Praia Grande (Salvador)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde maio de 2015).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

O bairro de Praia Grande em Salvador[1] é localizado no Subúrbio Ferroviário da cidade na beira do mar da Baía de Todos os Santos, onde faz divisa com os bairros de Periperi (norte) e Escada (sul).Nesta última localidade esta a primeira igreja erguida com pedras na Bahia. Datada de 1536, a Igreja de Nossa Senhora da Escada foi refúgio do Padre José de Anchieta, e desde 1962 é tombada pelo Ipham (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). Nela se encontra a imagem da padroeira do lugar, que foi esculpida no início do século XVIII e que tem aos seus pés uma escada dourada onde estão dois anjos, justificando o nome desta localidade. A devoção a Nossa Senhora da Conceição da Escada sobrevive há mais de 470 anos, e é festejada com procissão, missa festiva e novena. Uma placa colocada na parede lateral da capela indica: "Aos 16 de abril de 1638 aqui desembarcaram forças holandesas ao mando do Príncipe de Nassau". Na Escada localiza-se também a Biblioteca Comunitária Paulo Freire, que atende a boa parte do subúrbio ferroviário..Antes da Segunda Guerra Mundial, Praia Grande era refúgio da burguesia industrial e latifundiária de Salvador. A partir da década de 1950 o bairro foi sendo ocupado por moradores de diversas classes sociais.

Curiosidades

- FONTE DE BURGOS Há algumas décadas havia uma fonte em Praia Grande, que pertencia ao sr. Nestor Burgos. Ali ele vendia água entregando nas casas, com o auxílio de jegues e medida em barris. Havia, com preços diferenciados, a água de beber e a água para uso doméstico.

- IGREJA DE ESCADA O morador do bairro de Plataforma Cláudio Silva, costuma fazer estudos e pesquisas sobre seu bairro e mediações, sendo carinhosamente apelidado de "o historiador de Plataforma". A partir de sua pesquisa, muito foi desvendado sobre a Igreja de Escada. De acordo com ele, ergueu-se uma Capela em 1536 em frente às praias da Enseada, no aldeamento indígena de Itacaranha. Erguida em devoção a Nossa Senhora Conceição de Escada, foi feita de taipae palhas, rebocada e caiada. Logo após, no ano de 1562, as terras passaram a pertencer a Lázaro Arívolo, que reconstruiu a Capela em pedras e calcário marinho, passando a ser a primeira igreja feita com essas matérias primas. Em 1571 passa a pertencer à Companhia de Jesus ficando sob o controle dos jesuítas.

- TRIO ELÉTRICO De acordo com a professora Mara, da escola Agripiniano de Barros, foram nas ruas de Praia Grande que o trio elétrico surgiu, montado em cima do caminhão do Sr. Walter Moreira de Carvalho, mais conhecido como seu Atinho. O trio passeava pelas ruas de Praia Grande e Periperi e, mais tarde, foi comprado e transformado no trio Orlando Tapajós, que, após o sucesso no bairro, passou a atuar nos grandes circuitos de carnaval do centro.

Referências