Chácara Inglesa (Saúde)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura outros significados de Chácara Inglesa, veja Chácara Inglesa.
Chácara Inglesa
Bairro de São Paulo Bandeira da cidade de São Paulo.svg
Área Zona Sul (Subprefeitura Vila Mariana)
Imigração predominante  Coreia do Sul,  Inglaterra e  Japão
Distrito Saúde
Subprefeitura Vila Mariana
Região Administrativa Centro-Sul

Chácara Inglesa é um bairro de São Paulo, localizado na divisa dos distritos da Saúde e da Vila Mariana . Situado entre a Avenida Abraão de Moraes e a Avenida Jabaquara , o bairro, assim como a Vila Clementino, está na fronteira dos distritos e agrega elementos urbanísticos das duas regiões - embora costume ser mais associado à Saúde. O bairro é atendido pelas estações Santa Cruz e Praça da Árvore da Linha 1 - Azul do metrô e pelas estações Chácara Klabin e Santa Cruz da Linha 5 - Lilás.

O traçado do bairro é marcado por árvores, praças e vias estreitas, de mão dupla, com grande quantidade de ladeiras. Apesar de estar situado em uma região movimentada, entre duas vias arteriais, preserva características eminentemente residenciais. Ruas como Padre Machado e Afonso Celso, no entanto, facilitam o acesso do bairro para outros regiões importantes da cidade, como: Ipiranga, Moema, Vila Clementino, Vila Mariana, Cambuci, Aclimação, Cursino, Vila Guarani, Jabaquara e Bosque da Saúde.

A maioria dos moradores da Chácara Inglesa atualmente pertence à classe média alta, mas há condomínios e residências de alto padrão (sobretudo nas ruas Correia de Lemos e Jaci). A proximidade com o 16º Distrito Policial da Vila Clementino contribui para a segurança do bairro, que possui poucos estabelecimentos comerciais e noturnos em seu traçado. Semanalmente, as terças há uma feira livre na rua Afonso Celso é organizada e fecha o tráfego de veículos das 7h às 12h.

Valorização imobiliária[editar | editar código-fonte]

Na corda da expansão do mercado imobiliário para o eixo de regiões antes desvalorizadas da subprefeitura da Vila Mariana, como a Chácara Klabin (hoje reduto nobre da Zona Sul paulistana) e o Bosque da Saúde, a Chácara Inglesa já começa a ter sua paisagem modificada. Junto às residências que compõem o bairro, são lançados frequentemente edifícios destinados à classe alta. Tal fenômeno se vê, sobretudo, nos arredores da rua Correia de Lemos, em que uma "muralha" de grandes edifícios destaca a região mais alta - e cara - do bairro, assim como a Rua Jaci. Pouco a pouco, o mercado imobiliário passou a aproveitar, também, terrenos em ruas eminentemente residenciais, como Ouvidor Peleja, Guiratinga e Loefgren. O resultado é que o metro quadrado da região já chega a valores próximos a R$ 11.000, valor cobrado, por exemplo, em imóveis de bairros como Sumaré e Paraíso.

Algumas das vias que cortam o bairro são:

  • Rua Loefgren
  • Rua Correia de Lemos
  • Rua Padre Machado
  • Rua Prof. Tranquilli
  • Rua Santa Cruz
  • Rua Luís Góis
  • Rua Afonso Celso
  • Rua Juréia
  • Rua Ouvidor Peleja
  • Rua Guiratinga

Limites:

  • Rua Domingos de Morais e Avenida Jabaquara (a oeste)
  • Avenida Ricardo Jafet e Avenida Professor Abraão de Morais (a leste)
  • Rua Santa Cruz (a norte)
  • Avenida Bosque da Saúde (a sul)
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.