Unforgiven

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Unforgiven (desambiguação).
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde 2005). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Unforgiven
Imperdoável[1] (PT)
Os Imperdoáveis[2] (BR)
 Estados Unidos
1992 •  cor •  131 min 
Direção Clint Eastwood
Produção Clint Eastwood
Roteiro David Webb Peoples
Elenco Clint Eastwood
Gene Hackman
Morgan Freeman
Richard Harris
Jaimz Woolvett
Saul Rubinek
Frances Fisher
Género Faroeste
Drama
Distribuição Warner Bros.
Idioma inglês
Orçamento US$ 14 milhões
Receita US$ 159.157.447
Página no IMDb (em inglês)

Unforgiven (prt: Imperdoável; bra: Os Imperdoáveis) é um filme de 1992, dirigido e protagonizado por Clint Eastwood. A produção ainda conta com Gene Hackman, Morgan Freeman, Richard Harris, Jaimz Woolvett, Saul Rubinek e Frances Fisher. Unforgiven foi indicado a nove Oscars e foi premiado nas categorias de Melhor Filme, Melhor Diretor (Clint Eastwood), Melhor Ator Coadjuvante (Gene Hackman) e Melhor Montagem.

O filme é sobre pistoleiros semi-aposentados que trabalham por dinheiro. Eles aceitam se unir a um jovem cowboy para um último trabalho. Nesse filme desmitificador do Velho Oeste, a violência não é gloriosa e se manifesta como reação da insegurança masculina ou então como efeito das bebidas. Já as mulheres não são vistas como estereótipos e os antigos heróis celebrizados pela literatura popular são mostrados como ineptos ou farsantes.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

A história se passa na região do Wyoming em 1880, quando um maldoso cowboy desfigura a face de uma prostituta com uma faca, ao ouvir um comentário pouco elogioso dela sobre determinado órgão de seu corpo. O xerife encontra o cowboy e seu amigo arruaceiro mas os libera mediante pagamento de uma indenização ao dono do saloon. As outras prostitutas ficam furiosas, pois já haviam sido maltratadas pelos mesmos indivíduos, e oferecem um prêmio para quem caçar e matar os cowboys.

Um jovem pistoleiro que chama a si mesmo de Schofield Kid (Woolvett), resolve ganhar o prêmio e recruta William Munny (Eastwood) — um infame pistoleiro aposentado, assassino e bandido que se reformou quando se casou com uma mulher honesta. Após a morte da esposa, Munny continuou a cuidar de dois filhos e da criação de porcos, mas aceita o trabalho pelo dinheiro. Munny chama seu sócio e vizinho, Ned Logan (Freeman), para ajudá-lo a caçar os dois homens.

Entretanto, outro pistoleiro, o "English Bob" (Harris), também resolve ganhar a recompensa. Bob chega a cidade junto com um jornalista contratado para escrever sobre suas façanhas. O livro se chamará "The Duke of Death." (O duque da morte). Little Bill Daggett (Hackman), o xerife local e pistoleiro, resolve usar Bob como exemplo para evitar que novos pistoleiros apareçam na cidade em busca do prêmio e o ridiculariza e insulta em público. Quando Bob sai da cidade, o escritor resolve ficar para anotar as façanhas do temido xerife.

À noite, Munny e seus companheiros chegam a cidade e vão ao saloon se encontrar com as prostitutas. Enquanto Munny, febril, espera pelos companheiros, o xerife descobre que ele está armado. Se negando a entregar a arma, Munny é brutalmente espancado pelo xerife e seus auxiliares. Ele sai carregado da cidade pelos dois companheiros, que retornaram após conversar sobre o prêmio.

Munny se recupera graças a ajuda dos amigos e das prostitutas e os três iniciam a caçada aos dois cowboys. Pouco depois de atacar e matar um dos cowboys em um canyon, Ned desiste e vai embora.

Munny e Kid retomam a caçada e em uma nova emboscada Kid mata o segundo cowboy dentro de um banheiro. O xerife fica sabendo e alguns homens conseguem pegar Ned quando este ia para o sul. Quando Munny e Kid estão recebendo o pagamento pelo serviço, umas das prostitutas os revela que Ned fora capturado e morto  por Little Bill. Kid descobre quem realmente era William Manny e com medo, revela que nunca matara ninguém antes e resolve desistir do prêmio, Munny o tranquiliza e diz que ele agora é o seu único amigo, pedindo que leve o prêmio e entregue aos seus filhos.

Motivado pela morte de Ned, Munny volta a beber e resolve vingá-lo. Ao chegar no saloon, onde estão o xerife e seus homens, Munny dá de cara com o corpo de Ned dentro de um caixão exposto do lado de fora. Munny entra no recinto com arma em punho e deixa todos atônitos ao atirar no dono do estabelecimento por tê-lo "decorado" com o corpo de seu amigo. Little Bill, com ódio nos olhos revela a todos que aquele homem era William Munny, um assassino covarde que matava mulheres e crianças, sendo confirmado pelo próprio, que pediu que os homens próximos ao xerife saíssem de perto dele. A arma de Munny falha e Bill manda seus homens matá-lo, mas este puxa uma segunda arma e mata todos que tentaram acertá-lo. Manny sai do saloon avisando que quem aparecer em sua frente vai morrer, manda deixarem as prostitutas em paz e vai embora.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Premiações[editar | editar código-fonte]

Oscar 1993 (EUA)

Globo de Ouro 1993 (EUA)

BAFTA 1993 (Reino Unido)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]