Mario Gómez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mario Gómez
Mario Gómez
Mario Gómez em 2017
Informações pessoais
Nome completo Mario Gómez García
Data de nasc. 10 de julho de 1985 (32 anos)
Local de nasc. Riedlingen, Alemanha Ocidental
Nacionalidade alemão espanhol
Altura 1,89 m[1]
Destro
Apelido Super Mario
Informações profissionais
Clube atual Alemanha VfL Wolfsburg
Número 33
Posição Atacante
Site oficial http://www.mario-gomez.de/
Clubes de juventude
1990–1998
1998–2000
2000–2001
2001–2003
Alemanha SV Unlingen
Alemanha FV Bad Saulgau
Alemanha SSV Ulm 1846
Alemanha Stuttgart
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2003–2009
2009–2013
2013–2016
2015–2016
2016–
Alemanha Stuttgart
Alemanha Bayern de Munique
Itália Fiorentina
Turquia Beşiktaş (emp.)
Alemanha VfL Wolfsburg
00159 000(87)
00174 00(113)
00047 000(14)
00041 000(28)
00045 000(19)
Seleção nacional3
1999
2000–2001
2002
2002–2003
2004
2005–2006
2007–
Bandeira da Alemanha Alemanha Sub-15
Bandeira da Alemanha Alemanha Sub-17
Bandeira da Alemanha Alemanha Sub-18
Bandeira da Alemanha Alemanha Sub-19
Bandeira da Alemanha Alemanha Sub-20
Bandeira da Alemanha Alemanha Sub-21
Bandeira da Alemanha Alemanha
00003 0000(1)
00014 0000(5)
00004 0000(0)
00019 000(11)
00008 0000(2)
00006 0000(1)
00071 000(31)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 17 de novembro de 2017.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 4 de setembro de 2017.

Mario Gómez García (Riedlingen, 10 de julho de 1985) é um futebolista alemão de ascendência espanhola que atua como atacante. Defende atualmente o VfL Wolfsburg.

Em 2007, Mario Gómez viveu uma das melhores temporadas da sua carreira, sendo campeão alemão com o Stuttgart, recebendo sua primeira convocação para a seleção principal da Alemanha e, ao final da temporada, foi eleito o futebolista alemão do ano. Na Eurocopa 2008, foi titular da Seleção Alemã, mas o desempenho não convenceu e foi sacado do time. Ainda assim, participou do elenco que participou das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010. Na Copa do Mundo de 2010, o atleta esteve na África do Sul com o time. A Alemanha fez uma boa campanha, chegando à semifinal diante da Espanha mas acabou perdendo. Mesmo assim, a seleção acabou na terceira colocação ao bater o Uruguai.[2]

No dia 26 de maio de 2009, Gómez transferiu-se para o Bayern de Munique. Os valores da negociação não foram revelados, mas especulados pela imprensa em 30 milhões de euros, sendo a maior da história da Bundesliga.[3] No Bayern, foi titular e manteve excelente média de gols. Foi o artilheiro da Bundesliga 2010-11 com 28 gols[4] e vice-artilheiro da Champions League 2011-12 com 12 ficando atrás somente do argentino Lionel Messi que ficou com 14.[5]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Gómez nasceu em Riedlingen, no estado de Baden-Württemberg no sudoeste da Alemanha. Gómez é de ascendência espanhola, seu pai é espanhol e sua mãe é alemã, e tem cidadania tanto alemã como espanhola mas decidiu jogar pela equipe nacional alemã. Sua primeira aparição para a equipe foi em fevereiro de 2007 contra a Suíça, e desde então ele tem sido chamado com regularidade.

Gómez está atualmente em um relacionamento de 8 anos com sua namorada, Silvia Meichel, de 24 anos.[6] Gómez acabou a relação que tinha com Meichel em Outubro de 2012.

Mario Gómez é notável como sendo franco sobre questões sociais. Por exemplo sobre a homossexualidade no futebol, ele afirmou que acredita que jogadores gays devem ser "abertos sobre sua sexualidade" e pensa que "eles iriam jogar como se tivessem sido libertados". Ele também gostaria que houvesse uma "reflexão radical" sobre a homossexualidade no futebol.[7][8][9][10]

VfB Stuttgart[editar | editar código-fonte]

Gómez com a taça da Bundesliga de 2007 em que foi campeão com o Stuttgart.

Em 2004, Gómez jogou 10 minutos no VfB Stuttgart na Liga dos Campeões em um jogo contra o Chelsea, em 9 de março e fez sua estréia na Bundesliga em 8 de maio.

Na temporada 2004-05, jogando pelo VfB Stuttgart da equipe na Regionalliga Süd (Regional Sul da Liga, em seguida, parte da terceira divisão do futebol alemão após a equipe nacional e da Bundesliga), ele marcou 15 vezes em 24 jogos e foi titular 8 vezes.

Na temporada 2005-06, Gómez entrou para o primeiro time permanentemente. Ele jogou 30 vezes na Bundesliga, marcando seis vezes a este nível, o seu primeiro gol chegando em 17 de setembro de 2005. O atacante também jogou cinco vezes na Taça UEFA, marcando duas vezes, e em três vezes no DFB-Pokal.

Na temporada 2006-07, ele se estabeleceu como um dos melhores marcadores da Bundesliga. No entanto, ele quebrou a mão em 10 de março de 2007 e sofreu rompimento no joelho esquerdo. Ele fez o seu regresso em 12 de maio de 2007, e imediatamente marcou depois de sair do banco. Nesse jogo, o Stuttgart derrotou o Bochum por 3 a 2 e ficou dois pontos à posição em final de semana da Bundesliga, onde eles ganharam em casa contra o Energie Cottbus, tornando-se assim campeões alemães. Além disso, o VfB Stuttgart também chegou a final da DFB-Pokal, onde Gómez participou, mas perdeu para o 1. FC Nuremberg. Após a temporada, ele foi nomeado melhor jogador do campeonato alemão do ano de 2007. Gómez estendeu seu contrato com o Stuttgart até 2012.

Enquanto, na temporada 2007-08, o resto de sua equipe se esforçou para manter desempenho em seus padrões de 2006-07, Gómez permaneceu em um nível surpreendentemente alto, marcando 19 gols em 25 jogos, o segundo artilheiro na lista da Bundesliga, apenas atrás de Luca Toni do Bayern de Munique, que marcou 24 gols. Na Copa da Alemanha ele foi o artilheiro com 6 gols.[11] Por causa de seu desenvolvimento, muitos grandes clubes se interessaram pela frente e aos seus 23 anos, Gómez ganhou o apelido de Mr. Zuverlässig (Mr. confiável), como visto em sua segunda temporada com três gols contra o rival na Bundesliga Werder Bremen vencendo o Werder por 6 a 3, onde conseguiu um passe praticamente inacessível pelo companheiro de equipe Yildiray Basturk. Na temporada 2008-09, Gómez fez quatro gols para o VfB Stuttgart a uma vitória por 4 a 1 sobre os líderes da Bundesliga VfL Wolfsburg.

Bayern de Munique[editar | editar código-fonte]

2009-10[editar | editar código-fonte]

Em 26 de maio de 2009, Gómez foi finalmente transferido para o Bayern de Munique em uma taxa de transferência que varia a 35 milhões de euros, assinando um contrato de 4 anos.[12][13][14] Gómez não estava marcando como tinha sido em outras temporadas, com apenas 10 gols, mas na Copa ele era mais prolífico com 3 gols em apenas 4 jogos, Gómez recebeu poucas assistências. Surpreendentemente, ele fez um impacto como estava para iniciar a maioria dos jogos na próxima temporada para o Bayern. Também em sua primeira temporada Gómez falou com o seu companheiro de ataque na seleção e no clube, Miroslav Klose para dar-lhe alguma experiência do primeiro time.

2010-11[editar | editar código-fonte]

Terminou a temporada de 2009-10 com 10 gols em 29 jogos. Depois de uma temporada como irregular para o técnico do Bayern.[15] Gómez estabeleceu-se como titular durante a temporada de 2010-11 e terminou como artilheiro da Bundesliga com 28 gols.[16] Ele marcou um gol contra o St. Pauli pela Bundesliga com uma vitória por 8 a 1 em 7 de maio de 2011.[17] O hat-trick já sendo o seu quinto na Bundesliga na temporada 2010-11, e seu sexto geral, acrescentando em seu hat-trick contra o Cluj, na Liga dos Campeões. Gómez marcou 13 hat-tricks em sua carreira na Bundesliga, 3 com Stuttgart e 10 com o Bayern. Gómez também marcou oito hat-tricks e seu time terminou em segundo lugar na Liga dos Campeões.[18] Embora o Bayern foi eliminado na final contra o Internazionale. Gómez marcou 39 gols na temporada de 2010-11.[19]

2011-12[editar | editar código-fonte]

Gómez na final da UEFA Champions League 2011-12, em que o Bayern perdeu para o Chelsea nos pênaltis.

Gómez começou a temporada 2011-12, semelhante em relação à temporada anterior e ele abriu sua serie de gols em 20 de agosto de 2011, em goleada do Bayern sobre Hamburger SV. Sete dias depois, Gómez marcou um hat-trick contra o FC Kaiserslautern. Em 10 de setembro, em seguida, Gómez marcou quatro gols em goleada do Bayern de Munique 7-0 de Freiburg, selando quatro vitórias consecutivas para os bávaros e um retorno ao topo da tabela da Bundesliga. Em 27 de setembro, ele marcou dois gols no primeiro e o Bayern venceu o Manchester City por 2 a 0, na fase de grupos da Liga dos Campeões.[20]

Gómez marcou mais um gol na Bundesliga na vitória sobre o Hertha BSC quando o Bayern venceu por 4 a 0. Gómez fez outro gol em 29 de outubro, quando o Bayern derrotou o 1. FC Nürnberg por 4 a 0. Em seguida, em 11 de dezembro de 2011, ele marcou seu terceiro gol na temporada e deu a vitória ao Bayern por 2 a 1 sobre o Stuttgart.[21] Em 2 de novembro de 2011, ele marcou um hat-trick em uma Liga dos Campeões jogo da fase de grupos contra a Serie A clube SSC Napoli. Bayern passou a ganhar por 3 a 2. No DFB-Pokal Gómez marcou apenas dois gols. Em 16 de dezembro de 2011, Gómez marcou seu 50º gol para o ano civil de 2011 contra 1. FC Köln.

Em 13 de março de 2012, a segunda etapa na Champions League contra o FC Basel, o Bayern perdeu para o Basel por 1 a 0 na ida e no jogo de volta, Gómez marcou 4 dos 7 gols do Bayern vencendo o jogo por 7 a 0 indo às quartas de final.[22] Nas quartas-de-final, o Bayern enfrentou o Marselha e no primeiro jogo, em 28 de março,[23] Gómez fez um gol e sua equipe venceu o jogo por 2 a 0.[24]

Em 4 de Abril, Gómez assinou um novo contrato com o Bayern de Munique para ficar no clube até o verão de 2016.[25][26] Gómez marcou o gol da vitória em que o Bayern venceu por 2 a 1 sobre o Real Madrid na primeira etapa de sua semifinal,[27][28]Sua equipe perdeu o segundo jogo por 2 a 1 mas venceu nos pênaltis por 3 a 1 e foi a final.[29]Em 19 de maio de 2012, ele jogou na partida contra o Chelsea. Ele não conseguiu fazer nenhum gol.

2012-13[editar | editar código-fonte]

Marcou um gol contra o Schalke 04 em 10 de fevereiro, em uma vitória por 4 a 0 dentro de casa com gol marcado aos 18 minutos do segundo tempo.[30]E fez mais dois gols contra o Werder Bremen em uma vitória por 6 a 1 dentro de casa antes da partida contra o Arsenal na UEFA Champions League.[31][32]Fez o gol da vitória do Bayern por 1 a 0 sobre o Hoffenheim fora de casa.[33]No dia 3 de março.[34]Fez um gol contra o Bayer Leverkusen em 16 de março, na vitória por 2 a 1 fora de casa.[35]Fez hat-trick na vitória da equipe por 6 a 1 sobre o Wolfsburg pela Copa da Alemanha em 16 de abril de 2013.[36][37]Na semana seguinte dia 20 de abril, fez dois gols na goleada do Bayern novamente por 6 a 1 sobre o Hannover 96 mas desta vez pelo campeonato alemão.[38]Em 23 de abril, fez o segundo dos quatro gols sobre o Barcelona pela Liga dos Campeões da UEFA, no jogo seguinte o Bayern pode perder por até 3 gols de diferença.[39]No segundo jogo sua equipe bateu o Barcelona novamente desta vez por 3 a 0 e avançou para a final da competição.[40]Na primeira partida entre Bayern e Dortmund antes da final da UEFA Champions League, Gómez marcou o primeiro e único gol do Bayern na partida no empate por 1 a 1 em 4 de maio.[41]

Apesar de ter perdido o melhor meio de os três primeiros meses da campanha, Gómez ainda conseguiu 11 gols na Bundesliga, colocando-o como o terceiro artilheiro da liga para o clube.[42][43]Na final da Copa da Alemanha contra o VfB Stuttgart, Gómez marcou duas vezes e ajudou a sua equipe a vencer o jogo por 3 a 2 e ser campeão.[44][45]

Fiorentina[editar | editar código-fonte]

Em 8 de julho de 2013 firmou contrato com a Fiorentina, da Itália, por quatro temporadas.[46] Sofreu bastante em sua chegada em decorrência de uma lesão no joelho, e acabou ficando fora da Copa do Mundo de 2014 realizada no Brasil.[47]

Besiktas[editar | editar código-fonte]

Em 30 de julho de 2015 foi emprestado por uma temporada ao Beşiktaş da Turquia.[48] Optou por não renovar o empréstimo devido a situação política do país, em referência a Tentativa de golpe de Estado na Turquia em 2016.[49]

VfL Wolfsburg[editar | editar código-fonte]

Foi contratado pelo VfL Wolfsburg em 17 de agosto de 2016.[50]

Seleção nacional[editar | editar código-fonte]

Gómez tem tanto a cidadania alemã e espanhola, mas jogado para todos os times nacionais de jovens alemães de 17 anos. Ele fez sua estréia pela seleção alemã contra a Suíça, em 7 de fevereiro de 2007. Alemanha venceu a partida por 3-1, com Gómez marcando o segundo gol da Alemanha. Gómez foi substituído para a entrada de Kevin Kurányi em 2008 na Eurocopa contra San Marino, marcando dois gols que contribuíram para a vitória por 6-0 final.

Euro 2008[editar | editar código-fonte]

Após o pré-torneio de amistosos, Joachim Löw chamou para a selecção alemã para o Euro 2008. Löw rompeu a parceria de Lukas Podolski e Miroslav Klose, com Podolski se mudando para a ala esquerda em detrimento de talismã meio-campista Bastian Schweinsteiger, Klose e Gómez parceria na frente. Infelizmente, ele não foi capaz de reproduzir seu clube e perdeu várias chances claras, incluindo um ponto crucial no jogo passado contra a Áustria. Alemanha venceu com gol de Michael Ballack de falta para selar um lugar na fase knock-out, mas Löw colocou Gómez para o banco e revertido para a parceria Podolski-Klose. Ele foi suplente não utilizado nas quartas-de-final e semifinal e depois saiu do banco na final, do Euro 2008 para Miroslav Klose, mas não conseguiu impedir a Alemanha de perder por 1-0 para a Espanha.

Copa do Mundo 2010[editar | editar código-fonte]

Gómez atuando pela Alemanha em 2011

Em um amistoso contra o Emirados Árabes Unidos jogado em 2 de junho de 2009, Gómez marcou 4 gols, terminando sua seca de gols de 15 jogos para a equipe nacional,[51] Na goleada por 7 a 2.

Gómez foi nomeado como um dos seis atacantes da equipe de Joachim Löw de 23 jogadores para a Copa do Mundo de 2010 na África do Sul. Ele apareceu em quatro dos sete jogos da Alemanha na Copa do Mundo, todos começou no banco, contra a Austrália, substituindo Mesut Özil aos 28 minutos do segundo tempo, a Sérvia, chegando para lateral-esquerdo Holger Badstuber no minuto 31 do segundo tempo, Inglaterra, chegando para companheiro frente Miroslav Klose, aos 27 minutos do segundo tempo e Espanha substituindo o volante Sami Khedira aos 35 minutos do segundo tempo. Mais uma vez ele não conseguiu marcar.

Euro 2012[editar | editar código-fonte]

Apesar de ser a segunda opção atrás de Miroslav Klose como centro-avante da Alemanha durante a qualificação para o Euro 2012, Gómez jogado regularmente, contribuiu com gols contra cada adversário dessa campanha: Cazaquistão, Áustria, Azerbaijão, Turquia e Bélgica. Isso inclui dois gols contra a Áustria em uma vitória por 2 a 1 da Alemanha fora de casa no Ernst-Happel-Stadion.[52]

Antes da Euro 2012, com um empate em 3 a 3 contra a Ucrânia no jogo de abertura do renovado Estádio Olímpico de Kiev.[53]

Gómez marcou o único gol da vitória sobre Portugal por 1 a 0, na primeira partida da Euro 2012.[54] Em seguida, ele marcou duas vezes contra a Holanda, no segundo jogo da Alemanha no grupo B, tornando-a três gols em dois jogos.[55] No final, ele se tornou o segundo artilheiro do torneio atrás de Fernando Torres. Ambos tiveram 3 gols e uma assistência, no entanto, Torres se tornou o artilheiro do torneio por ter jogado menos minutos do que Gómez.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Stuttgart
Bayern de Munique
Besiktas

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

Estilo de Jogo[editar | editar código-fonte]

Gómez pode atirar com ambos os pés, e é considerado uma ameaça aérea. Sua melhor habilidade no entanto continua sendo sua capacidade de antecipar cruzes e passes, e se posicionar para atirar. Arsène Wenger descreveu-o como "um grande finalizador, que é muitas vezes no lugar certo para acabar com movimentos".[57] Além disso, o equilíbrio de seu corpo e capacidade de manter a bola muitas vezes cria problemas para os defensores. Durante seu tempo no Bayern, sua capacidade de aparecer "no lugar certo na hora certa" provou ser uma das mais letais armas do Bayern atacando como Ribéry e Robben pode muitas vezes ultrapassar defensores e fornecer uma cruz para Gómez.[58][59]

Referências

  1. «Perfil de Mario Gómez García». Consultado em 21 de Janeiro de 2013 
  2. «Trennung von seiner Jugendliebe Silvia». Consultado em 7 de Dezembro de 2012 
  3. «Bayern de Munique contrata atacante Gómez do Stuttgart». estadao.com.br. 26 de maio de 2009. Consultado em 14 de junho de 2012 
  4. «Artilheiros da Bundesliga». Consultado em 14 de junho de 2012 
  5. «Germany and Bayern star Mario Gómez urges gay footballers to go public». Consultado em 22 de Novembro de 2011 
  6. «Mario Gómez's girlfriend Silvia Meichel» (em inglês). playerwives.com. 16 de maio de 2012. Consultado em 14 de junho de 2012 
  7. «Mario Gomez pede a jogadores gays que "saiam do armário"». bbc.co.uk. 12 de novembro de 2010. Consultado em 14 de junho de 2012 
  8. «Mario Gómez defende que jogadores gays se assumam». lancenet.com.br. 1 de dezembro de 2010. Consultado em 14 de junho de 2012 
  9. «Jogador do Bayern aconselha atletas gays a assumirem sua sexualidade». GloboEsporte.com. 10 de novembro de 2010. Consultado em 14 de junho de 2012 
  10. «Mario Gómez, craque da seleção alemã, aconselha jogadores gays a assumirem sua sexualidade». esportes.r7.com. 10 de novembro de 2010. Consultado em 14 de junho de 2012 
  11. «DFB Pokal 2007/08 Artilheiros». Consultado em 19 de Agosto de 2008 
  12. «Stuttgart's Gómez joins Bayern Munich». Consultado em 15 de Junho de 2009 
  13. «Gómez wechselt zu Bayern – Interesse an Neuer». Consultado em 28 de Maio de 2009 
  14. «Mann unter besonderer Beobachtung». Consultado em 9 de Agosto de 2009 
  15. «Kicker online - Gómez, Mario». Consultado em 16 de Março de 2012 
  16. «1. Bundesliga - Torjäger». Consultado em 17 de Março de 2012 
  17. «Facts and stats from the St Pauli clash». Consultado em 7 de Maio de 2011 
  18. «Top scorer Messi matches Van Nistelrooy mark». Consultado em 28 de Maio de 2011 
  19. «Mario Gómez: I will always offer my services to Germany». Consultado em 30 de Maio de 2011 
  20. «Bayern Munich 2 Manchester City 0: Tévez strikes as City slump». Consultado em 28 de Setembro de 2010 
  21. «Stuttgart 1-2 Bayern Munich: Gómez nets double to see off stubborn 10-man hosts». Consultado em 11 de Dezembro de 2012 
  22. «Bayern Munich 7 Basel 0 (agg 7-1): Blitz in Bavaria as Gomez nets four». Consultado em 29 de Março de 2012 
  23. «Robben stars as Bayern triumph at Marseille». Consultado em 27 de Março de 2012 
  24. «Bayern take big step towards semi-finals». Consultado em 15 de Setembro de 2009 
  25. «Mario Gómez signs new Bayern Munich deal». Consultado em 4 de Abril de 2012 
  26. «Gómez pens new Bayern deal». Consultado em 8 de Abril de 2012 
  27. «Last-gasp Gomez gives Bayern edge over Madrid». Consultado em 17 de Maio de 2012 
  28. «Bayern Munich hold nerve to beat Real Madrid on penalties in semi». Consultado em 25 de Abril de 2012 
  29. «Bayern Munich win 3-1 on penalties». Consultado em 11 de Maio de 2012 
  30. «Bayern München 4-0 FC Schalke 04». Consultado em 10 de Fevereiro de 2013 
  31. «Bayern München 6-1 Werder Bremen». Consultado em 22 de Fevereiro de 2013 
  32. «Mesmo poupando jogadores, Bayern faz seis gols no Werder». Consultado em 23 de Fevereiro de 2013 
  33. «Low mostra confiança em Mario Gomez». Consultado em 2 de Março de 2013 
  34. «Campeonato Alemão: Bayern vence mais uma e segue disparado no topo». Consultado em 3 de Março de 2013 
  35. «Gol contra no fim garante vitória ao Bayern em revanche contra o Bayer». Consultado em 16 de Março de 2013 
  36. «Mario Gomez unhappy about Bayern Munich situation, says agent». Consultado em 13 de Abril de 2013 
  37. «Com time reserva, Bayern faz 4 a 0 no Nuremberg». Consultado em 14 de Abril de 2013 
  38. «Mesmo campeão, Bayern não diminui o ritmo e goleia o Hannover por 6 a 1». Consultado em 20 de Abril de 2013 
  39. «Gigante, Bayern dá lição de futebol no Barcelona e vence por 4 a 0». Consultado em 23 de Abril de 2013 
  40. «BAYERN REACH BERLIN IN STYLE». Consultado em 19 de Maio de 2013 
  41. «Em prévia, Dortmund e Bayern ficam no 1 a 1». Consultado em 4 de Maio de 2013 
  42. «Bayern Munich 4 - 0 Barcelona». Consultado em 14 de Maio de 2013 
  43. «Champions crush sorry Hannover». Consultado em 16 de Maio de 2013 
  44. «FC Bayern München vs VfB Stuttgart Preview». Consultado em 31 de Maio de 2013 
  45. «Tríplice coroa: Bayern vence Stuttgart e conquista a Copa da Alemanha». Consultado em 1 de Junho de 2013 
  46. «Colpaccio viola: Gomez è della Fiorentina» (em italiano). Corriere della sera. 8 de julho de 2013 
  47. «Bayern de Munique anuncia ida de Mario Gomez à Fiorentina». Consultado em 8 de julho de 2013 
  48. «Fiorentina empresta Mario Gómez ao Besiktas». MG Supersportes. 30 de julho de 2015 
  49. «Mario Gomez deixa o Besiktas por conta da crise política na Turquia». Globoesporte. 20 de junho de 2016 
  50. «Mario Gomez wird ein Wolf» (em alemão). Sítio oficial VfL Wolfsburg. 17 de agosto de 2016 
  51. «Ver. Arab. Emirate 2:7 (0:4) Deutschland». Consultado em 11 de Outubro de 2012 
  52. «Gómez überwindet Trauma». Consultado em 12 de Outubro de 2012 
  53. «Kapitänsbinde macht Gomez stolz». Consultado em 14 de Novembro de 2012 
  54. «Germany 1-0 Portugal». Consultado em 9 de Junho de 2012 
  55. «Gómez gives Germany 2-1 win over Netherlands». Consultado em 14 de Junho de 2012 
  56. «The 100 best footballers in the world - interactive» (em inglês). The Guardian 
  57. «Champions League - Arsene Wenger: Gomez key to Bayern hopes». Consultado em 17 de Abril de 2010 
  58. «Bayern join Valencia in last 16». Consultado em 21 de Maio de 2013 
  59. «Bayern hammer Hannover». Consultado em 25 de Maio de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mario Gómez