Pa chi chuan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Espada japonesa mostrando a lâmina manga habaki e a mão guarda tsuba


Pa chi chuan (chinês tradicional: 八極拳; pinyin: bājíquán; literalmente "boxe das oito extremidades") é um estilo de wushu (artes marciais chinesas) que se caracteriza pela uso de uma força explosiva de curto alcance e é conhecida por seu golpes com os cotovelos e outras extremidades, origem de seu nome. A prática se originou na província de Hebei, no norte da China, mas é também bastante conhecido em outros lugares, especialmente Taiwan.

Características[editar | editar código-fonte]

As características mais conhecidas desta rara escola de wushu incluem as cotoveladas, o controle do quadril e os golpes com os ombros.

Todas as técnicas são executadas com uma forma muito característica de força curta, desenvolvida através de rigoroso, e às vezes torturante, treinamento.

Estrategicamente, o pa chi chuan foca no combate corpo-a-corpo, aproximando-se do oponente a partir de uma longa distância com o passo de ataque característico do pa chi chuan e emitindo atacando ao mesmo tempo.

O "estilo do guarda-costas"[editar | editar código-fonte]

O pa chi chuan tornou-se mais conhecido, principalmente devido a Li Shu Wen (1864-1934), um praticante da província de Shandong que por sua habilidade com a lança ganhou o apelido de "Li, Deus da lança". Sua citação mais famosa sobre lutas era, "Eu não sei o que é atingir um homem duas vezes". Talvez um exagero, mas fala pela força de impacto que o treinamento de pa chi chuan desenvolve.

O estilo é chamado de "estilo do guarda costas", pois entre os alunos mais famosos de Li Shu Wen estão Hou Dian Ge (guarda-costas de Pu Yi, o último imperador da China), Li Chen Wu (guarda-costas de Mao Zedong), e Liu Yun Chiao (agente secreto dos nacionalistas do Kuomintang e instrutor dos guarda-costas de Chiang Kai Shek).

Personagens de ficção que lutam pa chi chuan[editar | editar código-fonte]

O estilo também ficou famoso graças ao jogo da Sega Virtua Fighter, como o estilo que o personagem principal, Akira Yuki, pratica

É um dos estilos de luta praticado por Li Mei no jogo Mortal Kombat: Deadly Alliance.

Em 1988, Ryuchi Matsuda, criou um mangá com o título "Kenji", baseado em suas próprias experiências com pa chi chuan.

É uma das artes marciais que o jovem mago Negi Springfield aprende em sua história contada no mangá e animê "Negima".

O personagem Miki do Anime e Mangá Beelzebub utiliza técnicas desse estilo.

Kokoro, a geisha em treinamento da série Dead or Alive é provavelmente o melhor exemplo da arte em um videogame.

Xiuying, uma personagem do conhecido jogo Shenmue II, também utiliza o estilo.

Arima Miyako, personagem do jogo de luta Melty Blood, é outro exemplo de personagem de videojogos que utiliza pa chi chuan.

Leo Kliesen, personagem do jogo de luta "Tekken6", também é lutadora do estilo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]