Banco Santander (Brasil)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Santander Brasil
Banco Santander (Brasil), S.A.
Slogan Um banco para suas ideias
Tipo Sociedade Anônima
Cotação BM&FBovespaSANB3
BM&FBovespaSANB4
BM&FBovespaSANB11
NYSE: BSBR
Indústria Serviços financeiros
Fundação 1982
Sede Brasil São Paulo, SP
Áreas servidas Todo o Brasil
Proprietário(s) Banco Santander
Presidente Jesús Zabalza (CEO)[1]
Empregados 50.000 (2013)
Produtos Banco
Banco de varejo
Banco de investimento
Private equity
Gestão de ativos
Private bank
Asset Management
Seguros
Valor
de mercado
Aumento R$ 57,380 bilhões (Mai/2014)[2]
Lucro Baixa R$ 5,744 bilhões (2013)[3]
Faturamento Aumento R$ 81,655 bilhões (2013)[4]
Página oficial www.santander.com.br

Banco Santander Brasil é a subsidiária do banco espanhol Santander para o Brasil. Em atividade no mercado local desde 1982, é o terceiro maior[5] banco privado do Sistema Financeiro Nacional, com ativos totais de R$ 485,9 bilhões e 29 milhões de clientes no final de 2013.

A instituição conta com uma equipe de cerca de 50 mil funcionários e está presente em todas as regiões do País por meio de uma estrutura composta de mais de 3,5 mil agências e Postos de Atendimento Bancário (PABs) e cerca de 17 mil equipamentos de autoatendimento, além de escritórios regionais, centros de tecnologia e de atendimento ao consumidor e unidades culturais.

O Banco tem ações ordinárias, preferenciais e units listadas na Bolsa de Valores local, a BM&FBOVESPA, com os códigos SANB3, SANB4 e SANB11, respectivamente; além de negociar American Depositary Receipts (ADRs) na Bolsa de Valores de Nova York (código BSBR).

Histórico[editar | editar código-fonte]

Reconhecido por expandir sua presença em todo o mundo por meio de aquisições e fusões, em 1997, o Santander anunciou a compra do Banco Geral do Comércio, iniciando um processo de forte crescimento dos negócios no País. No ano seguinte, adquiriu o Banco Noroeste S.A. Em 2000, fechou dois grandes negócios: em janeiro, comprou o Conglomerado Meridional[6] , formado pelos bancos Meridional e Bozano Simonsen, e, em novembro, fez sua maior aquisição na época, ao vencer o leilão de privatização do Banco do Estado de São Paulo S.A. (Banespa)[7] , com uma oferta de mais de R$ 7,5 bilhões. Sete anos depois, o Banco participou da maior operação do setor financeiro mundial: a compra, por € 71 bilhões, do banco holandês ABN AMRO[8] pelo consórcio formado pelo Santander e pelos bancos Fortis e RBS. Com isso, o Santander assumiu os bancos Antonvenetta, da Itália (vendido meses depois) e Real. O Santander e o Banco Bonsucesso firmaram um acordo para a criação da instituição Bonsucesso Consignado para operações de crédito consignado.[9]

Governança Corporativa[editar | editar código-fonte]

A estrutura de Governança Corporativa do Banco baseia-se em duas instâncias: o Conselho de Administração e a Diretoria Executiva. Em dezembro de 2013, o Conselho era composto de oito membros, dos quais três independentes, e presidido por Celso Clemente Giacometti.

A Diretoria Executiva, por sua vez, é presidida por Jesús Zabalza. Em dezembro de 2013, era composta de 13 membros, eleitos pelo Conselho de Administração, com mandato de dois anos e possibilidade de reeleição.

Sustentabilidade[editar | editar código-fonte]

O posicionamento do Santander Brasil para sustentabilidade é baseado em três temas: Inclusão Social e Financeira, Educação e Negócios Socioambientais[10] .

O eixo de inclusão Social e Financeira passa por programas como a operação de microcrédito, que é voltada a microempreendedores com pouco acesso a capital nos canais tradicionais de crédito. Em 2013, a Santander Microcrédito superou a marca de R$ 2 bilhões em crédito concedido a pequenos empreendedores desde sua criação, em 2002.

Já o segundo eixo tem como base os diversos programas de educação do Banco. Entre eles, está o Santander Universidades, maior programa corporativo de apoio ao Ensino Superior no País, que tem 450 Instituições de Ensino Superior conveniadas e em 2013 concedeu mais de 37 mil bolsas.

Em Negócios Socioambientais, a estratégia leva em conta projetos de ecoeficiência na linha de produção, eficiência energética, consumo de água e construções sustentáveis, entre outros. Em 2013, foram destinados R$ 2 bilhões para financiamentos socioambientais.

Investimento em Tecnologia[editar | editar código-fonte]

O Banco Santander Brasil inaugurou em junho de 2014 seu Data Center, localizado na cidade de Campinas (SP). Construído em um terreno de 800 mil metros quadrados, o Centro de Processamento de Dados teve investimento de R$ 1,1 bilhão. A instalação, três vezes maior que o espaço que abrigava até então os equipamentos responsáveis pelo processamento e armazenamento de dados do Banco, tem capacidade de armazenamento superior a 5 petabytes (ou 5 milhões de gigabytes), com capacidade de processar uma média de 210 milhões de transações diárias. O novo Data Center possui ainda a certificação TIER IV, que garante 99,995% de disponibilidade.[11]

Investimento Social e Cultural[editar | editar código-fonte]

A atuação do Banco em investimento social é orientada pelas seguintes diretrizes: fortalecer políticas públicas e não realizar ou apoiar ações isoladas; dialogar e fazer junto com a comunidade e não para ela; apoiar locais onde o Santander Brasil tem presença comercial, mas não somente; monitorar as atividades e avaliar o resultado social.

Em relação ao investimento cultural, o Santander Brasil incentiva projetos que estimulem a criatividade e a inovação, a transferência de conhecimento, o consumo consciente e o empreendedorismo.

Principais Reconhecimentos (2013 E 2014)[editar | editar código-fonte]

- Ethical Awards 2014. O Santander Brasil recebeu o reconhecimento pelo projeto Reduza e Compense Co2.[12]

- beyondBanking - BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). O Santander Brasil conquistou a categoria Planet Banking com o case do Programa Reduza e Compense CO2 – 2014; [13]

- Sustainable Finance Awards - Financial Times e IFC (International Finance Corporation). Reconhecido como o Banco Mais Sustentável das Américas – 2013;[14]

- Anuário Época 360° - revista Época Negócios. O Banco venceu na dimensão Responsabilidade Socioambiental – 2013;[15]

- Melhores Empresas para Começar a Carreira - revista Você S/A. O Santander Brasil foi uma das 35 empresas eleitas na lista – 2013.[16]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um banco ou instituição financeira é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.