Conflitos pós-soviéticos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Conflitos pós-soviéticos são uma série de conflitos armados que envolveram os países da antiga União Soviética nos anos após a sua separação. Alguns destes conflitos terminaram em um impasse ou sem um tratado de paz, e são referidos como conflitos congelados.

Ásia Central[editar | editar código-fonte]

Guerra Início Fim Detalhe
Revoltas Osh (1990) 1990 1990 Conflito étnico entre quirguizes e uzbeques.
Guerra Civil do Tadjiquistão 1992 1997 Começou quando grupos étnicos da regiões Garm e Gorno-Badakhshan, que foram sub-representados na elite dominante, se revoltaram contra o governo nacional do presidente Rahmon Nabiyev, em que pessoas de Leninabad e Kulyab dominavam essas regiões. A guerra terminou com a assinatura do "Acordo Geral sobre o Estabelecimento da Paz e Acordo Nacional do Tajiquistão" e o "Protocolo de Moscou".[1]
Revoltas no sul do Quirguistão de 2010 2010 2010 Confrontos entre grupos étnicos quirguizes e uzbeques no sul do Quirguistão, principalmente nas cidades de Osh e Jalal-Abad, no rescaldo da expulsão do ex-presidente Kurmanbek Bakiyev em 7 de abril.

Norte do Cáucaso[editar | editar código-fonte]

Guerra Início Fim Detalhe
Conflito na Ossétia do Norte de 1992 1992 1992 Conflitos inter-étnicos na parte oriental do distrito de Prigorodny .
Primeira Guerra da Chechênia 1994 1996 As tropas russas invadiram a Chechênia depois que esta declarou sua independência, mas se retiraram em 1996, levando a uma independência de facto da Chechênia .
Invasão do Daguestão (1999) 1999 1999 O Brigada Internacional Islâmica invadiu a república russa vizinha do Daguestão em apoio do Shura do Daguestão.
Segunda Guerra da Chechênia 1999 2009 Rússia restabelece o controle federal da Chechênia.
Guerra Civil na Inguchétia 2007 Insurgência separatista na Inguchétia
Insurgência no Cáucaso Norte 2000 Insurgência separatista na Chechênia, Daguestão, e outras partes da região do Cáucaso do Norte.

Georgia[editar | editar código-fonte]

Guerra Início Fim Detalhe
Guerra da Ossétia do Sul (1991-1992) 1991 1992 O conflito separatista leva à independência de facto da Ossétia do Sul.
Guerra Civil na Geórgia 1991 1993 Conflitos inter-étnicos e intranacionais nas regiões da Ossétia do Sul e Abcásia.
Guerra na Abecásia (1992–1993) 1992 1993 Separatismo abcaz conduz à independência de facto da Abcásia da Geórgia.
Guerra na Abecásia de 1998 1998 1998 Georgianos étnicos lançaram uma insurgência contra o governo separatista Abcásia.
Crise na Adjária de 2004 2004 2004 Uma revolta popular derrubou o governante autocrático Aslan Abashidze, Adjária é reintegrado dentro da Georgia.
Guerra na Ossétia do Sul em 2008 2008 2008

Outros conflitos[editar | editar código-fonte]

Guerra Início Fim Detalhe
Guerra de Nagorno-Karabakh 1988 1994 O separatismo étnico armênio conduz à independência de facto da República de Nagorno-Karabakh.
​​Tentativa de golpe de Estado na União Soviética em 1991 1991 1991 Tentativa de golpe contra Mikhail Gorbachev.
Guerra da Transnístria 1992 1992 Transnístria, que está de facto independente da Moldávia, declarou sua independência em 1990, devido à sua maior parte população de língua russa temer a união com Romênia. Um cessar-fogo entre as forças da Transnístria e as forças moldavas está em vigor desde 1992, reforçado pela presença de forças russas na Transnístria.[2]
Crise constitucional russa de 1993 1993 1993 Impasse político entre o presidente russo e o parlamento russo que foi resolvido pelo uso da força militar.

Referências