Capitania de São Paulo e Minas de Ouro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


A Capitania de São Paulo e Minas de Ouro foi uma das chamadas Capitanias do Brasil à época da colonização portuguesa das Américas, vinculada ao Estado do Brasil.

Motivação para a criação da capitania[editar | editar código-fonte]

Em 3 de novembro de 1709, como consequência da Guerra dos Emboabas (1707-1709), que demonstrara a fragilidade do controle de Coroa Portuguesa sobre a região das recém-descobertas minas de ouro (visto que o governador da capitania de São Vicente residia na capitania do Rio de Janeiro - esta separada daquela em 1567), o ramo sul da antiga capitania de São Vicente, separada da do Rio de Janeiro, e a capitania de Santana foram fundidas e transformadas na Capitania de São Paulo e Minas do Ouro.

Na capitania recém-criada já existiam as vilas:

O primeiro governador da nova Capitania, Antônio de Albuquerque Coelho de Carvalho, pacificador do conflito, estabeleceu as primeiras vilas na região das Minas: Vila Rica (atual Ouro Preto) e a Vila de Nossa Senhora de Sabará (atual Sabará). Posteriormente, esta região foi dividia em três Comarcas:

Pela ação dos bandeirantes a nova capitania passou a contar com um vasto território, que abrangia os sertões de São Paulo, Paraná e Santa Catarina, para o sul, e de Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso para oeste.

É importante frisar que o limite oeste da capitania era delimitado pelo Tratado de Tordesilhas. Durante a Dinastia Filipina (União Ibérica), os portugueses se expandiram de tal forma na América do Sul que, em 1680, visando o comércio com a bacia do rio da Prata e a região andina, fundaram um estabelecimento à margem esquerda do Prata, em frente a Buenos Aires: a Colônia do Sacramento. A fixação portuguesa em território oficialmente espanhol gerou um longo período de conflitos armados, conduzindo à negociação do Tratado de Madrid (1750).

Cisão da Capitania[editar | editar código-fonte]

Mais informações: Capitania de Minas Gerais

Como consequência da Revolta de Vila Rica (1720), além do adiamento da instalação da Casa de Fundição, materializou-se a autonomia administrativa das Minas, uma vez que, em 12 de setembro desse ano, D. João V desmembrou-a, instituindo a capitania de Minas Gerais e a capitania de São Paulo. Na primeira foi então criada mais uma Comarca: Serro do Frio (com sede em Vila do Príncipe).

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre História do Brasil é um esboço relacionado ao Projeto História do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.