Apeadeiro de Vilela-Fornos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vilela-Fornos
BSicon BAHN.svg
Identificação:[1] 36053 VIF (Vilela-Forn.)
Denominação: Apeadeiro de Vilela-Fornos
Classificação: A (apeadeiro)[2]
Coordenadas:
40° 15′ 47,39″ N, 8° 26′ 28,86″ O
Concelho: bandeiraCoimbra
Linha(s): Linha do Norte (PK 222,097)
Serviços: Logo CP 2.svgBSicon LSTR orange.svgR
Equipamentos: Acesso para pessoas de mobilidade reduzida
Inauguração: 1953 (há 67 anos)
Website:
Disambig grey.svg Nota: Para outros interfaces ferroviários com nome semelhante, veja Apeadeiro de Vilela do Tâmega, Estação Ferroviária de Fornos de Algodres ou Paragem de Fornos - Sabor.

O Apeadeiro de Vilela - Fornos é uma interface da Linha do Norte, que serve as localidades de Torre de Vilela e Fornos, no concelho de Coimbra, em Portugal.

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Esta gare situa-se junto à Rua do Apeadeiro, na localidade de Torre de Vilela.[3]

História[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: História da Linha do Norte

Este apeadeiro faz parte do troço da Linha do Norte entre as estações de Taveiro e Estarreja, que entrou ao serviço em 10 de Abril de 1864, pela Companhia Real dos Caminhos de Ferro Portugueses.[4]

Um diploma publicado no Diário do Governo n.º 253, III Série, de 25 de Outubro de 1952, aprovou os projectos de aditamentos à tarifa especial n.º 1, de passageiros, devido à abertura ao serviço do Apeadeiro de Vilela - Fornos.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. (I.E.T. 50/56) 56 º Aditamento à Instrução de Exploração Técnica N.º 50 : Rede Ferroviária Nacional. IMTT, 2011.10.20
  2. Instrução de exploração técnica nº 2 : Índice dos textos regulamentares em vigor. IMTT, 2012.11.06
  3. «Vilela - Fornos - Linha do Norte». Infraestruturas de Portugal. Consultado em 22 de Agosto de 2015 
  4. TORRES, Carlos Manitto (1 de Janeiro de 1958). «A evolução das linhas portuguesas e o seu significado ferroviário» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 70 (1681). p. 9-12. Consultado em 24 de Março de 2014 
  5. «Parte Oficial» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 65 (1559). 1 de Dezembro de 1952. p. 367-368. Consultado em 22 de Agosto de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma estação, apeadeiro ou paragem ferroviária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.