Irlando-brasileiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Irlando-brasileiro é um brasileiro de completa ou parcial ancestralidade irlandesa, ou um irlandês residente no Brasil. Muitos imigrantes irlandeses no Brasil tinham que mudar seus sobrenomes dentro de um fácil tipo de escrita baseada em nomes portugueses, substituíndo o "ó". Os primeiros irlandeses e seus descendentes no Brasil são registrados como mercenários de piratas ingleses e posteriormente como mercenários da Cia das Índias Ocidentais. Também se estabeleceram no Brasil na época do reinado de D.Pedro I, culminando na Revolta dos Mercenários.[1] [2] [3] [4]

Já no Segundo Reinado houve a tentativa de colonização irlandesa em Pelotas, RS. Cerca de 300 pessoas, a maior parte agricultores, vieram do Condado de Wexford, no sudoeste da Irlanda escapando da grande fome e chegaram ao Brasil em 7 de março de 1852, no porto de Rio Grande.[5] Após alguns anos, boa parte da Colônia D.Pedro II se desfez, com a população dispersando pelo Brasil e países platinos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências