Fu Manchu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fu Manchu
Personagem de O Mistério do Dr Fu Manchu, novela de Sax Rohmer
Origem Chinês
Sexo masculino
Espécie Humano
Características Líder de quadrilha
Actividade(s) Gênio do crime
Especialidade(s) Tráfico, seqüestros, assassinos, sabotagens, roubos...intercontinental
Inimigo(s) Nayland Smith e Dr Petrie
Romance(s) O Mistério do Dr Fu Manchu, novela de Sax Rohmer
Projecto Literatura  · Portal Literatura

Doutor Fu Manchu é um personagem ficcional que aparece em uma série de novelas do escritor inglês Sax Rohmer, produzidas durante a primeira metade do século XX. O personagem foi adaptado para o cinema, televisão, rádio e quadrinhos. Ele é o arquetipo do "Gênio do Crime" da ficção, embora em sua composição haja vários estereótipos ocidentais sobre os chineses: misteriosos, traiçoeiros, ardilosos, com um gosto particular por ciências obscuras, torturas e venenos. A face de Fu Manchu descrita pelo autor se tornou muito conhecida, com os longos bigodes que se tornaram sua marca registrada.

O doutor Fu Manchu comanda uma vasta organização criminosa internacional, os Si-Fans, que conta com vários assassinos profissionais, de preferência hindus Thugs e Dacoits, dentre outros membros de sociedades secretas dedicadas ao crime. Seus assassinos geralmente usam facas, soltam animais peçonhentos como cobras, aranhas e escorpiões. Alguns se valem de armas químicas.

Fu Manchu é de ascendência nobre, membro da Família Imperial. Fu Manchu não seria seu nome real, mas um título guerreiro concedido aos de etnia Manchu, que dominaram a China até 1911. Ele perdeu seus privilégios após a Rebelião dos Boxers. Nos primeiros livros, a história da sua origem era diferente: ele seria um assassino Si-Fan que atacava os europeus da Ásia. Mais tarde a conotação política foi abandonada e Fu Manchu se tornou um criminoso.

O maior segredo de Fu Manchu é um elixir que o torna imortal. Quando a China se tornou comunista, Fu Manchu e os Si-Fans lutaram para restaurar o antigo regime imperial.

Outros personagens[editar | editar código-fonte]

Karamena: com o nome verdadeiro desconhecido, ela foi vendida para os Si-Fans por comerciantes de escravos egípicios, ainda criança. É descrita como sedutora e amorosa. Nos primeiros três livros da série ela se apaixona pelo Doutor Petrie. Ela o resgatou, juntamente com Nayland Smith, por diversas vezes. Karamena se casou com o Doutor Petrie, quando ela conseguiu sua liberdade. O casal teve uma filha, Fleurette.

Fah lo Suee: é a filha ardilosa de Fu Manchu, que tenta tomar o controle dos Si-Fans. Ela já se rebelou contra seu pai e ficou do lado de seus inimigos muitas vezes. Ela costuma se disfarçar com outras identidades, como seu pai. Dentre as atrizes que a interpretaram figuram Anna May Wong, Myrna Loy e Tsai Chin. Seu nome foi alterado nos filmes, por diversas vezes.

Comissário "Sir" Denis Nayland Smith e Dr. Petrie: antagonistas de Fu Manchu. Parceiros que seguem a tradição Sherlock Holmes e Dr. Watson, com o Dr. Petrie as vezes narrando as histórias de Nayland Smith. Nayland Smith e Fu Manchu se respeitam mutuamente, apesar de inimigos mortais.

Influências[editar | editar código-fonte]

Inspirado no personagem de Fu Manchu, vários outros "gênios do crime" orientais foram criados pela ficção. Eis uma pequena lista:

Fu Manchu pode ser descrito como um dos primeiros "super-vilões" ficcionais, seguindo a linha do Professor Moriarty, inimigo de Sherlock Holmes.

Livros em inglês[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

Seriados[editar | editar código-fonte]

Depois dessa data, com a China se tornando uma aliada dos EUA na guerra contra o Japão, o personagem deixou de figurar no cinema estadunidense por algum tempo.

Longa-Metragens[editar | editar código-fonte]

Em 1929 foi lançado o primeiro filme estadunidense com Fu Manchu, The Mysterious Dr. Fu Manchu, com a interpretação de Warner Oland, mais conhecido pelo papel de Charlie Chan. Oland repetiu o papel em 1930 em The Return of Dr. Fu Manchu e 1931 (Daughter of the Dragon). Oland apareceu como o personagem em um musical de 1931, Paramount on Parade.

Em 1932 surgiu o famoso The Mask of Fu Manchu com Boris Karloff e Myrna Loy. Com um tom racista, o filme esteve fora de circulação por muitos anos, mas acabou sendo revalorizado.

Em 1946 foi realizado o filme espanhol El Otro Fu Manchu. Depois de um intervalo de 20 anos a produtora britânica Towers de Londres começou a série com Christopher Lee em 1965. Os filmes foram os seguintes: The Face of Fu Manchu (1965), The Brides of Fu Manchu (1966), The Vengeance of Fu Manchu (1967), The Blood of Fu Manchu (1968) e encerrando a série, The Castle of Fu Manchu (1969).

O último filme "oficial" do personagem foi The Fiendish Plot of Dr. Fu Manchu, de 1980, uma paródia feita por Peter Sellers, que interpreta tanto Fu Manchu como Nayland Smith. .

Outros filmes The Blood of Fu Manchu, The Castle of Fu Manchu, The Girl From Rio e em 1986 o filme espanhol sobre a filha de Fu Manchu Esclavas del Crimen.

Fu Manchu aparece como vilão no filme The League of Extraordinary Gentlemen ("As Aventuras da Liga Extraordinária"), baseado em grafic novel de autoria de Alan Moore, na qual o nome Fu Manchu não é pronunciado. Na história Fu é combatido por Allan Quatermain, Capitão Nemo, Wilhelmina Murray, Mr. Hyde (e Dr. Jekyll) e Hawley Griffin.

Fu Manchu , desta vez estrelado por Nicolas Cage, aparece em um dos trailers falsos de Grindhouse (2007) numa sessão dupla dos cineastas Quentin Tarantino e Robert Rodriguez, intitulado Werewolf Women of the SS, sequencia dirigida por Rob Zombie e inspirado em filmes de exploração nazista dos anos 70.

Televisão[editar | editar código-fonte]

Fu Manchu teve o primeiro programa de televisão na NBC, num filme curto de 1952 chamado The Zayat Kiss, com John Carradine. Havia a idéia de se fazer uma série com o ator, que não vingou.

De 3 de setembro de 1956 a 26 de novembro de 1956, a Hollywood Television Service (subsidiária da Republic Pictures) produziu 13 episódios do programa The Adventures of Fu Manchu, com Glen Gordon como o Dr Fu Manchu.

Música[editar | editar código-fonte]

Rádio[editar | editar código-fonte]

Fu Manchu foi personagem do Collier Hour 1927-31 da Blue Network, que tinha dramatizações das histórias da revista Collier's. A voz de Fu foi de Arthur Hughes. A CBS seguiu com o programa em 1932-33. John C. Daly, e mais tarde Harold Huber, interpretaram Fu Manchu.

A última série de rádio de Fu Manchu foi The Insidious Dr. Fu Manchu, de 1944 pela NBC.

Tiras de quadrinhos[editar | editar código-fonte]

Fu Manchu ganhou uma tira de jornal desenhada por Leo O'Mealia entre 1931 e 1933. Seu trabalho foi distribuído pela "Sax Rohmer and The Bell Syndicate, Inc".

Revistas em quadrinhos[editar | editar código-fonte]

Fu Manchu apareceu na revista Detective Comics # 17, e continuou até o #28.

Nos anos 70, Fu Manchu apareceu como o pai de Shang-Chi, o protagonista da série da Marvel Comics Mestre do Kung Fu. A Marvel Comics perdeu os direitos do personagem nos anos 80, sendo que o pai de Shang-Chi não era mais chamado pelo nome e aparecia apenas nas sombras. Atualmente é chamado de Zheng Zu[1] .

Fu Manchu apareceu como vilão em The League of Extraordinary Gentlemen, Volume I de Alan Moore, mas ele é chamado de "the Doctor" ou "the Devil Doctor" pois o personagem não está em domínio público. Na história de Moore, Fu Manchu e o Professor Moriarty tentam controlar o crime organizado londrino. Em The League of Extraordinary Gentlemen: Black Dossier o vilão é referido como um parente distante do Dr. Julius No.

Foi a principal inspiração para o personagem Senhor Ming, «Sombra Amarela», (ou «l'Ombre Jaune», na versão original), na série de banda desenhada belga Bob Morane (da autoria de Henri Vernes), que é um dos pincipais inimigos do herói da série (notar que estes albuns de banda desenhada são, adaptação de uma série de romances da autoria do mesmo Henri Vernes).

Fu Manchu e filha foram a inspiração para o personagem Hark e a filha Anna Hark nos quadrinhos da série Planetary. Assim como ocorrera com o Imperador Ming e a Princesa Aura em Flash Gordon.

Games[editar | editar código-fonte]

Muitas aventuras de jogos da Fantasy Games Unlimited (Daredevils) tem como vilão o Dr. Ling, parecido com Fu Manchu

No game Croc 2, um dos chefes tem o nome original de Goo Man Chu.

No jogo de computador online City of Heroes, uma das faces traz o bigode de Fu Manchu.

Ligações Externas (em inglês)[editar | editar código-fonte]

  1. David Richards (04/04/2014). Benson Unleashes Shang-Chi's "Deadly Hands of Kung Comic Book Resources.