Irlando-brasileiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Irlando-brasileiro é um brasileiro de completa ou parcial ancestralidade irlandesa, ou um irlandês residente no Brasil . Muitos imigrantes irlandeses no Brasil tinham que mudar seus sobrenomes dentro de um fácil tipo de escrita baseada em nomes portugueses, substituíndo o "ó". Os primeiros irlandeses e seus descendentes no Brasil são registrados como mercenários de piratas ingleses e posteriormente como mercenários da Cia das Índias Ocidentais. Também se estabeleceram no Brasil na época do reinado de D.Pedro I, culminando na Revolta dos Mercenários.[1] [2] [3] [4]

Já no Segundo Reinado houve a tentativa de colonização irlandesa em Pelotas, RS. Cerca de 300 pessoas, a maior parte agricultores, vieram do Condado de Wexford, no sudoeste da Irlanda escapando da grande fome e chegaram ao Brasil em 7 de março de 1852, no porto de Rio Grande.[5] Após alguns anos, boa parte da Colônia D.Pedro II se desfez, com a população dispersando pelo Brasil e países platinos. No Brasil existem cerca de 71.000 ascendentes de irlandeses .

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências