Praia Grande (Salvador)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O bairro de Praia Grande em Salvador[1] é localizado no Subúrbio Ferroviário da cidade na beira do mar da Baía de Todos os Santos, onde faz divisa com os bairros de Periperi (norte) e Escada (sul).

História[editar | editar código-fonte]

Na localidade Escada Sul do bairro esta a primeira igreja erguida com pedras na Bahia. Datada de 1536, a Igreja de Nossa Senhora da Escada foi refúgio do Padre José de Anchieta, e desde 1962 é tombada pelo Ipham (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). Nela se encontra a imagem da padroeira do lugar, que foi esculpida no início do século XVIII e que tem aos seus pés uma escada dourada onde estão dois anjos, justificando o nome desta localidade.[carece de fontes?]

A devoção a Nossa Senhora da Conceição da Escada sobrevive há mais de 470 anos, e é festejada com procissão, missa festiva e novena. Uma placa colocada na parede lateral da capela indica: "Aos 16 de abril de 1638 aqui desembarcaram forças holandesas ao mando do Príncipe de Nassau". Na Escada localiza-se também a Biblioteca Comunitária Paulo Freire, que atende a boa parte do subúrbio ferroviário. Antes da Segunda Guerra Mundial, Praia Grande era refúgio da burguesia industrial e latifundiária de Salvador. A partir da década de 1950 o bairro foi sendo ocupado por moradores de diversas classes sociais.[carece de fontes?]

Referências