Ferrovia Salvador-Recife

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Current event marker.png
Este artigo ou seção é sobre uma construção futura.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis.
Tower crane colorize.png

A Ferrovia Salvador-Recife, também chamada de Integração Ferroviária do Nordeste, é um projeto ferroviário anunciado em 2012 pelo governo federal do Brasil, como parte do Programa de Investimentos em Logística.[1][2][3] O projeto prevê a integração com a Ferrovia Transnordestina e ligação com a Ferrovia Norte-Sul. O cronograma inicial previa a assinatura dos contratos de concessão no período entre julho e setembro de 2013.[4] A empresa Ferrovia Centro-Atlântica (FCA), que detinha a concessão sobre a malha centro-leste do país, o que incluía uma ligação entre Salvador e Propriá, em Sergipe, foi obrigada a desativar esse e outros trechos e devolvê-los ao poder público.[5]

Foi veiculada a possibilidade, a depender da empresa vencedora da licitação, de haver operação de transporte de passageiros, especialmente entre as capitais nordestinas de Salvador, Aracaju, Maceió e Recife.[6][7]

Traçado[editar | editar código-fonte]

O traçado da ferrovia segundo projeto inicial tem uma extensão de 893 quilômetros, incluindo uma ponte de 2 700 metros sobre o rio São Francisco entre os estados de Sergipe e Alagoas, e passando por 37 municípios de quatro estados. Há a previsão de interligação com a ferrovia Belo Horizonte-Salvador em Feira de Santana e com a Transnordestina em Ipojuca. As cidades previstas a serem atravessas pelos trilhos são:[8]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «ANTT promove reuniões sobre ferrovia Salvador-Recife. Intelog». www.confralog.com.br. Intelog. 1 de julho de 2013. Consultado em 11 de janeiro de 2017 
  2. «Estado terá nova ferrovia». Jornal do Commercio Online. 16 de agosto de 2012 
  3. «Mundo: Em Dubai, governo de AL discute ferrovia que ligará Salvador, Aracaju, Maceió e Recife». TNH1. 30 de abril de 2013. Consultado em 11 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 3 de setembro de 2014 
  4. «Governo Federal investirá R$ 91 bilhões em ferrovias». www.sindiferro.org.br. Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Ferroviário e Metroviário dos Estados da Bahia e Sergipe. Consultado em 11 de janeiro de 2017 
  5. «ANTT autoriza devolução de ferrovias que envolve a Bahia». Diário do Grande ABC. www.sindiferro.org.br. Consultado em 9 de julho de 2013 
  6. contato@lumenws.com.br, Lúmen Desenvolvimento - (20 de agosto de 2012). «Alagoas pode ter trens de passageiros para Salvador e Recife». www.saomiguelweb.com.br. AlagoasWeb. Consultado em 11 de janeiro de 2017 
  7. «Brasil Ferrovia ligará Salvador, Aracaju, Maceió e Recife; trens chegarão a 150 km/h». Scoop.it. Notícias-Ferroviárias Português. Consultado em 11 de janeiro de 2017 
  8. «ANTT promove reuniões sobre ferrovia Salvador-Recife». www.antt.gov.br. ANTT. 28 de junho de 2013. Consultado em 11 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 3 de setembro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]