Rede Supere de Igrejas[8] e à Universidade Atitude.[9]

A Igreja Batista Atitude tem filiais em Duque de Caxias, Ilha do Governador, Nova Iguaçu, Petrópolis, Piabetá, Belo Horizonte, Brasília, São Raimundo Nonato, Vitória, além de Orlando e Vancouver.[10]

Membros famosos[editar | editar código-fonte]

  • Michelle Bolsonaro é membro da Igreja Batista Atitude desde 2017. Fez parte do Ministério de Libras da igreja. Foi ela que apresentou o futuro presidente Jair Bolsonaro ao pastor Valandro Jr. e ambos foram apresentados no altar da igreja várias vezes.[11] O candidato e o pastor foram denunciados cerca de 45 vezes por propaganda irregular, mas as denúncias foram arquivadas.[12] Já como presidente eleito, Bolsonaro esteve novamente no altar, onde se ajoelhou, chorou e fez agradecimentos a Deus pela vitória.[13][14][15][16]
  • Os cantores Fernanda Brum e Emerson Pinheiro foram pastores na então Igreja Batista Central da Barra antes de abrir a Igreja Profetizando às Nações.[17]
  • A cantora Liz Lanne também é membro da igreja, onde gravou um álbum.[18]
  • André Leonno, ex-calouro do Programa Raul Gil e atual artista da MK Music.[19]

Referências

  1. a b «O senhor é meu pastor». Época. 20 de janeiro de 2019. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  2. «Fernanda Brum grava novo CD no novo templo da IBC Barra». www.aroldedeoliveira.com.br. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  3. Valandro Jr, Josué (31 de janeiro de 2017). Grandes Conquistas, Uma Atitude: Descubra como realizar seus sonhos. [S.l.]: MK Editora 
  4. «Associação Sul | Convenção Batista Carioca». Consultado em 7 de setembro de 2020 
  5. Anderson Solano. «MDA: Conferência impacta pastores e lideranças de células | Convenção Batista MS». Consultado em 7 de setembro de 2020 
  6. «Ministério Atitude». MK Music. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  7. «Igreja Batista Atitude realiza bloco de evangelismo no Rio». pleno.news. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  8. «REDE SUPERE – DE IGREJAS». Consultado em 7 de setembro de 2020 
  9. «UNIVERSIDADE ATITUDE». www.uniatitude.com.br. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  10. «Igreja Batista Atitude». igrejabatistaatitude.com.br. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  11. «O pastor que se tornou o guru religioso da família Bolsonaro». VEJA RIO. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  12. «Justiça recebeu 228 denúncias de propaganda religiosa irregular na eleição». Exame. 15 de junho de 2019. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  13. «De colete à prova de balas, Bolsonaro atribui vitória a Deus em culto no Rio». Folha de S.Paulo. 4 de novembro de 2018. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  14. «O senhor é meu pastor». Época. 20 de janeiro de 2019. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  15. «Michelle acompanha festa de sua igreja e parabeniza pastor». pleno.news. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  16. «No Rio, Bolsonaro participa de culto na Barra da Tijuca». Agência Brasil. 26 de maio de 2019. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  17. «Fernanda Brum deixa igreja e abre sua própria denominação». Portal do Trono. 14 de abril de 2016. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  18. «Liz Lanne lança CD e fala que superou a depressão». pleno.news. Consultado em 7 de setembro de 2020 
  19. «André Leono». MK Music. Consultado em 7 de setembro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]