Kaliningrado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Caliningrado)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2010). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Kaliningrado/Caliningrado/Calininegrado
Калининград
Flag of Kaliningrad.png Kgd gerb.png
Old cathedral of Kaliningrad in Russia.jpg
Antiga catedral de Kaliningrado
Distrito Distrito Federal do Noroeste
Subdivisão Kaliningrado
Prefeito Yuri Savenko
Área 215,7 km²
População (2005) 434 954 habitantes
Densidade 9,3 hab/km²
Altitude 4,8 metros
Fundação 1255
Antigos nomes Königsberg
Website www.klgd.ru
Localização
Localização de Kaliningrado/Caliningrado/Calininegrado 54° 44' N 20° 29' E
Cidade da Rússia Rússia

Kaliningrado,[1] [2] [3] Caliningrado[4] [5] [6] ou Calininegrado[7] (em russo: Калининград; transl.: Kaliningrad; em polonês/polaco: Królewiec; em lituano: Karaliaučius) é a capital da província russa homônima, exclave russo entre a Polónia e a Lituânia, à beira do Mar Báltico. Fundada em 1255 pelos Cavaleiros Teutónicos sob o nome de Königsberg ("montanha do rei", também dita Conisberga[8] [9] em português), foi de 1466 a 1656 parte da Polônia. Também foi a capital da Prússia Oriental, e depois fez parte do Império Alemão a partir de 1871.

Famosa por ter tido entre os seus habitantes o filósofo Immanuel Kant, a cidade também é célebre pelo problema das sete pontes de Königsberg, resolvido por Euler em 1736.

Seu nome é uma homenagem ao revolucionário bolchevique Mikhail Kalinin.

História[editar | editar código-fonte]

A Região de Kaliningrado foi formada em 1945. Durante a Conferência de Potsdam com a União Soviética, os Estados Unidos e a Grã-Bretanha sobre a eliminação da Prússia Oriental, a parte norte de passou para a União Soviética após a Segunda Guerra Mundial.

A cidade e sua população sofreram no final da Segunda Guerra Mundial os severos bombardeamentos aliados, sendo bastante devastada. Após a Guerra, foi rebatizada para "Caliningrado" (do nome do presidente do Comité Central do Partido Comunista, Mikhail Kalinin), quando a União Soviética anexou os territórios da região de Kaliningrado.

Geografia[editar | editar código-fonte]

A Região de Kaliningrado é a subdivisão mais ocidental da Rússia. Tem 15 100 km² de área e está completamente separada da outra área da Rússia pelas fronteiras terrestres de países estrangeiros e águas marítimas internacionais.

No norte e leste a Região de Kaliningrado tem fronteira com a Lituânia, ao sul com a Polônia, a oeste com mar Báltico. O comprimento máximo da Região de Kaliningrado de leste a oeste é de 205 km e de norte a sul é de 108 km. A distância de Kaliningrado à Polônia é de apenas 35 km e da Lituânia 70 km. O centro regional da Rússia mais próximo é o Pskov que se encontra a 800 km, e a distância para Moscou é de 1 289 km.

O centro administrativo é Kaliningrado (antiga Koenigsberg — fundada em 1255).

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima da Região de Kaliningrado é de transição — a partir do clima marítimo a temperado e continental. A temperatura média anual é de 8°C. A temperatura média de Janeiro é de -3ºC a -5ºC, de Julho é de +15ºC a +17ºC. As precipitações médias anuais na Região de Kaliningrado são de 700 mm.

Recursos naturais[editar | editar código-fonte]

A maior parte da Região de Kaliningrado ocupa a planície e cume do Báltico no sudeste, com alturas de até 230 m.

Na Região de Kaliningrado existem depósitos de âmbar (uma das maiores do mundo), argila, cascalho, sal, etc.

Istmo do Báltico e da Curlândia separam do mar dois grandes golfos de água doce – Golfo de Kaliningrado e Golfo de Curõnia. Os grandes rios da Região de Kaliningrado: Neman (com o influxo de Sheshupe) e Pregolya (com o fluxo de Lava). Há também inúmeros lagos.

A Região de Kaliningrado é localizada em uma zona de florestas mistas. As florestas cobrem cerca de 15% do território.

Na Região de Kaliningrado possui um parque nacional Kurshskaya Kosa (Istmo da Curlândia). Istmo da Curlândia é uma península de areia na Lituânia e na Rússia. Seu comprimento é de 98 km, a largura é de 0,4 a 3,8 km. Istmo da Curlândia é caracterizado por dunas de até 70 m, sua maior parte coberta de florestas (pinus, amieiro preto, carvalho, tília, olmo).

As condições naturais de vida na Região de Kaliningrado são muito favoráveis. Resorts da Região de Kaliningrado são: as cidades de Svetlogorsk (antiga Rauschen), Zelenogradsk (antiga Kranz), Pionerskiy (antiga Noykuren), aldeia Otradnoe.

Subdivisões[editar | editar código-fonte]

A Região de Kaliningrado inclui 3 municípios e 19 distritos urbanos. O centro administrativo da Região de Kaliningrado é a cidade de Kaliningrado.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Região de Kaliningrado é uma das menores subdivisões na Rússia, mas pela densidade populacional (63 habitantes por km²) ocupa o terceiro lugar, e perdendo apenas para o Território de Krasnodar e a Região de Tula.

Na Região de Kaliningrado vivem 937.360 pessoas. A população urbana possui cerca de 717.425 pessoas e 219.935 pessoas vivem na zona rural.

As maiores cidades da Região de Kaliningrado são: Kaliningrado (427,8 mil pessoas), Chernyakhovsk (43,3 mil pessoas), Sovetsk (43,3 mil pessoas), Baltiysk (33,4 mil pessoas), Gusev (28,2 mil pessoas).

Pela idade a população da Região de Kaliningrado é distribuída da seguinte forma: a população em idade de trabalho é de 60,9%, em mais idade de trabalho — 19,6%, em menos idade de trabalho — 19,5%.

A população da Região de Kaliningrado é multinacional. Lá vivem representantes de 30 nacionalidades. Entre eles os mais numerosos são russos — 78,1%, bielorrussos — 7,7%, ucranianos — 7,6%, lituanos — 1,9%, armênios — 0,8%, alemães — 0,6% e poloneses — 0,5%.

Economia[editar | editar código-fonte]

A indústria da Região de Kaliningrado produz uma vasta gama de produtos industriais e tecnológicos e bens de consumo: os navios, barcos e iates, carros e motos, guindastes e outros equipamentos de elevação, vagões, máquinas e equipamentos para ferrovias, aparelhos domésticos, equipamentos para a indústria de gás e petroquímica, estruturas de aço, motores elétricos, embalagens, equipamentos elétricos, madeira, papel, móveis, alimentos, roupas, calçados, diamantes processados, produtos semi-acabados e jóias feitas de âmbar, ouro e prata, etc. Cerca de 80% da produção das empresas da Região de Kaliningrado é consumida na Rússia.

Os principais centros industriais de Kaliningrado são Sovetsk, Chernyakhovsk, Gusev e Svetliy.

A indústria da Região de Kaliningrado inclui as seguintes atividades econômicas:

  • extração de minerais — 8,3%;
  • indústria transformadora — 85,7%;
  • produção e distribuição de eletricidade, gás e água — 6,0%.

Estimativas apontam que na Região de Kaliningrado estão envolvidas na atividade industrial cerca de 6066 empresas, subdivididas principalmente nas seguintes atividades:

  • extração de minerais — 120 empresas;
  • indústria transformadora — 5740 empresas;
  • produção e distribuição de eletricidade, gás e água — 206 empresas.

Cidades-irmãs[editar | editar código-fonte]

Kaliningrado possui as seguintes cidades-irmãs:

Alemanha Bremerhaven, Alemanha;

Alemanha Duisburgo, Alemanha;

Polónia Gdańsk, Polônia;

Alemanha Kiel, Alemanha;

Polónia Olsztyn, Polônia;

Polónia Racibórz, Polônia.

Esporte[editar | editar código-fonte]

A cidade de Kaliningrado é a sede do Estádio Baltika e do FC Baltika Kaliningrado, que participa do Campeonato Russo de Futebol.[10] . Também foi sede do FC Vest Kaliningrado, clube extinto.[11]

Referências

  1. Busca: "Kaliningrado" Voz da Rússia.
  2. Rússia desloca mísseis Iskander para Kaliningrado, diz mídia Reuters Brasil (16 de dezembro de 2013). Visitado em 24-3-2014.
  3. Diário do Congresso Nacional do Brasil. [S.l.]: Congresso Nacional do Brasil, Câmara dos Deputados, 1975. p. 6624.
  4. Enciclopédia Brasileira Mérito. Editôra Mérito S. A., 1967.
  5. Rússia e UE discutem aproximação econômica BBC Brasil (29 de maio de 2002). Visitado em 16 de julho de 2010.
  6. Busca: "Caliningrado" Voz da Rússia.
  7. Correia, Paulo. (Primavera de 2014). "Сочи — um estudo de caso da transliteração do russo". A Folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias (n.º 44): 15. Sítio web da Direcção-Geral da Tradução da Comissão Europeia no portal da União Europeia. ISSN 1830-7809. Visitado em 7 de maio de 2014.
  8. Machado, J. P., Dicionário Onomástico Etimológico da Língua Portuguesa, verbete "Conisberga".
  9. Fernandes, Ivo Xavier. Topónimos e Gentílicos. Porto: Editora Educação Nacional, Lda., 1941. vol. I.
  10. [1]
  11. [2]
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Kaliningrado
Ícone de esboço Este artigo sobre a Rússia é um esboço relacionado ao Projeto Europa e ao Projeto Ásia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.