Barra Futebol Clube (Rio de Janeiro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Barra
Escudo do Barra Futebol Clube.jpg
Nome Barra Futebol Clube (Rio de Janeiro)
Alcunhas Leão da Serra
Mascote Leão
Fundação 8 de junho de 1937 (80 anos)
Estádio Pitucão
Capacidade 4.000
Competição Rio de Janeiro Campeonato Carioca
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Barra Futebol Clube é uma agremiação esportiva da cidade de Teresópolis, no estado do Rio de Janeiro, fundada a 8 de junho de 1937.

História[editar | editar código-fonte]

Após disputar por anos o campeonato da liga amadora de sua cidade, o clube rubro-negro de Teresópolis estreia no profissionalismo ao participar do Campeonato Estadual da Terceira Divisão de Profissionais em 1993. Fica em quarto lugar no primeiro turno em sua chave e em sétimo no segundo, não se classificando para as finais.

No entanto, no ano seguinte, passa a integrar a Segunda Divisão, na prática uma antiga Terceira, como convidado. Fica em sétimo em sua chave e não se classifica para as finais da competição.

Em 1995, disputa a Série C do Campeonato Brasileiro, ficando na posição trigésima na classificação geral de um campeonato disputado por 107 agremiações. Foram 10 jogos, 3 vitórias, 3 empates e 4 derrotas. Foi o melhor time do Rio de Janeiro classificado depois do vice-campeão daquela disputa, o Volta Redonda Futebol Clube. Ficou inclusive à frente do América Foot-ball Club, na 47° posição, Bayer Esporte Clube, na 61°, Itaperuna Esporte Clube, na 78°, e Campo Grande Atlético Clube, na 81°.

No mesmo ano também se sagra vice-campeão da Copa Rio, perdendo o título para o Volta Redonda Futebol Clube.

No Campeonato Estadual é convidado a integrar o Módulo Intermediário, a verdadeira Segunda Divisão da época. É o seu melhor ano. Sagra-se campeão numa decisão contra o América Futebol Clube, de Três Rios, mas não é promovido para a Primeira Divisão porque o campeão da Segunda Divisão jogava uma repescagem contra o oitavo colocado da Primeira, no caso o Entrerriense Futebol Clube, que o derrotou em jogo extra. O time de Três Rios, se classificou, portanto, para a fase final e o Barra acabou eliminado, não sendo por conseguinte promovido para o ano seguinte. O fato, que gerou bastante descontentamento, levou a agremiação a abandonar as competições de âmbito profissional. Suas cores são preto, vermelho e branco. Possui estádio próprio, o Jorge Ferreira da Silva, conhecido como Pitucão, localizado no bairro de Barra do Imbuí.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Ranking da CBF[editar | editar código-fonte]

  • Posição: 325º
  • Pontuação: 1 ponto

Ranking criado pela Confederação Brasileira de Futebol que pontua todos os times do Brasil.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Fonte[editar | editar código-fonte]

  • VIANA, Eduardo. Implantação do futebol Profissional no Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Editora Cátedra, s/d.