Cidade Baixa (Salvador)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para uma área da capital baiana, veja Cidade Baixa.
Vista da Cidade Baixa, com o Mercado Modelo e o Elevador Lacerda, que faz ligação com a Cidade Alta.

A Cidade Baixa é a área litorânea (banhada pela Baía de Todos os Santos) da cidade de Salvador, capital do estado brasileiro da Bahia. É uma planície relativamente estreita, ligada à Cidade Alta pelo Elevador Lacerda. As principais atividades econômicas da região são a portuária e a comercial.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Salvador foi a primeira capital do Brasil, construída a partir de 1545 como cidade-fortaleza, destinada à administração colonial e comércio. Seu crescimento deu-se em dois planos - a Cidade Baixa, compreendida pelo Bairro da Praia com uma comprida rua que dividia o porto e as casas comerciais - e a Cidade Alta, onde estavam os bairros de São Bento (incluindo Sé), Palma, Desterro, Saúde e Santo Antonio Além do Carmo.[1]

A cidade, assim, cresceu ao longo do seu litoral, embora a chamada "mancha matriz" tenha surgido no alto da escarpa acima 65 metros da faixa litorânea.[2]

Referências

  1. Tania K. Brazil et all. «Aranhas sinantrópicas em três bairros da cidade de Salvador, Bahia, Brasil (Arachnida, Araneae)». Scielo. Consultado em novembro de 2011  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. Cybele Celestino Santiago (1989). «A RESPEITO DAS TORRES DE DEFESA NA CIDADE DO SALVADOR». RUA, Vol. 2, No 2. Consultado em novembro de 2011  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Bahia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.