Resultados da fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2017

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2017 foi disputada entre 7 de março e 25 de maio.[1] O sorteio dos grupos ocorreu em Luque, no Paraguai, em 21 de dezembro de 2016.[2]

O campeão e o vice de cada grupo ao final de seis jogos disputados dentro dos grupos avançaram à fase final, iniciando a partir das oitavas. Os terceiros colocados de cada grupos foram transferidos para a segunda fase da Copa Sul-Americana de 2017.[2]

As datas e horários dos jogos foi anunciada pela CONMEBOL em 23 de dezembro de 2016.[3]

Critérios de desempate[editar | editar código-fonte]

De acordo com o regulamento estabelecido para as últimas edições, caso duas ou mais equipes empatassem em números de pontos ao final da segunda fase, os seguintes critérios seriam aplicados:[4]

  1. melhor saldo de gols entre as equipes em questão;
  2. maior número de gols marcados entre as equipes em questão;
  3. maior número de gols marcados como visitante entre as equipes em questão;
  4. ranking da CONMEBOL.

Grupos[editar | editar código-fonte]

Equipes classificadas para a fase final
Equipes transferidas para a segunda fase da Copa Sul-Americana de 2017
Equipes eliminadas

Todas as partidas estão no horário local.

Grupo 1[editar | editar código-fonte]

Equipe
Pts J V E D GP GC SG
Brasil Botafogo 10 6 3 1 2 6 5 +1
Equador Barcelona de Guayaquil 10 6 3 1 2 8 8 0
Argentina Estudiantes 9 6 3 0 3 7 8 –1
Colômbia Atlético Nacional 6 6 2 0 4 8 8 0
14 de março Botafogo Brasil 2 – 1 Argentina Estudiantes Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
21:00 (UTC−3)
Roger Gol marcado aos 33 minutos de jogo 33'
Rodrigo Pimpão Gol marcado aos 78 minutos de jogo 78'
Relatório Otero Gol marcado aos 61 minutos de jogo 61' Público: 30 107[5]
Árbitro: UruguaiURU Jonhatan Fuentes
14 de março Barcelona de Guayaquil Equador 2 – 1 Colômbia Atlético Nacional Estádio Monumental, Guaiaquil
19:45 (UTC−5)
Álvez Gol marcado aos 24 minutos de jogo 24'
M. Caicedo Gol marcado aos 45 minutos de jogo 45'
Relatório Mosquera Gol marcado aos 13 minutos de jogo 13' Público: 40 000[6]
Árbitro: ChileCHI Julio Bascuñán

11 de abril Estudiantes Argentina 0 – 2 Equador Barcelona de Guayaquil Estádio Ciudad de La Plata, La Plata
21:00 (UTC−3)
Relatório Mena Gol marcado aos 51 minutos de jogo 51'
Nahuelpán Gol marcado aos 90+1 minutos de jogo 90+1'
Público: 35 000[7]
Árbitro: PeruPER Víctor Carrillo
13 de abril Atlético Nacional Colômbia 0 – 2 Brasil Botafogo Estádio Atanasio Girardot, Medellín
19:45 (UTC−5)
Relatório Camilo Gol marcado aos 38 minutos de jogo 38'
Guilherme Gol marcado aos 90+2 minutos de jogo 90+2'
Público: 40 638[8]
Árbitro: ParaguaiPAR Ulises Mereles

19 de abril Estudiantes Argentina 1 – 0 Colômbia Atlético Nacional Estádio Ciudad de La Plata, La Plata
19:30 (UTC−3)
Toledo Gol marcado aos 37 minutos de jogo 37' Relatório Público: 35 000[9]
Árbitro: UruguaiURU Andrés Cunha
20 de abril Barcelona de Guayaquil Equador 1 – 1 Brasil Botafogo Estádio Monumental, Guaiaquil
19:45 (UTC−5)
Alemán Gol marcado aos 31 minutos de jogo 31' Relatório Sassá Gol marcado aos 88 minutos de jogo 88' (pen) Público: 45 174[10]
Árbitro: VenezuelaVEN Jesús Valenzuela

2 de maio Atlético Nacional Colômbia 4 – 1 Argentina Estudiantes Estádio Atanasio Girardot, Medellín
19:00 (UTC−5)
Uribe Gol marcado aos 35 minutos de jogo 35'
Moreno Gol marcado aos 44 minutos de jogo 44'
Ibargüen Gol marcado aos 46 minutos de jogo 46'
Torres Gol marcado aos 68 minutos de jogo 68'
Relatório Díaz Gol contra marcado aos 66 minutos de jogo 66' (g.c.) Público: 23 759[11]
Árbitro: PeruPER Diego Haro
2 de maio Botafogo Brasil 0 – 2 Equador Barcelona de Guayaquil Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
21:45 (UTC−3)
Relatório Ayoví Gol marcado aos 6 minutos de jogo 6'
Álvez Gol marcado aos 23 minutos de jogo 23'
Público: 34 034[12]
Árbitro: ParaguaiPAR Mario Díaz de Vivar

18 de maio Barcelona de Guayaquil Equador 0 – 3 Argentina Estudiantes Estádio Monumental, Guaiaquil
17:30 (UTC−5)
Relatório Cavallaro Gol marcado aos 28 minutos de jogo 28'
Sánchez Gol marcado aos 52 minutos de jogo 52', Gol marcado aos 79 minutos de jogo 79'
Público: 20 000[13]
Árbitro: ParaguaiPAR Eber Aquino
18 de maio Botafogo Brasil 1 – 0 Colômbia Atlético Nacional Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro
21:45 (UTC−3)
Rodrigo Pimpão Gol marcado aos 50 minutos de jogo 50' Relatório Público: 33 317[14]
Árbitro: PeruPER Víctor Carrillo

25 de maio Atlético Nacional Colômbia 3 – 1 Equador Barcelona de Guayaquil Estádio Atanasio Girardot, Medellín
19:45 (UTC−5)
Moreno Gol marcado aos 18 minutos de jogo 18' (pen)
Arreaga Gol contra marcado aos 26 minutos de jogo 26' (g.c.)
Aimar Gol contra marcado aos 67 minutos de jogo 67' (g.c.)
Relatório Ayoví Gol marcado aos 3 minutos de jogo 3' Público: 19 867[15]
Árbitro: BolíviaBOL Juan Nelio García
25 de maio Estudiantes Argentina 1 – 0 Brasil Botafogo Estádio José Luis Meiszner, Quilmes
21:45 (UTC−3)
Solari Gol marcado aos 24 minutos de jogo 24' Relatório Público: 25 000[16]
Árbitro: ChileCHI Eduardo Gamboa

Grupo 2[editar | editar código-fonte]

Equipe
Pts J V E D GP GC SG
Brasil Santos 12 6 3 3 0 11 4 +7
Bolívia The Strongest 9 6 2 3 1 9 5 +4
Colômbia Santa Fe 8 6 2 2 2 8 6 +2
Peru Sporting Cristal 2 6 0 2 4 2 15 –13
9 de março The Strongest Bolívia 2 – 0 Colômbia Santa Fe Estádio Hernando Siles, La Paz
20:00 (UTC−4)
Chumacero Gol marcado aos 54 minutos de jogo 54', Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80' Relatório Público: 25 000[17]
Árbitro: ArgentinaARG Patricio Loustau
9 de março Sporting Cristal Peru 1 – 1 Brasil Santos Estádio Nacional, Lima
19:45 (UTC−5)
Cazulo Gol marcado aos 13 minutos de jogo 13' Relatório Thiago Maia Gol marcado aos 66 minutos de jogo 66' Público: 20 000[18]
Árbitro: VenezuelaVEN José Argote

16 de março Santa Fe Colômbia 3 – 0 Peru Sporting Cristal Estádio El Campín, Bogotá
19:45 (UTC−5)
Arango Gol marcado aos 9 minutos de jogo 9'
Gómez Gol marcado aos 77 minutos de jogo 77', Gol marcado aos 90+1 minutos de jogo 90+1'
Relatório Público: 17 464[19]
Árbitro: EquadorECU Carlos Orbe
16 de março Santos Brasil 2 – 0 Bolívia The Strongest Estádio Vila Belmiro, Santos
21:45 (UTC−3)
Ricardo Oliveira Gol marcado aos 45+1 minutos de jogo 45+1'
Renato Gol marcado aos 83 minutos de jogo 83'
Relatório Público: 13 132[20]
Árbitro: ArgentinaARG Néstor Pitana

18 de abril Sporting Cristal Peru 0 – 0 Bolívia The Strongest Estádio Nacional, Lima
19:45 (UTC−5)
Relatório Público: 10 000[21]
Árbitro: ParaguaiPAR Mario Díaz de Vivar
19 de abril Santa Fe Colômbia 0 – 0 Brasil Santos Estádio El Campín, Bogotá
19:45 (UTC−5)
Relatório Público: 19 742[22]
Árbitro: ArgentinaARG Fernando Rapallini

4 de maio The Strongest Bolívia 5 – 1 Peru Sporting Cristal Estádio Hernando Siles, La Paz
18:30 (UTC−4)
Alonso Gol marcado aos 18 minutos de jogo 18' (pen), Gol marcado aos 36 minutos de jogo 36'
Chumacero Gol marcado aos 30 minutos de jogo 30'
Martelli Gol marcado aos 61 minutos de jogo 61'
Veizaga Gol marcado aos 70 minutos de jogo 70'
Relatório Bejarano Gol contra marcado aos 52 minutos de jogo 52' (g.c.) Público: 14 000[23]
Árbitro: ArgentinaARG Mauro Vigliano
4 de maio Santos Brasil 3 – 2 Colômbia Santa Fe Estádio do Pacaembu, São Paulo
21:45 (UTC−3)
Ricardo Oliveira Gol marcado aos 3 minutos de jogo 3'
Vitor Bueno Gol marcado aos 34 minutos de jogo 34'
Lucas Veríssimo Gol marcado aos 77 minutos de jogo 77'
Relatório Arango Gol marcado aos 33 minutos de jogo 33'
Perlaza Gol marcado aos 40 minutos de jogo 40'
Público: 29 798[24]
Árbitro: UruguaiURU Andrés Cunha

17 de maio Sporting Cristal Peru 0 – 2 Colômbia Santa Fe Estádio Nacional, Lima
17:30 (UTC−5)
Relatório Arango Gol marcado aos 19 minutos de jogo 19'
Plata Gol marcado aos 90+1 minutos de jogo 90+1'
Público: 5 000[25]
Árbitro: ArgentinaARG Néstor Pitana
17 de maio The Strongest Bolívia 1 – 1 Brasil Santos Estádio Hernando Siles, La Paz
18:30 (UTC−4)
Chumacero Gol marcado aos 39 minutos de jogo 39' Relatório Vitor Bueno Gol marcado aos 67 minutos de jogo 67' Público: 19 000[26]
Árbitro: ArgentinaARG Darío Herrera

23 de maio Santa Fe Colômbia 1 – 1 Bolívia The Strongest Estádio El Campín, Bogotá
19:45 (UTC−5)
Céter Gol marcado aos 25 minutos de jogo 25' Relatório López Gol contra marcado aos 38 minutos de jogo 38' (g.c.) Público: 20 000[27]
Árbitro: ParaguaiPAR Enrique Cáceres
23 de maio Santos Brasil 4 – 0 Peru Sporting Cristal Estádio Vila Belmiro, Santos
21:45 (UTC−3)
David Braz Gol marcado aos 19 minutos de jogo 19', Gol marcado aos 71 minutos de jogo 71'
Ricardo Oliveira Gol marcado aos 22 minutos de jogo 22'
Vitor Bueno Gol marcado aos 66 minutos de jogo 66'
Relatório Público: 6 632[28]
Árbitro: ParaguaiPAR José Méndez

Grupo 3[editar | editar código-fonte]

Equipe
Pts J V E D GP GC SG
Argentina River Plate 13 6 4 1 1 14 9 +5
Equador Emelec 10 6 3 1 2 8 5 +3
Colômbia Independiente Medellín 9 6 3 0 3 8 8 0
Peru Melgar 3 6 1 0 5 6 14 –8
14 de março Melgar Peru 1 – 0 Equador Emelec Estádio Monumental da UNSA, Arequipa
17:30 (UTC−5)
García Gol marcado aos 76 minutos de jogo 76' Relatório Público: 15 000[29]
Árbitro: BrasilBRA Sandro Ricci
15 de março Independiente Medellín Colômbia 1 – 3 Argentina River Plate Estádio Atanasio Girardot, Medellín
19:00 (UTC−5)
Quintero Gol marcado aos 88 minutos de jogo 88' (pen) Relatório Alario Gol marcado aos 29 minutos de jogo 29' (pen)
Driussi Gol marcado aos 33 minutos de jogo 33'
Martínez Quarta Gol marcado aos 51 minutos de jogo 51'
Público: 40 482[30]
Árbitro: BrasilBRA Wilton Sampaio

13 de abril Emelec Equador 1 – 0 Colômbia Independiente Medellín Estádio George Capwell, Guaiaquil
17:30 (UTC−5)
Preciado Gol marcado aos 66 minutos de jogo 66' Relatório Público: 20 000[31]
Árbitro: BrasilBRA Luiz de Oliveira
13 de abril River Plate Argentina 4 – 2 Peru Melgar Estádio Monumental de Núñez, Buenos Aires
21:00 (UTC−3)
Fernández Gol marcado aos 17 minutos de jogo 17'
Driussi Gol marcado aos 21 minutos de jogo 21', Gol marcado aos 66 minutos de jogo 66'
Martínez Quarta Gol marcado aos 26 minutos de jogo 26'
Relatório Herrera Gol marcado aos 4 minutos de jogo 4', Gol marcado aos 24 minutos de jogo 24' Público: 35 000[32]
Árbitro: BolíviaBOL Raúl Orosco

20 de abril Independiente Medellín Colômbia 2 – 0 Peru Melgar Estádio Atanasio Girardot, Medellín
19:00 (UTC−5)
Viola Gol marcado aos 12 minutos de jogo 12'
Mosquera Gol marcado aos 63 minutos de jogo 63'
Relatório Público: 23 508[33]
Árbitro: UruguaiURU Leodán González

26 de abril Melgar Peru 1 – 2 Colômbia Independiente Medellín Estádio Monumental da UNSA, Arequipa
19:00 (UTC−5)
Herrera Gol marcado aos 69 minutos de jogo 69' Relatório Piedrahita Gol marcado aos 72 minutos de jogo 72'
Quintero Gol marcado aos 74 minutos de jogo 74'
Público: 15 000[34]
Árbitro: BrasilBRA Anderson Daronco
27 de abril Emelec Equador 1 – 2 Argentina River Plate Estádio George Capwell, Guaiaquil
19:00 (UTC−5)
Preciado Gol marcado aos 1 minutos de jogo 1' Relatório Moreira Gol marcado aos 41 minutos de jogo 41'
Alario Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80'
Público: 40 000[35]
Árbitro: ChileCHI Roberto Tobar

10 de maio River Plate Argentina 1 – 1 Equador Emelec Estádio Monumental de Núñez, Buenos Aires
19:15 (UTC−3)
Mora Gol marcado aos 67 minutos de jogo 67' (pen) Relatório Preciado Gol marcado aos 59 minutos de jogo 59' Público: 25 000[36]
Árbitro: BrasilBRA Anderson Daronco

16 de maio Independiente Medellín Colômbia 1 – 2 Equador Emelec Estádio Atanasio Girardot, Medellín
21:15 (UTC−5)
Viola Gol marcado aos 17 minutos de jogo 17' Relatório Angulo Gol marcado aos 3 minutos de jogo 3', Gol marcado aos 26 minutos de jogo 26' Público: 27 104[37]
Árbitro: UruguaiURU Daniel Fedorczuk
18 de maio Melgar Peru 2 – 3 Argentina River Plate Estádio Monumental da UNSA, Arequipa
19:00 (UTC−5)
O. Fernández Gol marcado aos 23 minutos de jogo 23'
Herrera Gol marcado aos 61 minutos de jogo 61'
Relatório Alario Gol marcado aos 11 minutos de jogo 11'
Mayada Gol marcado aos 19 minutos de jogo 19'
Fernández Gol marcado aos 69 minutos de jogo 69'
Público: 10 000[38]
Árbitro: VenezuelaVEN Jesús Valenzuela

25 de maio Emelec Equador 3 – 0 Peru Melgar Estádio George Capwell, Guaiaquil
17:30 (UTC−5)
Orejuela Gol marcado aos 27 minutos de jogo 27'
Quiñónez Gol marcado aos 49 minutos de jogo 49'
Angulo Gol marcado aos 78 minutos de jogo 78'
Relatório Público: 20 000[39]
Árbitro: UruguaiURU Leodán González
25 de maio River Plate Argentina 1 – 2 Colômbia Independiente Medellín Estádio Monumental de Núñez, Buenos Aires
19:30 (UTC−3)
Mina Gol marcado aos 82 minutos de jogo 82' Relatório Hernández Gol marcado aos 47 minutos de jogo 47'
Mosquera Gol marcado aos 55 minutos de jogo 55'
Público: 45 000[40]
Árbitro: BrasilBRA Raphael Claus

Grupo 4[editar | editar código-fonte]

Equipe
Pts J V E D GP GC SG
Argentina San Lorenzo 10 6 3 1 2 8 8 0
Brasil Atlético Paranaense 10 6 3 1 2 9 10 –1
Brasil Flamengo 9 6 3 0 3 11 7 +4
Chile Universidad Católica 5 6 1 2 3 8 11 –3
7 de março Atlético Paranaense Brasil 2 – 2 Chile Universidad Católica Arena da Baixada, Curitiba
21:00 (UTC−3)
González Gol marcado aos 4 minutos de jogo 4'
Nikão Gol marcado aos 75 minutos de jogo 75'
Relatório Llanos Gol marcado aos 85 minutos de jogo 85'
Noir Gol marcado aos 88 minutos de jogo 88'
Público: 24 118[41]
Árbitro: ParaguaiPAR Ulises Mereles
8 de março Flamengo Brasil 4 – 0 Argentina San Lorenzo Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
21:45 (UTC−3)
Diego Gol marcado aos 47 minutos de jogo 47'
Trauco Gol marcado aos 61 minutos de jogo 61'
Rômulo Gol marcado aos 70 minutos de jogo 70'
Gabriel Gol marcado aos 87 minutos de jogo 87'
Relatório Público: 60 089[42]
Árbitro: UruguaiURU Andrés Cunha

15 de março San Lorenzo Argentina 0 – 1 Brasil Atlético Paranaense Estádio Nuevo Gasómetro, Buenos Aires
19:30 (UTC−3)
Relatório González Gol marcado aos 3 minutos de jogo 3' Público: 8 000[43]
Árbitro: EquadorECU Roddy Zambrano
15 de março Universidad Católica Chile 1 – 0 Brasil Flamengo Estádio San Carlos de Apoquindo, Santiago
21:45 (UTC−3)
Silva Gol marcado aos 74 minutos de jogo 74' Relatório Público: 14 000[44]
Árbitro: PeruPER Diego Haro

12 de abril Universidad Católica Chile 1 – 1 Argentina San Lorenzo Estádio San Carlos de Apoquindo, Santiago
21:00 (UTC−3)
Buonanotte Gol marcado aos 49 minutos de jogo 49' Relatório Blandi Gol marcado aos 19 minutos de jogo 19' Público: 15 000[45]
Árbitro: ParaguaiPAR Enrique Cáceres
12 de abril Flamengo Brasil 2 – 1 Brasil Atlético Paranaense Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
21:45 (UTC−3)
Guerrero Gol marcado aos 6 minutos de jogo 6'
Diego Gol marcado aos 15 minutos de jogo 15'
Relatório Nikão Gol marcado aos 58 minutos de jogo 58' Público: 58 558[46]
Árbitro: ColômbiaCOL Wilson Lamouroux

25 de abril San Lorenzo Argentina 2 – 1 Chile Universidad Católica Estádio Nuevo Gasómetro, Buenos Aires
21:00 (UTC−3)
Blandi Gol marcado aos 35 minutos de jogo 35'
Barrios Gol marcado aos 85 minutos de jogo 85'
Relatório Cordero Gol marcado aos 77 minutos de jogo 77' Público: 15 000[47]
Árbitro: UruguaiURU Daniel Fedorczuk
26 de abril Atlético Paranaense Brasil 2 – 1 Brasil Flamengo Arena da Baixada, Curitiba
21:45 (UTC−3)
Thiago Heleno Gol marcado aos 35 minutos de jogo 35'
Felipe Gedoz Gol marcado aos 87 minutos de jogo 87'
Relatório Willian Arão Gol marcado aos 89 minutos de jogo 89' Público: 36 519[48]
Árbitro: VenezuelaVEN José Argote

3 de maio Atlético Paranaense Brasil 0 – 3 Argentina San Lorenzo Arena da Baixada, Curitiba
21:00 (UTC−3)
Relatório Díaz Gol marcado aos 13 minutos de jogo 13'
Blandi Gol marcado aos 67 minutos de jogo 67'
Botta Gol marcado aos 90+1 minutos de jogo 90+1'
Público: 25 387[49]
Árbitro: ColômbiaCOL Wilmar Roldán
3 de maio Flamengo Brasil 3 – 1 Chile Universidad Católica Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro
21:45 (UTC−3)
Rodinei Gol marcado aos 50 minutos de jogo 50'
Guerrero Gol marcado aos 72 minutos de jogo 72'
Trauco Gol marcado aos 85 minutos de jogo 85'
Relatório Silva Gol marcado aos 66 minutos de jogo 66' Público: 60 989[50]
Árbitro: PeruPER Víctor Carrillo

17 de maio San Lorenzo Argentina 2 – 1 Brasil Flamengo Estádio Nuevo Gasómetro, Buenos Aires
21:45 (UTC−3)
Angeleri Gol marcado aos 74 minutos de jogo 74'
Belluschi Gol marcado aos 90+1 minutos de jogo 90+1'
Relatório Rodinei Gol marcado aos 13 minutos de jogo 13' Público: 35 000[51]
Árbitro: ParaguaiPAR Enrique Cáceres
17 de maio Universidad Católica Chile 2 – 3 Brasil Atlético Paranaense Estádio San Carlos de Apoquindo, Santiago
20:45 (UTC−4)
Silva Gol marcado aos 35 minutos de jogo 35'
Noir Gol marcado aos 84 minutos de jogo 84'
Relatório Eduardo da Silva Gol marcado aos 75 minutos de jogo 75'
Douglas Coutinho Gol marcado aos 81 minutos de jogo 81'
Carlos Alberto Gol marcado aos 86 minutos de jogo 86'
Público: 13 000[52]
Árbitro: UruguaiURU Jonhatan Fuentes

Grupo 5[editar | editar código-fonte]

Equipe
Pts J V E D GP GC SG
Brasil Palmeiras 13 6 4 1 1 13 9 +4
Bolívia Jorge Wilstermann 9 6 3 0 3 12 10 +2
Argentina Atlético Tucumán 7 6 2 1 3 8 10 –2
Uruguai Peñarol 6 6 2 0 4 11 15 –4
7 de março Jorge Wilstermann Bolívia 6 – 2 Uruguai Peñarol Estádio Félix Capriles, Cochabamba
18:30 (UTC−4)
Ríos Gol marcado aos 6 minutos de jogo 6', Gol marcado aos 32 minutos de jogo 32'
Thomaz Gol marcado aos 26 minutos de jogo 26' (pen)
Zenteno Gol marcado aos 73 minutos de jogo 73'
Cardozo Gol marcado aos 84 minutos de jogo 84' (pen)
Olego Gol marcado aos 87 minutos de jogo 87'
Relatório G. Rodríguez Gol marcado aos 48 minutos de jogo 48', Gol marcado aos 69 minutos de jogo 69' Público: 30 000[53]
Árbitro: PeruPER Víctor Carrillo
8 de março Atlético Tucumán Argentina 1 – 1 Brasil Palmeiras Estádio José Fierro, San Miguel de Tucumán
21:45 (UTC−3)
Zampedri Gol marcado aos 24 minutos de jogo 24' Relatório Keno Gol marcado aos 39 minutos de jogo 39' Público: 35 000[54]
Árbitro: ParaguaiPAR Mario Díaz de Vivar

15 de março Palmeiras Brasil 1 – 0 Bolívia Jorge Wilstermann Allianz Parque, São Paulo
21:45 (UTC−3)
Mina Gol marcado aos 90+5 minutos de jogo 90+5' Relatório Público: 38 419[55]
Árbitro: ChileCHI Eduardo Gamboa
16 de março Peñarol Uruguai 2 – 1 Argentina Atlético Tucumán Estádio Campeón del Siglo, Montevidéu
21:00 (UTC−3)
Hernández Gol marcado aos 66 minutos de jogo 66'
Affonso Gol marcado aos 68 minutos de jogo 68'
Relatório Menéndez Gol marcado aos 60 minutos de jogo 60' Público: 28 000[56]
Árbitro: ColômbiaCOL Wilmar Roldán

11 de abril Jorge Wilstermann Bolívia 2 – 1 Argentina Atlético Tucumán Estádio Félix Capriles, Cochabamba
18:30 (UTC−4)
Álvarez Gol marcado aos 62 minutos de jogo 62'
Cabezas Gol marcado aos 71 minutos de jogo 71'
Relatório Palomino Gol marcado aos 55 minutos de jogo 55' Público: 6 000[57]
Árbitro: ChileCHI Roberto Tobar
12 de abril Palmeiras Brasil 3 – 2 Uruguai Peñarol Allianz Parque, São Paulo
21:45 (UTC−3)
Willian Gol marcado aos 46 minutos de jogo 46'
Dudu Gol marcado aos 49 minutos de jogo 49'
Fabiano Gol marcado aos 90+9 minutos de jogo 90+9'
Relatório R. Arias Gol marcado aos 31 minutos de jogo 31'
G. Rodríguez Gol marcado aos 74 minutos de jogo 74'
Público: 38 483[58]
Árbitro: EquadorECU Roddy Zambrano

25 de abril Atlético Tucumán Argentina 2 – 1 Bolívia Jorge Wilstermann Estádio José Fierro, San Miguel de Tucumán
19:30 (UTC−3)
Canuto Gol marcado aos 50 minutos de jogo 50'
Barbona Gol marcado aos 73 minutos de jogo 73'
Relatório Cabezas Gol marcado aos 78 minutos de jogo 78' Público: 30 000[59]
Árbitro: VenezuelaVEN Juan Soto
26 de abril Peñarol Uruguai 2 – 3 Brasil Palmeiras Estádio Campeón del Siglo, Montevidéu
21:45 (UTC−3)
Affonso Gol marcado aos 12 minutos de jogo 12'
J. Arias Gol marcado aos 38 minutos de jogo 38'
Relatório William Gol marcado aos 48 minutos de jogo 48', Gol marcado aos 72 minutos de jogo 72'
Mina Gol marcado aos 62 minutos de jogo 62'
Público: 20 000[60]
Árbitro: ParaguaiPAR Enrique Cáceres

2 de maio Atlético Tucumán Argentina 2 – 1 Uruguai Peñarol Estádio José Fierro, San Miguel de Tucumán
19:30 (UTC−3)
Zampedri Gol marcado aos 76 minutos de jogo 76'
González Gol marcado aos 79 minutos de jogo 79'
Relatório G. Rodríguez Gol marcado aos 83 minutos de jogo 83' Público: 32 000[61]
Árbitro: ChileCHI Julio Bascuñán
3 de maio Jorge Wilstermann Bolívia 3 – 2 Brasil Palmeiras Estádio Félix Capriles, Cochabamba
20:45 (UTC−4)
Morales Gol marcado aos 35 minutos de jogo 35'
Machado Gol marcado aos 40 minutos de jogo 40'
Cardozo Gol marcado aos 68 minutos de jogo 68' (pen)
Relatório Guerra Gol marcado aos 45 minutos de jogo 45'
Cabezas Gol contra marcado aos 72 minutos de jogo 72' (g.c.)
Público: 22 000[62]
Árbitro: ColômbiaCOL Wilson Lamouroux

24 de maio Palmeiras Brasil 3 – 1 Argentina Atlético Tucumán Allianz Parque, São Paulo
21:45 (UTC−3)
Mina Gol marcado aos 14 minutos de jogo 14'
Willian Gol marcado aos 68 minutos de jogo 68'
Zé Roberto Gol marcado aos 90 minutos de jogo 90'
Relatório Rodríguez Gol marcado aos 56 minutos de jogo 56' Público: 37 418[63]
Árbitro: ColômbiaCOL Wilmar Roldán
24 de maio Peñarol Uruguai 2 – 0 Bolívia Jorge Wilstermann Estádio Campeón del Siglo, Montevidéu
21:45 (UTC−3)
Arias Gol marcado aos 36 minutos de jogo 36'
Villalba Gol marcado aos 41 minutos de jogo 41'
Relatório Público: 0 (PF)
Árbitro: PeruPER Michael Espinoza

Grupo 6[editar | editar código-fonte]

Equipe
Pts J V E D GP GC SG
Brasil Atlético Mineiro 13 6 4 1 1 17 6 +11
Argentina Godoy Cruz 11 6 3 2 1 10 8 +2
Paraguai Libertad 6 6 1 3 2 7 9 –2
Bolívia Sport Boys 2 6 0 2 4 8 19 –11
8 de março Sport Boys Bolívia 3 – 3 Paraguai Libertad Estádio Ramón Tahuichi Aguilera, Santa Cruz
18:30 (UTC−4)
Castillo Gol marcado aos 39 minutos de jogo 39'
Messidoro Gol marcado aos 69 minutos de jogo 69'
Coimbra Gol marcado aos 81 minutos de jogo 81'
Relatório Medina Gol marcado aos 28 minutos de jogo 28'
Salcedo Gol marcado aos 61 minutos de jogo 61', Gol marcado aos 73 minutos de jogo 73' (pen)
Público: 2 100[64]
Árbitro: EquadorECU Roddy Zambrano
8 de março Godoy Cruz Argentina 1 – 1 Brasil Atlético Mineiro Estádio Malvinas Argentinas, Mendoza
19:30 (UTC−3)
J. Correa Gol marcado aos 1 minutos de jogo 1' Relatório Fred Gol marcado aos 50 minutos de jogo 50' (pen) Público: 15 000[65]
Árbitro: ColômbiaCOL Wilson Lamouroux

11 de abril Libertad Paraguai 1 – 2 Argentina Godoy Cruz Estádio Dr. Nicolás Leoz, Assunção
18:30 (UTC−4)
Á. Cardozo Gol marcado aos 21 minutos de jogo 21' Relatório Á. González Gol marcado aos 45 minutos de jogo 45', Gol marcado aos 89 minutos de jogo 89' Público: 8 000[66]
Árbitro: UruguaiURU Daniel Fedorczuk
13 de abril Atlético Mineiro Brasil 5 – 2 Bolívia Sport Boys Estádio Independência, Belo Horizonte
19:30 (UTC−3)
Robinho Gol marcado aos 4 minutos de jogo 4'
Fred Gol marcado aos 71 minutos de jogo 71', Gol marcado aos 74 minutos de jogo 74', Gol marcado aos 88 minutos de jogo 88', Gol marcado aos 90+2 minutos de jogo 90+2'
Relatório Tenorio Gol marcado aos 10 minutos de jogo 10'
Messidoro Gol marcado aos 54 minutos de jogo 54'
Público: 18 402[67]
Árbitro: VenezuelaVEN José Argote

19 de abril Libertad Paraguai 1 – 0 Brasil Atlético Mineiro Estádio Dr. Nicolás Leoz, Assunção
20:45 (UTC−4)
Á. Cardozo Gol marcado aos 26 minutos de jogo 26' Relatório Público: 10 000[68]
Árbitro: ChileCHI Julio Bascuñán
20 de abril Godoy Cruz Argentina 2 – 0 Bolívia Sport Boys Estádio Malvinas Argentinas, Mendoza
19:30 (UTC−3)
Fernández Gol marcado aos 56 minutos de jogo 56'
J. Correa Gol marcado aos 73 minutos de jogo 73'
Relatório Público: 10 000[69]
Árbitro: EquadorECU Omar Ponce

26 de abril Atlético Mineiro Brasil 2 – 0 Paraguai Libertad Estádio Independência, Belo Horizonte
19:30 (UTC−3)
Robinho Gol marcado aos 71 minutos de jogo 71'
Cazares Gol marcado aos 88 minutos de jogo 88'
Relatório Público: 18 838[70]
Árbitro: ColômbiaCOL Wilson Lamouroux
27 de abril Sport Boys Bolívia 1 – 3 Argentina Godoy Cruz Estádio Ramón Tahuichi Aguilera, Santa Cruz
20:45 (UTC−4)
Córdoba Gol marcado aos 69 minutos de jogo 69' Relatório Á. González Gol marcado aos 41 minutos de jogo 41'
Garro Gol marcado aos 65 minutos de jogo 65'
Giménez Gol marcado aos 85 minutos de jogo 85'
Público: 3 000[71]
Árbitro: PeruPER Víctor Carrillo

3 de maio Sport Boys Bolívia 1 – 5 Brasil Atlético Mineiro Estádio Ramón Tahuichi Aguilera, Santa Cruz
18:30 (UTC−4)
Castillo Gol marcado aos 41 minutos de jogo 41' (pen) Relatório Cazares Gol marcado aos 10 minutos de jogo 10', Gol marcado aos 88 minutos de jogo 88'
Rafael Moura Gol marcado aos 16 minutos de jogo 16'
Elias Gol marcado aos 60 minutos de jogo 60'
Otero Gol marcado aos 62 minutos de jogo 62'
Público: 2 100[72]
Árbitro: VenezuelaVEN Jesús Valenzuela
4 de maio Godoy Cruz Argentina 1 – 1 Paraguai Libertad Estádio Malvinas Argentinas, Mendoza
21:00 (UTC−3)
Garro Gol marcado aos 39 minutos de jogo 39' Relatório Santacruz Gol marcado aos 23 minutos de jogo 23' Público: 27 000[73]
Árbitro: ChileCHI Roberto Tobar

16 de maio Libertad Paraguai 1 – 1 Bolívia Sport Boys Estádio Dr. Nicolás Leoz, Assunção
20:00 (UTC−4)
Rivero Gol contra marcado aos 17 minutos de jogo 17' (g.c.) Relatório Vogliotti Gol marcado aos 70 minutos de jogo 70' Público: 1 000[74]
Árbitro: VenezuelaVEN Alexis Herrera
16 de maio Atlético Mineiro Brasil 4 – 1 Argentina Godoy Cruz Estádio Independência, Belo Horizonte
21:00 (UTC−3)
Cazares Gol marcado aos 3 minutos de jogo 3', Gol marcado aos 28 minutos de jogo 28'
Elias Gol marcado aos 45+1 minutos de jogo 45+1'
Fred Gol marcado aos 48 minutos de jogo 48'
Relatório Garro Gol marcado aos 72 minutos de jogo 72' Público: 38 978[75]
Árbitro: PeruPER Michael Espinoza

Grupo 7[editar | editar código-fonte]

Equipe
Pts J V E D GP GC SG
Argentina Lanús 13 6 4 1 1 13 3 +10
Uruguai Nacional 8 6 2 2 2 5 3 +2
Brasil Chapecoense 7 6 2 1 3 6 12 –6
Venezuela Zulia 5 6 1 2 3 4 10 –6
7 de março Zulia Venezuela 1 – 2 Brasil Chapecoense Estádio José Pachencho Romero, Maracaibo
20:45 (UTC−4)
Arango Gol marcado aos 77 minutos de jogo 77' Relatório Reinaldo Gol marcado aos 32 minutos de jogo 32'
Luiz Antônio Gol marcado aos 68 minutos de jogo 68'
Público: 36 000[76]
Árbitro: EquadorECU Omar Ponce
9 de março Lanús Argentina 0 – 1 Uruguai Nacional Estádio Ciudad de Lanús, Lanús
21:00 (UTC−3)
Relatório Silveira Gol marcado aos 25 minutos de jogo 25' Público: 17 500[77]
Árbitro: ChileCHI Roberto Tobar

15 de março Nacional Uruguai 0 – 1 Venezuela Zulia Estádio Gran Parque Central, Montevidéu
19:30 (UTC−3)
Relatório Savarino Gol marcado aos 30 minutos de jogo 30' Público: 18 000[78]
Árbitro: ColômbiaCOL Wilson Lamouroux
16 de março Chapecoense Brasil 1 – 3 Argentina Lanús Arena Condá, Chapecó
19:30 (UTC−3)
Rossi Gol marcado aos 49 minutos de jogo 49' Relatório Aguirre Gol marcado aos 52 minutos de jogo 52'
Sand Gol marcado aos 66 minutos de jogo 66' (pen)
Acosta Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80'
Público: 12 484[79]
Árbitro: ParaguaiPAR Enrique Cáceres

18 de abril Lanús Argentina 5 – 0 Venezuela Zulia Estádio Ciudad de Lanús, Lanús
21:00 (UTC−3)
Acosta Gol marcado aos 4 minutos de jogo 4'
Sand Gol marcado aos 46 minutos de jogo 46'
Denis Gol marcado aos 73 minutos de jogo 73' (pen)
Silva Gol marcado aos 78 minutos de jogo 78'
Pasquini Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80'
Relatório Público: 5 000[80]
Árbitro: PeruPER Diego Haro
18 de abril Chapecoense Brasil 1 – 1 Uruguai Nacional Arena Condá, Chapecó
21:45 (UTC−3)
Reinaldo Gol marcado aos 9 minutos de jogo 9' (pen) Relatório Silveira Gol marcado aos 40 minutos de jogo 40' Público: 12 320[81]
Árbitro: EquadorECU Carlos Orbe

27 de abril Nacional Uruguai 3 – 0 Brasil Chapecoense Estádio Gran Parque Central, Montevidéu
19:30 (UTC−3)
Ramírez Gol marcado aos 17 minutos de jogo 17'
Aguirre Gol marcado aos 49 minutos de jogo 49'
Viudez Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80'
Relatório Público: 35 000[82]
Árbitro: ParaguaiPAR Eber Aquino
27 de abril Zulia Venezuela 1 – 1 Argentina Lanús Estádio José Pachencho Romero, Maracaibo
18:30 (UTC−4)
Rivillo Gol marcado aos 34 minutos de jogo 34' Relatório Sand Gol marcado aos 62 minutos de jogo 62' Público: 12 000[83]
Árbitro: ColômbiaCOL Wilmar Roldán

16 de maio Zulia Venezuela 0 – 0 Uruguai Nacional Estádio José Pachencho Romero, Maracaibo
18:30 (UTC−4)
Relatório Público: 10 000[84]
Árbitro: ChileCHI Patricio Polic
17 de maio Lanús Argentina 3 – 0[a] Brasil Chapecoense Estádio Ciudad de Lanús, Lanús
21:45 (UTC−3)
Sand Gol marcado aos 79 minutos de jogo 79' (pen) Relatório Wellington Paulista Gol marcado aos 23 minutos de jogo 23'
Luiz Otávio Gol marcado aos 87 minutos de jogo 87'
Público: 20 000[85]
Árbitro: ColômbiaCOL Wilson Lamouroux

23 de maio Nacional Uruguai 0 – 1 Argentina Lanús Estádio Gran Parque Central, Montevidéu
19:30 (UTC−3)
Relatório Silva Gol marcado aos 26 minutos de jogo 26' Público: 20 000[86]
Árbitro: ParaguaiPAR Ulises Mereles
23 de maio Chapecoense Brasil 2 – 1 Venezuela Zulia Arena Condá, Chapecó
19:30 (UTC−3)
Arthur Gol marcado aos 90 minutos de jogo 90'
Andrei Girotto Gol marcado aos 90+1 minutos de jogo 90+1'
Relatório Arango Gol marcado aos 30 minutos de jogo 30' Público: 4 423[87]
Árbitro: ColômbiaCOL Gustavo Murillo

Grupo 8[editar | editar código-fonte]

Equipe
Pts J V E D GP GC SG
Brasil Grêmio 13 6 4 1 1 15 6 +9
Paraguai Guaraní 11 6 3 2 1 9 7 +2
Chile Deportes Iquique 10 6 3 1 2 12 9 +3
Venezuela Zamora 0 6 0 0 6 6 20 –14
7 de março Deportes Iquique Chile 0 – 1 Paraguai Guaraní Estádio Zorros del Desierto, Calama
17:15 (UTC−3)
Relatório Novick Gol marcado aos 82 minutos de jogo 82' Público: 2 200[88]
Árbitro: BolíviaBOL Raúl Orosco
9 de março Zamora Venezuela 0 – 2 Brasil Grêmio Estádio Agustín Tovar, Barinas
18:30 (UTC−4)
Relatório Léo Moura Gol marcado aos 45 minutos de jogo 45'
Luan Gol marcado aos 51 minutos de jogo 51' (pen)
Público: 18 000[89]
Árbitro: ArgentinaARG Darío Herrera

11 de abril Grêmio Brasil 3 – 2 Chile Deportes Iquique Arena do Grêmio, Porto Alegre
21:45 (UTC−3)
Luan Gol marcado aos 15 minutos de jogo 15', Gol marcado aos 23 minutos de jogo 23'
Bolaños Gol marcado aos 28 minutos de jogo 28' (pen)
Relatório Caroca Gol marcado aos 60 minutos de jogo 60'
Dávila Gol marcado aos 67 minutos de jogo 67'
Público: 30 343[90]
Árbitro: UruguaiURU Esteban Ostojich
12 de abril Guaraní Paraguai 3 – 1 Venezuela Zamora Estádio Defensores del Chaco, Assunção
18:30 (UTC−4)
García Gol marcado aos 15 minutos de jogo 15'
Cabral Gol marcado aos 58 minutos de jogo 58'
Palau Gol marcado aos 90+2 minutos de jogo 90+2'
Relatório Falcón Gol marcado aos 41 minutos de jogo 41' Público: 10 000[91]
Árbitro: ArgentinaARG Néstor Pitana

19 de abril Zamora Venezuela 1 – 4 Chile Deportes Iquique Estádio Agustín Tovar, Barinas
20:00 (UTC−4)
Pérez Gol marcado aos 79 minutos de jogo 79' Relatório Bielkiewicz Gol marcado aos 7 minutos de jogo 7' (pen), Gol marcado aos 19 minutos de jogo 19'
Reynero Gol marcado aos 65 minutos de jogo 65'
Villalobos Gol marcado aos 86 minutos de jogo 86'
Público: 13 000[92]
Árbitro: PeruPER Michael Espinoza
20 de abril Guaraní Paraguai 1 – 1 Brasil Grêmio Estádio Defensores del Chaco, Assunção
18:30 (UTC−4)
López Gol marcado aos 71 minutos de jogo 71' Relatório Pedro Rocha Gol marcado aos 78 minutos de jogo 78' Público: 9 000[93]
Árbitro: ColômbiaCOL Wilmar Roldán

25 de abril Deportes Iquique Chile 4 – 3 Venezuela Zamora Estádio Zorros del Desierto, Calama
17:15 (UTC−3)
Ramos Gol marcado aos 13 minutos de jogo 13'
Caroca Gol marcado aos 81 minutos de jogo 81', Gol marcado aos 90+1 minutos de jogo 90+1'
Bielkiewicz Gol marcado aos 90+4 minutos de jogo 90+4'
Relatório Clarke Gol marcado aos 49 minutos de jogo 49' (pen)
Gallardo Gol marcado aos 64 minutos de jogo 64'
Uribe Gol marcado aos 84 minutos de jogo 84'
Público: 4 000[94]
Árbitro: BolíviaBOL Gery Vargas
27 de abril Grêmio Brasil 4 – 1 Paraguai Guaraní Arena do Grêmio, Porto Alegre
21:45 (UTC−3)
Barrios Gol marcado aos 7 minutos de jogo 7', Gol marcado aos 27 minutos de jogo 27', Gol marcado aos 78 minutos de jogo 78'
Geromel Gol marcado aos 45+3 minutos de jogo 45+3'
Relatório Léo Moura Gol contra marcado aos 33 minutos de jogo 33' (g.c.) Público: 21 300[95]
Árbitro: ArgentinaARG Patricio Loustau

3 de maio Deportes Iquique Chile 2 – 1 Brasil Grêmio Estádio Zorros del Desierto, Calama
19:30 (UTC−3)
Bielkiewicz Gol marcado aos 23 minutos de jogo 23' (pen)
Torres Gol marcado aos 48 minutos de jogo 48'
Relatório Barrios Gol marcado aos 19 minutos de jogo 19' Público: 3 000[96]
Árbitro: ArgentinaARG Germán Delfino
4 de maio Zamora Venezuela 1 – 3 Paraguai Guaraní Estádio Agustín Tovar, Barinas
20:45 (UTC−4)
Sosa Gol marcado aos 40 minutos de jogo 40' Relatório García Gol marcado aos 14 minutos de jogo 14', Gol marcado aos 51 minutos de jogo 51'
Palau Gol marcado aos 19 minutos de jogo 19'
Público: 1 500[97]
Árbitro: UruguaiURU Óscar Rojas

25 de maio Grêmio Brasil 4 – 0 Venezuela Zamora Arena do Grêmio, Porto Alegre
21:45 (UTC−3)
Luan Gol marcado aos 22 minutos de jogo 22', Gol marcado aos 28 minutos de jogo 28' (pen)
Barrios Gol marcado aos 25 minutos de jogo 25'
Pedro Rocha Gol marcado aos 63 minutos de jogo 63'
Relatório Público: 22 435[98]
Árbitro: EquadorECU Juan Albarracín
25 de maio Guaraní Paraguai 0 – 0 Chile Deportes Iquique Estádio Defensores del Chaco, Assunção
20:45 (UTC−4)
Relatório Público: 3 000[99]
Árbitro: ArgentinaARG Fernando Rapallini

Notas[editar | editar código-fonte]

  • A. ^ Foi atribuída a vitória por 3–0 ao Lanús devido ao uso de jogador irregular pela Chapecoense. Originalmente a partida terminou em 2–1 para os visitantes.[100]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «CONMEBOL revela os calendários oficiais das copas Bridgestone Libertadores e Sul-Americana». CONMEBOL. 21 de dezembro de 2016. Consultado em 24 de dezembro de 2016. 
  2. a b «Resultado do Sorteio da Copa CONMEBOL LIBERTADORES 2017». CONMEBOL. 21 de dezembro de 2016. Consultado em 24 de dezembro de 2016. 
  3. «Conmebol divulga tabela detalhada da Libertadores: veja datas e horários». GloboEsporte.com. 23 de dezembro de 2016. Consultado em 24 de dezembro de 2016. 
  4. «CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE 2017». CONMEBOL. 19 de janeiro de 2017. Consultado em 24 de janeiro de 2017. 
  5. «CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE: Vitória ajustada do Botafogo sobre Estudiantes no Rio de Janeiro». CONMEBOL. 14 de março de 2017. Consultado em 15 de março de 2017. 
  6. «CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE: Barcelona manda ver em casa e vence vigente campeão». CONMEBOL. 14 de março de 2017. Consultado em 15 de março de 2017. 
  7. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 1 » Estudiantes - Barcelona SC 0:2». Worldfootball.net. 11 de abril de 2017. Consultado em 16 de abril de 2017. 
  8. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 1 » Atlético Nacional - Botafogo RJ 0:2». Worldfootball.net. 13 de abril de 2017. Consultado em 16 de abril de 2017. 
  9. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 1 » Estudiantes - Atlético Nacional 1:0». Worldfootball.net. 19 de abril de 2017. Consultado em 25 de abril de 2017. 
  10. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 1 » Barcelona SC - Botafogo RJ 1:1». Worldfootball.net. 20 de abril de 2017. Consultado em 25 de abril de 2017. 
  11. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 1 » Atlético Nacional - Estudiantes 4:1». Worldfootball.net. 2 de maio de 2017. Consultado em 8 de maio de 2017. 
  12. «Bota perde em casa, desperdiça chance de vaga antecipada e vê Barcelona avançar». GloboEsporte.com. 2 de maio de 2017. Consultado em 8 de maio de 2017. 
  13. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 1 » Barcelona SC - Estudiantes 0:3». Worldfootball.net. 18 de maio de 2017. Consultado em 20 de maio de 2017. 
  14. «Carimba a vaga! Botafogo elimina atual campeão e se garante nas oitavas de final». GloboEsporte.com. 18 de maio de 2017. Consultado em 20 de maio de 2017. 
  15. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 1 » Atlético Nacional - Barcelona SC 3:1». Worldfootball.net. 25 de maio de 2017. Consultado em 27 de maio de 2017. 
  16. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 1 » Estudiantes - Botafogo RJ 1:0». Worldfootball.net. 25 de maio de 2017. Consultado em 27 de maio de 2017. 
  17. «CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE: The Strongest e uma batalhada vitória sobre Santa Fe». CONMEBOL. 9 de março de 2017. Consultado em 11 de março de 2017. 
  18. «CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE: Cristal e Santos empatam em partida de tirar o fôlego». CONMEBOL. 10 de março de 2017. Consultado em 11 de março de 2017. 
  19. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 2 » Santa Fe - Sporting Cristal 3:0». Worldfootball.net. 16 de março de 2017. Consultado em 17 de março de 2017. 
  20. «Ricardo Oliveira encerra jejum, Santos bate Strongest e lidera grupo na Libertadores». GloboEsporte.com. 16 de março de 2017. Consultado em 16 de março de 2017. 
  21. «Sporting Cristal e The Strongest empatam 0-0». CONMEBOL. 18 de abril de 2017. Consultado em 20 de abril de 2017. 
  22. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 2 » Santa Fe - Santos FC 0:0». Worldfootball.net. 19 de abril de 2017. Consultado em 25 de abril de 2017. 
  23. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 2 » The Strongest - Sporting Cristal 5:1». Worldfootball.net. 4 de maio de 2017. Consultado em 8 de maio de 2017. 
  24. «Em jogo de cinco gols, Santos bate o Santa Fe no Pacaembu e se aproxima das oitavas». GloboEsporte.com. 4 de maio de 2017. Consultado em 4 de maio de 2017. 
  25. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 2 » Sporting Cristal - Santa Fe 0:2». Worldfootball.net. 17 de maio de 2017. Consultado em 20 de maio de 2017. 
  26. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 2 » The Strongest - Santos FC 1:1». Worldfootball.net. 17 de maio de 2017. Consultado em 20 de maio de 2017. 
  27. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 2 » Santa Fe - The Strongest 1:1». Worldfootball.net. 25 de maio de 2017. Consultado em 27 de maio de 2017. 
  28. «Santos goleia o Cristal e garante a primeira colocação do grupo na Libertadores». GloboEsporte.com. 23 de maio de 2017. Consultado em 27 de maio de 2017. 
  29. «CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE: Melgar venció por la mínima a Emelec en Arequipa» (em espanhol). CONMEBOL. 14 de março de 2017. Consultado em 14 de março de 2017. 
  30. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 3 » Independiente Medellín - River Plate 1:3». Worldfootball.net. 15 de março de 2017. Consultado em 16 de março de 2017. 
  31. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 3 » CS Emelec - Independiente Medellín 1:0». Worldfootball.net. 13 de abril de 2017. Consultado em 16 de abril de 2017. 
  32. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 3 » River Plate - FBC Melgar 4:2». Worldfootball.net. 13 de abril de 2017. Consultado em 16 de abril de 2017. 
  33. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 3 » Independiente Medellín - FBC Melgar 2:0». Worldfootball.net. 20 de abril de 2017. Consultado em 25 de abril de 2017. 
  34. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 3 » FBC Melgar - Independiente Medellín 1:2». Worldfootball.net. 25 de abril de 2017. Consultado em 29 de abril de 2017. 
  35. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 3 » CS Emelec - River Plate 1:2». Worldfootball.net. 25 de abril de 2017. Consultado em 29 de abril de 2017. 
  36. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 3 » River Plate - CS Emelec 1:1». Worldfootball.net. 10 de maio de 2017. Consultado em 14 de maio de 2017. 
  37. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 3 » Independiente Medellín - CS Emelec 1:2». Worldfootball.net. 16 de maio de 2017. Consultado em 20 de maio de 2017. 
  38. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 3 » FBC Melgar - River Plate 2:3». Worldfootball.net. 18 de maio de 2017. Consultado em 20 de maio de 2017. 
  39. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 3 » CS Emelec - FBC Melgar 3:0». Worldfootball.net. 25 de maio de 2017. Consultado em 27 de maio de 2017. 
  40. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 3 » River Plate - Independiente Medellín 1:2». Worldfootball.net. 25 de maio de 2017. Consultado em 27 de maio de 2017. 
  41. «Atlético-PR toma dois gols após os 40 minutos e deixa escapar a vitória contra a Católica». GloboEsporte.com. 7 de março de 2017. Consultado em 9 de março de 2017. 
  42. «Festa no Maraca: Fla engrena no 2º tempo e goleia San Lorenzo na estreia da Libertadores». GloboEsporte.com. 8 de março de 2017. Consultado em 9 de março de 2017. 
  43. «CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE: Paranaense sorprende a San Lorenzo en Buenos Aires» (em espanhol). CONMEBOL. 15 de março de 2017. Consultado em 16 de março de 2017. 
  44. «CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE: Católica superó por la mínima al Flamengo en Santiago» (em espanhol). CONMEBOL. 15 de março de 2017. Consultado em 16 de março de 2017. 
  45. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 4 » Universidad Católica - San Lorenzo 1:1». Worldfootball.net. 12 de abril de 2017. Consultado em 16 de abril de 2017. 
  46. «No duelo de rubro-negros, Fla bate Atlético-PR e assume ponta do Grupo 4». GloboEsporte.com. 12 de abril de 2017. Consultado em 13 de abril de 2017. 
  47. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 4 » San Lorenzo - Universidad Católica 2:1». Worldfootball.net. 25 de abril de 2017. Consultado em 29 de abril de 2017. 
  48. «Atlético-PR vence o Flamengo e assume a liderança do Grupo 4». Lance!. 26 de abril de 2017. Consultado em 27 de abril de 2017. 
  49. «Atlético-PR perde por 3 a 0 para o San Lorenzo e cai na tabela da Libertadores». Lance!. 3 de maio de 2017. Consultado em 4 de maio de 2017. 
  50. «Em noite de Guerrero, Fla vence a Católica e fica perto de mata-mata da Libertadores». GloboEsporte.com. 3 de maio de 2017. Consultado em 4 de maio de 2016. 
  51. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 4 » San Lorenzo - Flamengo RJ 2:1». Worldfootball.net. 17 de maio de 2017. Consultado em 20 de maio de 2017. 
  52. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 4 » Universidad Católica - Atlético Paranaense 2:3». Worldfootball.net. 17 de maio de 2017. Consultado em 20 de maio de 2017. 
  53. «CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE: Wilstermann impone autoridad ante Peñarol» (em espanhol). CONMEBOL. 7 de março de 2017. Consultado em 9 de março de 2017. 
  54. «CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE: Emocionante empate entre Tucumán e Palmeiras». CONMEBOL. 8 de março de 2017. Consultado em 9 de março de 2017. 
  55. «Dramático! Palmeiras marca no último minuto e vence o Jorge Wilstermann na arena». GloboEsporte.com. 15 de março de 2017. Consultado em 16 de março de 2017. 
  56. «CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE: Peñarol vence Tucumán em Montevidéu». CONMEBOL. 16 de março de 2017. Consultado em 17 de março de 2017. 
  57. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 5 » Jorge Wilstermann - Atlético Tucumán 2:1». Worldfootball.net. 11 de abril de 2017. Consultado em 16 de abril de 2017. 
  58. «Libertadores pura! Palmeiras luta até o último segundo e vira contra o Peñarol». GloboEsporte.com. 12 de abril de 2017. Consultado em 13 de abril de 2017. 
  59. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 5 » Atlético Tucumán - Jorge Wilstermann 2:1». Worldfootball.net. 25 de abril de 2017. Consultado em 29 de abril de 2017. 
  60. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 5 » CA Peñarol - SE Palmeiras 2:3». Worldfootball.net. 26 de abril de 2017. Consultado em 29 de abril de 2017. 
  61. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 5 » Atlético Tucumán - CA Peñarol 2:1». Worldfootball.net. 2 de maio de 2017. Consultado em 8 de maio de 2017. 
  62. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 5 » Jorge Wilstermann - SE Palmeiras 3:2». Worldfootball.net. 2 de maio de 2017. Consultado em 8 de maio de 2017. 
  63. «Nada de sufoco: Palmeiras vence argentinos e passa como líder de grupo na Libertadores». GloboEsporte.com. 24 de maio de 2017. Consultado em 27 de maio de 2017. 
  64. «CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE: Sport Boys e Libertad empatam em jogo intenso». CONMEBOL. 8 de março de 2017. Consultado em 9 de março de 2017. 
  65. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 6 » CD Godoy Cruz - Atlético Mineiro 1:1». Worldfootball.net. 8 de março de 2017. Consultado em 9 de março de 2017. 
  66. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 6 » Libertad - CD Godoy Cruz 1:2». Worldfootball.net. 11 de abril de 2017. Consultado em 16 de abril de 2017. 
  67. «Com show de Fred, Atlético-MG vence Sport Boys-BOL e assume a liderança do Grupo 6 da Libertadores». GloboEsporte.com. 13 de abril de 2017. Consultado em 13 de abril de 2017. 
  68. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 6 » Libertad - Atlético Mineiro 1:0». Worldfootball.net. 19 de abril de 2017. Consultado em 25 de abril de 2017. 
  69. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 6 » CD Godoy Cruz - Sport Boys Warnes 2:0». Worldfootball.net. 20 de abril de 2017. Consultado em 25 de abril de 2017. 
  70. «Com paciência e experiência, Galo vence o Libertad-PAR e assume liderança provisória do Grupo 6». GloboEsporte.com. 26 de abril de 2017. Consultado em 28 de abril de 2017. 
  71. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 6 » Sport Boys Warnes - CD Godoy Cruz 1:3». Worldfootball.net. 27 de abril de 2017. Consultado em 29 de abril de 2017. 
  72. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 6 » Sport Boys Warnes - Atlético Mineiro 1:5». Worldfootball.net. 27 de abril de 2017. Consultado em 29 de abril de 2017. 
  73. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 6 » CD Godoy Cruz - Libertad 1:1». Worldfootball.net. 27 de abril de 2017. Consultado em 29 de abril de 2017. 
  74. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 6 » Libertad - Sport Boys Warnes 1:1». Worldfootball.net. 16 de maio de 2017. Consultado em 20 de maio de 2017. 
  75. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 6 » Atlético Mineiro - CD Godoy Cruz 4:1». Worldfootball.net. 16 de maio de 2017. Consultado em 20 de maio de 2017. 
  76. «CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE: Chapecoense e uma vitoriosa estreia». CONMEBOL. 7 de março de 2017. Consultado em 9 de março de 2017. 
  77. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 7 » CA Lanús - Nacional 0:1». Worldfootball.net. 9 de março de 2017. Consultado em 11 de março de 2017. 
  78. «CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE: triunfo histórico de Zulia FC sobre Nacional em Montevidéu». CONMEBOL. 15 de março de 2017. Consultado em 16 de março de 2017. 
  79. «Lanús usa inteligência para esfriar a Arena Condá e bate a Chapecoense de virada». GloboEsporte.com. 16 de março de 2017. Consultado em 16 de março de 2017. 
  80. «Lanús atropela Zulia por 5-0 e avança». CONMEBOL. 18 de abril de 2017. Consultado em 20 de abril de 2017. 
  81. «Filme repetido: Chape cai na manjada catimba uruguaia e tropeça no Nacional». GloboEsporte.com. 18 de abril de 2017. Consultado em 20 de abril de 2017. 
  82. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 7 » Nacional - Chapecoense 3:0». Worldfootball.net. 27 de abril de 2017. Consultado em 29 de abril de 2017. 
  83. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 7 » Zulia FC - CA Lanús 1:1». Worldfootball.net. 27 de abril de 2017. Consultado em 29 de abril de 2017. 
  84. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 7 » Zulia FC - Nacional 0:0». Worldfootball.net. 16 de maio de 2017. Consultado em 20 de maio de 2017. 
  85. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 7 » CA Lanús - Chapecoense 1:2». Worldfootball.net. 17 de maio de 2017. Consultado em 20 de maio de 2017. 
  86. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 7 » Nacional - CA Lanús 0:1». Worldfootball.net. 23 de maio de 2017. Consultado em 27 de maio de 2017. 
  87. «Heroica, Chape vira sobre o Zulia no fim e ainda aguarda recurso por Liberta». GloboEsporte.com. 23 de maio de 2017. Consultado em 27 de maio de 2017. 
  88. «CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE: Guaraní se hace cacique en el desierto» (em espanhol). CONMEBOL. 7 de março de 2017. Consultado em 9 de março de 2017. 
  89. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 8 » Zamora FC - Grêmio Porto Alegre 0:2». Worldfootball.net. 9 de março de 2017. Consultado em 11 de março de 2017. 
  90. «Após massacre no primeiro tempo, Grêmio leva susto, mas vence Iquique e lidera Grupo 8». GloboEsporte.com. 11 de abril de 2017. Consultado em 12 de abril de 2017. 
  91. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 8 » Guaraní - Zamora FC 3:1». Worldfootball.net. 12 de abril de 2017. Consultado em 25 de abril de 2017. 
  92. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 8 » Zamora FC - Deportes Iquique 1:4». Worldfootball.net. 19 de abril de 2017. Consultado em 25 de abril de 2017. 
  93. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 8 » Guaraní - Grêmio Porto Alegre 1:1». Worldfootball.net. 20 de abril de 2017. Consultado em 25 de abril de 2017. 
  94. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 8 » Deportes Iquique - Zamora FC 4:3». Worldfootball.net. 25 de abril de 2017. Consultado em 29 de abril de 2017. 
  95. «Barrios brilha com "hat-trick", Grêmio goleia o Guaraní-PAR e se isola no Grupo 8». GloboEsporte.com. 27 de abril de 2017. Consultado em 28 de abril de 2017. 
  96. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 8 » Deportes Iquique - Grêmio Porto Alegre 2:1». Worldfootball.net. 3 de maio de 2017. Consultado em 8 de maio de 2017. 
  97. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 8 » Zamora FC - Guaraní 1:3». Worldfootball.net. 4 de maio de 2017. Consultado em 20 de maio de 2017. 
  98. «Grêmio atropela Zamora na Arena e carimba vaga nas oitavas da Libertadores como líder». GloboEsporte.com. 25 de maio de 2017. Consultado em 27 de maio de 2017. 
  99. «Copa Libertadores 2017 » Grupo 8 » Guaraní - Deportes Iquique 0:0». Worldfootball.net. 25 de maio de 2017. Consultado em 27 de maio de 2017. 
  100. «Por escalação irregular, Chape é punida pela Conmebol e está fora da Libertadores». GloboEsporte.com. 23 de maio de 2017. Consultado em 23 de maio de 2017. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]