Apeadeiro de Quintans

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Quintans IPcomboio2.jpg
IPestacao.jpg
Linha(s) Linha do Norte
(PK 266,008)
Coordenadas 40° 35′ 27,72″ N, 8° 36′ 45,61″ O
Concelho Aveiro
Serviços Ferroviários Logo CP 2.svgBSicon LSTR orange.svgR
Horários em tempo real
Serviços Telefones públicos
Acesso para pessoas de mobilidade reduzida Parque de estacionamento


Logos IP.png
BSicon CONTfa grey.svg
BSicon BHF grey.svgAveiro (Sentido Porto)
BSicon HST grey.svgQuintans
BSicon BHF grey.svgOiã (Sentido Lisboa)
BSicon CONTf grey.svg

O Apeadeiro de Quintans, também conhecido como Quintães, é uma infraestrutura ferroviária da Linha do Norte, que serve a localidade de Quintans, no concelho de Aveiro, em Portugal.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Este apeadeiro tem acesso pela Rua José de Barros Queirós, junto à localidade de Quintans.[1]

Esta interface é utilizada por serviços regionais do operador Comboios de Portugal.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Horário de 1933 da Linha do Norte, onde Quintans aparece com a categoria de estação.

Este apeadeiro encontra-se no troço da Linha do Norte entre Taveiro e Estarreja, que entrou ao serviço em 10 de Abril de 1864, pela Companhia Real dos Caminhos de Ferro Portugueses.[3]

A Gazeta dos Caminhos de Ferro de 16 de Março de 1902 noticiou que tinha sido aprovada a construção de uma gare de passageiros em Quintans, que nessa altura tinha a categoria de estação.[4]

O troço entre Pampilhosa e Quintans foi electrificado em Junho de 1964, tendo o tramo seguinte, até Esmoriz, sido adaptado à tracção eléctrica em Novembro do mesmo ano.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Estação de Quintans». Comboios de Portugal. Consultado em 5 de Maio de 2018 
  2. «Comboios Regionais Coimbra/Aveiro/Porto» (PDF). Comboios de Portugal. 4 de Março de 2018. Consultado em 5 de Maio de 2018 
  3. TORRES, Carlos Manitto (1 de Janeiro de 1958). «A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário» (PDF). 70 (1681). p. 9-12. Consultado em 3 de Abril de 2014 
  4. «Linhas Portuguezas» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 16 (342). 16 de Março de 1902. p. 92. Consultado em 3 de Abril de 2014 
  5. «Otros países, otras noticias». Via Libre (em espanhol). 2 (24). Madrid: Red Nacional de los Ferrocarriles Españoles. 1 de Dezembro de 1965. p. 23-24 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre transporte ferroviário é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.