Wikipédia:Guerras administrativas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Crystal Clear mimetype txt.png Este ensaio contém conselhos ou opiniões de um ou mais contribuidores da Wikipédia. Ensaios não são políticas nem recomendações, mas podem representar práticas já bem difundidas na comunidade ou ainda pontos de vista de minorias. Sinta-se livre e até encorajado para melhorar a página ou discutir na página de discussão, mas tenha prudência ao considerar esses pontos de vista já previamente trabalhados.

Uma guerra administrativa é um conflito entre dois ou mais administradores no qual uns desfazem as ações administrativas de outros - em particular, desbloqueando ou voltando a bloquear um usuário; restaurando ou repetindo a eliminação de uma página; ou desprotegendo ou repondo a proteção a uma página.


Não repita uma ação administrativa quando sabe que outro administrador está contra ela. Não continue uma cadeia de reversões administrativas sem discussão prévia.


Em outros projetos do universo Wikimedia as sanções para aqueles envolvidos em guerras administrativas têm variado desde reprimendas e avisos, a bloqueios temporários ou mesmo perda do estatuto de administrador, mesmo para primeiros incidentes.[1] Para cenários de exemplo, veja-se a secção Exemplos.

Possíveis indicações e alternativas[editar código-fonte]

Possíveis indicações de guerra administrativa:

  • Administradores demasiado ansiosos para discutirem o que quer que seja.
  • Um administrador desfaz as ações de outro administrador sem consulta.
  • Um administrador ignora deliberadamente uma discussão existente (muitas vezes nos Pedidos a administradores) e implementa a sua ação ou versão do verbete preferidas.
  • Uma ação administrativa é repetidamente executada e revertida (por qualquer pessoa).

Se sentir a necessidade de entrar numa guerra administrativa, tente estas alternativas:

  • Discuta o assunto em causa com os administradores opositores.
  • Coloque o assunto nos pedidos a administradores e espere pelos comentários de outros administradores.
  • Utilize os mecanismos de resolução de disputas, como faria no caso de uma potencial guerra de edições.


A Wikipédia funciona baseada num espírito de consenso; as disputas devem ser resolvidas através da discussão civilizada e não por meio de lutas de poder.

Exemplos[editar código-fonte]

Abaixo, encontram-se alguns exemplos de cenários hipotéticos específicos que exploram a questão sobre se houve violação de Wikipedia:Guerras administrativas. Estes exemplos não pretendem incluir todas as possíveis aplicações desta política. Ainda que nenhum deles tenha o efeito de política, todos podem servir como orientação para a interpretação. De notar que numa situação deste tipo, real ou hipotética, um ou mais administradores podem muito bem ter violado esta política e outras políticas e recomendações como civilidade, neutralidade, etc.


Estes exemplos visam explicitar algumas aplicações limite desta política


caso interpretação
Admin A bloqueia Usuário X. Admin B desbloqueia usuário X. Admin A bloqueia usuário X novamente. Admin A violou Wikipedia:Guerras administrativas.
Admin A bloqueia usuário X novamente. Admin B desbloqueia usuário X novamente. Admins A e B violaram ambos Wikipedia:Guerras administrativas.
Admin C bloqueia usuário X. Admin D desbloqueia usuário X. Admin E bloqueia usuário X. Admin F desbloqueia usuário X. Nenhum admin violou Wikipedia:Guerras administrativas.
Admin C bloqueia usuário X. Admin D desbloqueia usuário X. Admin A bloqueia usuário X novamente. Admin A violou Wikipedia:Guerras administrativas.
Admin B escreve na página de discussão do Admin: Não bloqueie o usuário X. Admin A bloqueia usuário X. Admin B desbloqueia usuário X. Nenhum admin violou Wikipedia:Guerras administrativas.
Admin A protege página P. Admin B desprotege página P. Admin A protege página P novamente. Admin A violou Wikipedia:Guerras administrativas.
Admin A apaga página P. Admin B restaura página P. Admin A apaga página P novamente. Admin A violou Wikipedia:Guerras administrativas.
Admin A apaga páginas as páginas semelhantes P1, P2, P3, P4. Admin B restaura páginas P1, P2, P3, P4. Nenhum admin violou Wikipedia:Guerras administrativas.
Admin A apaga as páginas semelhantes P1, P2, P3, P4. Admin B restaura páginas P1, P2, P3, P4; mais tarde deixa um comentário na discussão de A: "Não apague este tipo de página." Admin A apaga a página semelhante P5. Admin A violou Wikipedia:Guerras administrativas.
página P é nomeada para eliminação. Segue-se a discussão. Admin A apaga página P com o sumário de edição er, pois é evidentemente um disparate. Admin B restaura página P com sumário de edição restaurando eliminação indevida; a eliminação por votação não está terminada.. Admin A apaga página P novamente. Admin B restaura página P novamente. Admins A e B violaram ambos Wikipedia:Guerras administrativas.
Admin A bloqueia Anon (IP) N por uma semana. Admin B recebe um correio electrónico onde se lê Eu edito desde o IP N, que é largamente partilhado. Não estou em incumprimento. Por favor remova este bloqueio. Admin B desbloqueia Anon N. Admin A bloqueia Anon N novamente. Admin A violou Wikipedia:Guerras administrativas. (Responsabilidade de verificar o registo de bloqueios.)
Admin B declina o desbloqueio; bloqueio expira em breve. Bloqueio expira. Admin A bloqueia Anon N novamente. Nenhum admin violou Wikipedia:Guerras administrativas. (Sem oposição.)
Admin B declina. Admin B responde por correio electrónico, dizendo Admin A errou ao bloqueá-lo. Bloqueio expira. Admin A bloqueia Anon N novamente. Nenhum admin violou Wikipedia:Guerras administrativas. (Ignorância.)
Admin B declina. Admin B deixa mensagem na discussão do Admin A, dizendo Errou ao bloquear N. Bloqueio expira. Admin A bloqueia Anon N novamente. Admin A violou Wikipedia:Guerras administrativas.

Ver também[editar código-fonte]

Notas

  1. Na wikipédia de língua inglesa a guerra administrativa já foi usada como fundamento para revogação imediata de administração após análise pelo Arbitration Committee.