Temporada da Seleção Brasileira de Futebol em 2012 (masculina)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Seleção Brasileira de Futebol
Temporada 2012
Treinador Brasil Mano Menezes
Posição final
Jogos 14 (10 vitórias, 1 empate, 3 derrotas)
Saldo de gols 27 (40 gols marcados e 13 gols sofridos)
Artilheiro Neymar (10 gols)
◄◄ Brasil Temporada 2011 Futebol Temporada 2013 Brasil ►►
editar

A Seleção Brasileira de Futebol em 2012 não participará de nenhuma competição oficial, já que a Seleção Olímpica disputou os Jogos Olímpicos de Londres 2012 e o Superclássico das Américas é uma competição amistosa. Disputou 11 amistosos e mais um está definido.[1]

Jogadores[editar | editar código-fonte]

O Brasil jogou com os seguintes futebolistas nesta temporada:[2][3]

Jogador Pos. Time em que joga ou jogava Amistosos
J Gol marcado Penalizado com cartão amarelo PenalizadoPenalizadoExpulso Expulso
Defesa
Júlio César GL Itália Internazionale
Inglaterra Queens Park Rangers
1 -1
Diego Alves GL Espanha Valencia
Rafael GL Brasil Santos
Gabriel GL Itália Milan
Neto GL Itália Fiorentina
Thiago Silva Z Itália Milan 1
David Luiz Z Inglaterra Chelsea 1
Dedé Z Brasil Vasco da Gama
Luisão Z Portugal Benfica
Alex Sandro LE Portugal Porto
Daniel Alves LD Espanha Barcelona 1
Marcelo LE Espanha Real Madrid 1 1
Adriano LE Espanha Barcelona
Fagner LD Brasil Vasco da Gama
Meio-campo
Fernandinho V Ucrânia Shakhtar Donetsk 1
Elias V Portugal Portugal Sporting 1
Hernanes V Itália Lazio 1
Sandro V Inglaterra Tottenham 1
Paulinho V Brasil Corinthians
Fernando V Brasil Grêmio
Lucas M Brasil São Paulo 1
Ganso M Brasil Santos
Brasil São Paulo
1
Oscar M Brasil Internacional
Inglaterra Chelsea
Ataque
Ronaldinho Gaúcho A Brasil Flamengo
Brasil Atlético Mineiro
1
Hulk A Portugal Porto 1
Leandro Damião A Brasil Internacional 1
Neymar A Brasil Santos 1
Jonas A Espanha Valencia 1
Pato A Itália Milan
Treinador
Mano Menezes T

Jogos[editar | editar código-fonte]

Amistosos[editar | editar código-fonte]

Essas são as partidas amistosas disputadas ou definidas:[1]

28 de fevereiro Bósnia e Herzegovina Flag of Bosnia and Herzegovina.svg 1 – 2[4] Brasil Brasil AFG Arena, São Galo
16:00 (UTC-3)
Ibišević Gol marcado aos 12 minutos de jogo 12' Marcelo Gol marcado aos 3 minutos de jogo 3'
Papac Gol marcado aos 90 minutos de jogo 90' (g.c.)
Público: 17 500
Árbitro: SuíçaCHE Sascha Kever
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Bósnia e Herzegovina
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Brasil

26 de maio Dinamarca Flag of Denmark.svg 1 – 3[5] Brasil Brasil HSH Nordbank Arena, Hamburgo
14:30 (UTC+1)
Bendtner Gol marcado aos 70 minutos de jogo 70' Hulk Gol marcado aos 8 minutos de jogo 8', Gol marcado aos 39 minutos de jogo 39'
Zimling Gol marcado aos 12 minutos de jogo 12' (g.c.)
Público: 51 000
Árbitro: AlemanhaDEU Felix Brych (FIFA)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Dinnamarca
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Brasil

30 de maio Estados Unidos Flag of the United States.svg 1 – 4[6] Brasil Brasil FedEx Field, Landover
20:07 (UTC-5)
Gomez Gol marcado aos 44 minutos de jogo 44' Neymar Gol marcado aos 11 minutos de jogo 11' (pen)
Thiago Silva Gol marcado aos 26 minutos de jogo 26'
Marcelo Gol marcado aos 51 minutos de jogo 51'
Alexandre Pato Gol marcado aos 86 minutos de jogo 86'
Público: 67 619
Árbitro: Costa RicaCRC Jeffrey Calderon
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Estados Unidos
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Brasil

3 de junho Brasil Brasil 0 – 2[7] Flag of Mexico.svg México Cowboys Stadium, Arlington
14:00 (UTC-6)
Giovani dos Santos Gol marcado aos 21 minutos de jogo 21'
Chicharito Gol marcado aos 34 minutos de jogo 34' (pen)
Público: 84 516
Árbitro: CanadáCAN Silvio Petrescu
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Brasil
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
México

9 de junho Argentina Flag of Argentina.svg 4 – 3[8] Brasil Brasil MetLife Stadium, East Rutherford
13:00 (UTC-2)
Messi Gol marcado aos 31 minutos de jogo 31', Gol marcado aos 34 minutos de jogo 34', Gol marcado aos 84 minutos de jogo 84'
Fernandez Gol marcado aos 75 minutos de jogo 75'
Rômulo Gol marcado aos 22 minutos de jogo 22'
Oscar Gol marcado aos 55 minutos de jogo 55'
Hulk Gol marcado aos 71 minutos de jogo 71'
Árbitro: Estados UnidosUSA Jair Marrufo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Argentina
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Brasil

20 de julho Grã-Bretanha  Flag of the United Kingdom.svg 0 – 2[9] Brasil Brasil Riverside Stadium, Middlesbrough
19:45 (UTC)
Sandro Gol marcado aos 11 minutos de jogo 11'
Neymar Gol marcado aos 34 minutos de jogo 34' (pen)
Árbitro: FrançaFRA Clément Turpin
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Grã Betanha
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Brasil

15 de agosto Suécia Flag of Sweden.svg 0 – 3 Brasil Brasil Estádio Råsunda, Solna
21:00 (UTC+2)
Leandro Damião Gol marcado aos 31 minutos de jogo 31'
Alexandre Pato Gol marcado aos 83 minutos de jogo 83' Gol marcado aos 85 minutos de jogo 85' (pen)
Árbitro: HungriaHUN Viktor Kassai
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Suécia
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Brasil

7 de setembro Brasil Brasil 1 – 0[10] Bandeira da África do Sul África do Sul Estádio do Morumbi, São Paulo
15:45 (UTC-3)
Hulk Gol marcado aos 74 minutos de jogo 74' Público: 51 538
Árbitro: ArgentinaARG Nestor Pitana
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Brasil
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
África do Sul

10 de setembro[11] Brasil Brasil 8 – 0 Flag of the People's Republic of China.svg China Estádio do Arruda, Recife
22:00 (UTC-3)
Ramires Gol marcado aos 22 minutos de jogo 22'
Neymar Gol marcado aos 25 minutos de jogo 25', Gol marcado aos 53 minutos de jogo 53', Gol marcado aos 59 minutos de jogo 59'
Lucas Gol marcado aos 47 minutos de jogo 47'
Hulk Gol marcado aos 61 minutos de jogo 61'
Liu Jianye Gol marcado aos 69 minutos de jogo 69' (g.c.)
Oscar Gol marcado aos 74 minutos de jogo 74' (pen)
Público: 29 658
Árbitro: UruguaiURU Roberto Silveira
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Brasil
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
China

11 de outubro Brasil Brasil 6 – 0 Flag of Iraq.svg Iraque Estádio Swedbank, Malmö
20:30 (UTC+2)
Oscar Gol marcado aos 21 minutos de jogo 21', Gol marcado aos 26 minutos de jogo 26'
Kaká Gol marcado aos 47 minutos de jogo 47'
Hulk Gol marcado aos 55 minutos de jogo 55'
Neymar Gol marcado aos 75 minutos de jogo 75'
Lucas Gol marcado aos 79 minutos de jogo 79'
Árbitro: SuéciaSWE Martin Hansson
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Brasil
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Iraque

16 de outubro[12] Japão Flag of Japan.svg 0 – 4[13] Brasil Brasil Estádio Municipal, Wrocław
14:10 (UTC+1)
Paulinho Gol marcado aos 12 minutos de jogo 12'
Neymar Gol marcado aos 25 minutos de jogo 25', Gol marcado aos 47 minutos de jogo 47'
Kaká Gol marcado aos 74 minutos de jogo 74'
Árbitro: PolóniaPOL Marcin Borski
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Japão
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Brasil

14 de novembro[14] Brasil Brasil 1 – 1 Flag of Colombia.svg Colômbia MetLife Stadium, East Rutherford
19:30 (UTC-3)
Neymar Gol marcado aos 61 minutos de jogo 61' Cuadrado Gol marcado aos 43 minutos de jogo 43' Público: 38 624
Árbitro: Estados UnidosEUA Mark Geiger
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Brasil
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Côlombia

Superclássico das Américas[editar | editar código-fonte]

19 de setembro Brasil Brasil 2 – 1 Flag of Argentina.svg Argentina Estádio Serra Dourada, Goiânia
22:00 (UTC-3)
Paulinho Gol marcado aos 25 minutos de jogo 25'
Neymar Gol marcado aos 90+3 minutos de jogo 90+3' (pen.)
Relatório (pt)
Relatório (es)
Martínez Gol marcado aos 19 minutos de jogo 19' Público: 37 871
Árbitro: ParaguaiPAR Carlos Amarilla
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Brasil
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Argentina

21 de novembro[15][16] Argentina Flag of Argentina.svg 2 – 1 Brasil Brasil La Bombonera, Buenos Aires
21:00 (UTC-3)
Scocco Gol marcado aos 81 minutos de jogo 81' (pen.)
Scocco Gol marcado aos 89 minutos de jogo 89'
Fred Gol marcado aos 83 minutos de jogo 83' Árbitro: ChileCHI Enrique Osses
    Penalidades  
Martínez Erro (defendido)
Montillo Erro (por cima do gol)
Sebá Domínguez Convertido
Scocco Convertido
Orión Convertido
3 – 4 Convertido Thiago Neves
Convertido Jean
Erro (defendido) Carlinhos
Convertido Fred
Convertido Neymar
 
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Argentina
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Brasil

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Partidas e resultados». FIFA.com. Consultado em 11 de outubro de 2012. Arquivado do original em 25 de agosto de 2013 
  2. Iannacca, Márcio (14 de fevereiro de 2012). «Mano chama Ronaldinho e oito com idade olímpica para 1º teste do ano». GloboEsporte.com. Consultado em 18 de fevereiro de 2012 
  3. «Ex-santista Danilo é cortado do amistoso contra a Bósnia». GloboEsporte.com. 17 de fevereiro de 2012. Consultado em 18 de fevereiro de 2012 
  4. Iannacca, Márcio (28 de fevereiro de 2012). «Graças a gol contra, Brasil vence a Bósnia no primeiro desafio de 2012». GloboEsporte.com. Consultado em 29 de fevereiro de 2012 
  5. Iannacca, Márcio (26 de maio de 2012). «Gostou, Mourinho? Brasil passa pela Dinamarca em dia de Hulk e Oscar». GloboEsporte.com. Consultado em 31 de maio de 2012 
  6. Iannacca, Márcio (30 de maio de 2012). «Seleção passa por cima dos EUA e começa ganhar forma para Londres». GloboEsporte.com. Consultado em 31 de maio de 2012 
  7. Iannacca, Márcio (3 de junho de 2012). «Seleção é derrotada pelo México e perde invencibilidade de dez jogos». GloboEsporte.com. Consultado em 10 de junho de 2012 
  8. Iannacca, Márcio (10 de junho de 2012). «Messi resolve: craque faz três e derruba o Brasil nos Estados Unidos». GloboEsporte.com. Consultado em 10 de junho de 2012 
  9. «Brazil show Team GB the gold standard» (em inglês). FIFA.com. 20 de julho de 2012. Consultado em 20 de julho de 2012 
  10. Garcia, Diego; Castanho, Fábio de Mello (7 de setembro de 2012). «Hulk salva, Brasil supera vaias e bate África do Sul em palco exigente». Terra Networks. Consultado em 8 de setembro de 2012 
  11. «Brasil joga contra a China no dia 10 de setembro em Recife». ESPN. 10 de julho de 2012. Consultado em 12 de julho de 2012 
  12. «Prefeito polonês anuncia amistoso entre Brasil e Japão». Terra Networks. 13 de março de 2012. Consultado em 8 de julho de 2012 
  13. Canônico, Leandro (16 de outubro de 2012). «Arigatô, Neymar! Inspirado, craque lidera vitória do Brasil sobre o Japão». GloboEsporte.com. Consultado em 16 de outubro de 2012 
  14. Brasil fará amistoso com Colômbia em novembro
  15. «Superclássico das Américas é cancelado por falta de iluminação». UOL Esporte. 3 de outubro de 2012. Consultado em 11 de outubro de 2012 
  16. «"Superclássico" entre Brasil e Argentina é remarcado para a Bombonera». iG. 11 de outubro de 2012. Consultado em 14 de outubro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]