Pedro Alexandrino Borges

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pedro Alexandrino Borges
Pedro Alexandrino
Nome completo Pedro Alexandrino Borges
Nascimento 26 de Novembro de 1856
[São Paulo, São Paulo
Morte 19 de Julho de 1942
Área Pintura, desenho
Movimento(s) Naturalismo


Pedro Alexandrino Borges (São Paulo, 26 de novembro de 1856 — São Paulo, 19 de julho de 1942) foi um pintor, desenhista, decorador e professor brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Pedro Alexandrino Borges nasceu na cidade de São Paulo, na rua Libero Badaró, filho de Francisco Joaquim Borges e Rosa Francisca de Toledo. 1867 Com 11 anos começa a trabalhar com o decorador francês Claude-Paul Barandier na decoração da catedral de Campinas.[1]

Foi discípulo de Almeida Júnior, em São Paulo, depois de cursar a Academia Imperial de Belas-Artes, no Rio de Janeiro onde foi aluno de José Maria de Medeiros, em desenho, e de Zeferino da Costa, em pintura.

Em 1897 viajou a Paris, onde permaneceu nove anos. De volta ao Brasil, realizou individual com 110 quadros, 84 deles naturezas-mortas, gênero que o consagrou. Foi professor particular de alguns modernistas como Tarsila do Amaral, Anita Malfatti e Aldo Bonadei. Detentor de várias premiações, expôs sua obra no Brasil e no exterior.

Referências

  1. Ruth Sprung Tarasantchi. Pintores paisagistas: São Paulo, 1890 a 1920. EdUSP; 2002. ISBN 978-85-314-0598-3. p. 127.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.