Vila Laura (Salvador)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vila Laura
  Bairro do Brasil  
Unidade federativa Bahia
Zona Miolo de Salvador
Região administrativa Região Brotas, RA V(divisão defasada de 2007)[1]
Centro/Brotas (divisão de 2014)[2]
Município Salvador
Limites Luís Anselmo, Cidade Nova, Macaúbas, Matatu[3]
Fonte: Projeto de Lei municipal (PL) (363/17)/2017[4]

Vila Laura é um bairro brasileiro localizado na cidade de Salvador, na Bahia.[4]

História[editar | editar código-fonte]

Na década de 1940 a maior parte do bairro era composto por vegetação: mata, plantação de laranjas ou de pasto da Fazenda Vila Laura, que existia na região.[5] Era propriedade da família do coronel Frederico Costa, que foram loteadas aos poucos.[5] Em 2007 era parte da Região Brotas, RA V.[1] Em 2008 viviam cerca de 40 mil pessoas no bairro.[5] O visual é composto em sua maioria por edifícios e poucas casas.[5] A principal rua é a Rua Raul Leite, que tornou-se valorizada na década de 2000 devido ao crescimento local.[5] Em 2014 foi realocado para Região Centro/Brotas.[2] Em 2017 tornou-se oficialmente um bairro, após ser aprovado o projeto de lei 363/17.[6]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Foi listado como um dos bairros menos perigosos de Salvador, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Secretaria de Segurança Pública (SSP) divulgados no mapa da violência de bairro em bairro pelo jornal Correio em 2012.[3] Ficou entre os bairros mais tranquilos em consequência da taxa de homicídios para cada cem mil habitantes por ano (com referência da ONU) ter alcançado o segundo nível mais baixo, com o indicativo "1-30", sendo um dos melhores bairros na lista.[3] Entre janeiro e abril de 2013, uma guerra de traficantes elevou o índices de homicídios ao redor da região.[7]

Referências

  1. a b «PDDU 2007». www.cms.ba.gov.br. Consultado em 24 de junho de 2019. Arquivado do original em 15 de julho de 2016 
  2. a b «Prefeitura implanta Conselhos Comunitários nos bairros de Salvador». G1 Bahia. Rede Bahia. 5 de agosto de 2013. Consultado em 24 de junho de 2019 
  3. a b c Juan Torres e Rafael Rodrigues (22 de maio de 2012). «Mapa deixa clara a concentração de homicídios em bairros pobres». Correio (jornal). Consultado em 30 de abril de 2019 
  4. a b Redação (18 de setembro de 2017). «Aprovado projeto que amplia para 163 número de bairros de Salvador». A Tarde. Universo Online. Consultado em 30 de abril de 2019 
  5. a b c d e «Vila Laura: e da fazenda fez-se obairro - A Tarde - Uol». A Tarde. 30 de maio de 2008. Consultado em 24 de junho de 2019 
  6. Redação (19 de setembro de 2017). «ARRUMANDO A CASA: Após aprovação de projeto na Câmara, Salvador pula de 36 para 163 bairros». TV Aratu. Aratu Online. Consultado em 24 de junho de 2019 
  7. Bruno Wendel (15 de maio de 2013). «Disputa do tráfico e migração de bandidos elevam violência em Brotas». Correio. Rede Bahia. Consultado em 27 de junho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Bahia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.