Sonic the Hedgehog (jogo eletrônico de 1991)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde Setembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Sonic the Hedgehog
Capa da versão brasileira do jogo
Desenvolvedora Sonic Team
Publicadora(s) Sega
Designer Hirokazu Yasuhara
Compositor(es) Masato Nakamura
Plataforma(s) Mega Drive, Game Gear
Série Sonic the Hedgehog
Conversões/
relançamentos
Game Boy Advance
Data(s) de lançamento Mega Drive:

Gameboy Advance:

XBLA:

Virtual Console:
Gênero(s) Plataforma
Modos de jogo Single player
Número de jogadores 1 jogador
Classificação Permitido para todas as idades i DEJUS (Brasil)
Inadequado para menores de 6 anos i ESRB (América do Norte)
Inadequado para menores de 3 anos i PEGI (Europa)
Mídia Cartucho de 4 megabits (MD)
Controles Gamepad
Último
Último
Sonic the Hedgehog 2
Próximo
Próximo

Sonic the Hedgehog (ソニック・ザ・ヘッジホッグ,, Sonikku za Hejjihoggu?) é um jogo eletrônico lançado pela Sega em 23 de junho de 1991 para o Mega Drive, e lançou a carreira do ouriço Sonic. O jogo realmente alavancou o Mega Drive na América do Norte (onde o console é conhecido por Genesis), e substituiu Altered Beast acompanhando o console.

Em Dezembro de 1991 foi lançada uma conversão em 8-bits para o Game Gear(console portátil da Sega) e Master System (que fazia sucesso no Brasil e na Europa).

História[editar | editar código-fonte]

Um cientista louco chamado Dr. Robotnik quer dominar o mundo roubando as Esmeraldas do Caos, e para isso montou uma base na ilha em que Sonic mora, e transformando os animais da ilha em robôs escravos. Sonic não gostou nada disso e resolveu acabar com os planos de Robotnik. Especialmente porque as Esmeraldas só podem ser encontradas por Sonic, quando ele entra em uma zona criada por sua velocidade e uma boa quantidade de Rings.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Anéis que devem ser colecionados por Sonic.

O jogo é um típico plataforma, com fases divididas em 3 atos, sendo que no terceiro se enfrenta Robotnik como o chefe. O jogador tem 10 minutos para completar cada ato.

O jogo não salva nem possui passwords, exceto com artimanhas, pois há o Debug Mode e a Seleção de Fases. Como não há forma de salvar o jogo, o jogador tem de jogar direto e recomeçar tudo de novo se acabarem os continues.

Mas há algumas inovações: terrenos inclinados e Sonic,por ser um ouriço, podia matar inimigos encolhendo numa bola e "atropelando-os". Encolhendo-se em ladeiras dava impulso com possibilidade de subir ladeiras. "Loops" de 360 graus só são atravessado se já tiver velocidade e Sonic é "freado" e tem dificuldade de pular dentro d'água.

Itens[editar | editar código-fonte]

Monitor que contém um escudo protetor.

Ao longo dos estágios há anéis, e se Sonic tiver pelo menos um, não morre ao ser atingido (apenas perde-os). 100 anéis dão uma vida e 200 anéis também (só pela primeira vez que os pega em um ato). E com 50 anéis no final de um ato, pode-se adentrar a fase especial para tentar recuperar Esmeraldas.

monitores espalhados pelos estágios. Os com um anel dão 10 anéis; os com um sapato aceleram o jogo; os com Sonic desenhado dão uma vida; os com uma névoa azul dão um escudo; e um com estrelinhas dão invencibilidade temporária.

Quando Sonic passa por um poste este serve de "check point", no qual Sonic recomeça se morrer.

Fases[editar | editar código-fonte]

  • Green Hill Zone (Zona da Colina Verde): Uma planície gramada, com lagos azulados e chão "xadrez" laranja, que se tornaria marca registrada, sendo o padrão para "primeiras fases" da série. É uma fase tão popular que voltou em jogos como Sonic Battle, Sonic Adventure 2, e Sonic Generations, além de figurar na versão 8-bit de Sonic the Hedgehog 2.
  • Marble Zone (Zona de Mármore): A Zona do Mármore é ambientada na cultura grego-romana, cheia de caminhos subterrâneos, plataformas móveis, obstáculos, lava e montanhas de calcário.
  • Spring Yard Zone (Zona do Jardim das Molas): Uma cidade, com paredes treliçadas e vários equipamentos de pinball, como molas e flippers, e algumas esferas com espinhos. Fase noturna e nublada, parcialmente precursora da Casino Night Zone, de Sonic 2.
  • Labyrinth Zone (Zona dos Labirintos): Um Labirinto com cachoeiras com armadilhas e muitas partes com água, sendo a primeira fase com água. Sonic pode ficar 20 segundos submerso até começar uma contagem regressiva (5 respirações em contagem decrescente - 12 segundos) no qual ao fim Sonic se afoga. Pode se salvar saindo da água ou coletando bolhas de ar.
  • Star Light Zone (Zona da Luz Estelar): Um nível urbano, com caminhos sombrios e semelhantes a uma montanha-russa, além de gangorras e ventiladores que dão impulso,que só com muito fôlego sonic passa. Possui um lindo céu estrelado. Alguns inimigos são indestrutíveis, como bombas que se ativam quando Sonic se aproxima, pelo seu nome, de luz estelar, a musica simplesmente pareceuma versão robórica de brilha brilha estrelinha (uma música de ninar.)
  • Scrap Brain Zone (Zona da Sucata Cérebral): A cidade-indústria de Robotnik, com perigosas motoserras e blocos giratórios que desaparecem, alem da repetição de Labyrinth Zone no ato 3(só que dominada por Robotnik, com chão cinza e água roxa). Há confronto com Robotnik no Ato 2 (no qual ele se esconde num campo de força, lança Sonic na labyrinth Zone e foge. Ao final do ato 3, Sonic irá diretamente para a Final Zone. Metallic Madness foi baseada nela.
  • Final Zone (Zona Final): Dentro de um grande motor, 4 espécies de cápsulas tentam esmagar Sonic, uma delas com o Dr. Robotnik dentro e raios energéticos (faiscas de detonação) são soltos. Aqui Sonic não possui um único anel.
  • Special Stages (Estagios Especiais): Nestas fases especiais, Sonic se transforma em uma bola e rola por um campo cheio de objetos de colisão chamados "bumpers". O objetivo das fases é pegar a Esmeralda do Caos que se encontra no meio de uma barreira de "cristais", evitando ser jogado para o Goal. O Goal te leva pra fora do estágio, sem esmeralda. Se, no Estágio Especial, você pegar 100 anéis ganha uma vida e 50 anéis um continue (Mais três vidas após o contador chegar a zero, possibilitando o jogador de continuar após o Game Over). Você só terá o final feliz e verdadeiro do jogo se tiver as 6 Esmeraldas do Caos, nas quais nos próximos jogos viriam a ser sete.

Gráficos[editar | editar código-fonte]

Os gráficos são alguns dos mais complexos da geração 16-bit, com animação em praticamente todo item, e utilizando toda a paleta de cores do Mega Drive. Os personagens foram desenhados por Naoto Ohsima, e os níveis, por Jina Ishiwatari e Reiko Kodama. Eles também se destacam pelas cores vivas e por backgrounds (planos de fundo) muito bem desenhados.

Música[editar | editar código-fonte]

A música de Sonic foi composta por Masato Nakamura, do grupo japonês Dreams Come True (que fez a estréia de Sonic em sua turnê nacional em 1990, ao estampar Sonic no ônibus e distribuiu panfletos). A música foi feita num computador Atari, com o limite de 4 sons simultâneos.

Nakamura fez a música simultaneamente com um álbum do DCT (tanto que 2 músicas, a de Green Hill Zone e Star Light Zone, viraram músicas do grupo), a partir de ROMs inacabados e descrições das fases por parte dos produtores. Ele quis dar um "tom cinematográfico", com músicas calmas em fases tranquilas, músicas mais intensas na hora de batalhar chefes, etc.

Remixes de músicas de Sonic são populares na internet. A banda brasileira Megadriver fez uma versão. Um espanhol chamado Gori Fater tocou as músicas no piano, com partituras e um vídeo.

Versões[editar | editar código-fonte]

8 bits[editar | editar código-fonte]

Esta versão para Master System e Game Gear, apesar de compartilhar algumas semelhanças, é muito diferente da versão de Mega Drive.

Game Boy Advance[editar | editar código-fonte]

Em 2006, aproveitando o 15º aniversário de Sonic, a Sega of America anunciou uma conversão de Sonic 1 para o Game Boy Advance, denominada Sonic the Hedgehog Genesis. O jogo fora refeito um sistema para salvar progresso, e um modo Aniversário em que pode se usar o Spin Dash (movimento em que Sonic toma impulso parado, que só estrearia em Sonic 2). O jogo fora redimensionado para caber na tela larga do GBA, e um modo de selecionar fases fora incluído. Mas o jogo fora muito mal-recebido por ser extremamente lento e cheio de bugs.

Compilações[editar | editar código-fonte]

Downloads[editar | editar código-fonte]

Outras[editar | editar código-fonte]

  • Uma conversão para celulares Panasonic foi feita pelo próprio Sonic Team, e lançada em 2005. A única diferença é a falta de fases especiais.
  • O arcade europeu Mega Play, com jogos do Mega Drive, incluia Sonic sem fases especiais, e um tempo limitado para terminar cada fase.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
'
Lista de jogos do Sonic the Hedgehog
1991
Sucedido por
Sonic the Hedgehog 2 (16-bit)