Roberto Kovalick

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde maio de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Roberto Kovalick
Nascimento 24 de março de 1965 (49 anos)
Santana do Livramento, RS
 Brasil
Ocupação jornalista e repórter
Principais trabalhos Cobertura do terremoto, tsunami e desastre nuclear no Japão (correspondente internacional)

Roberto Kovalick (Santana do Livramento, 24 de março de 1965) é um jornalista e repórter brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido no Rio Grande do Sul, Kovalick é graduado em Jornalismo em 1986 pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Começou como estagiário da Rádio da Universidade da UFRGS. Em seguida começou a trabalhar na Rádio Gaúcha de Porto Alegre como repórter, participando de grandes coberturas como a do motim Presídio Central de Porto Alegre em 1987, onde correu até risco de vida. Depois transferiu-se para a RBSTV onde atuou na reportagem por três anos. Foi capa da Revista Vitrine no dia 31 no ano de 2009, revista de maior circulação na comunidade brasileira no Japão.

Permaneceu cinco anos como repórter em Brasília (de 2000 a 2004) e dez anos no Rio de Janeiro (de 1990 a 2000). Kovalick foi também corresponde da Globo nos Estados Unidos durante quatro anos em Nova York, de 2005 a 2008.

Com ampla experiência no Brasil e no exterior, Roberto Kovalick, foi o correspondente na Ásia da Rede Globo de Televisão em Tóquio, no Japão, produzindo matérias com suporte da equipe da IPCTV (primeira afiliada da Rede Globo no exterior).

A partir de meados de 2013 se transfere para Londres como correspondente da TV Globo.[1]

Referências