Estação Bresser-Mooca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Metrô-SP icon.svg Bresser–Mooca
Entrada da estação.
Uso atual Estação de Metrô Estação de metrô
Proprietário Bandeira do estado de São Paulo.svg Governo do Estado de São Paulo
Administração Metrô-SP icon.svg Metrô de São Paulo
Linha 3red.png Vermelha
Sigla BRE
Plataformas Central
Serviços Acesso à deficiente físico Táxi Terminal rodoviário Escada rolante Bicicletário
Informações históricas
Nome antigo Bresser
Inauguração 23 de agosto de 1980 (39 anos)
Projeto arquitetônico Themag Engenharia [1]
Localização
Localização Rua do Hipódromo, s/nº,
Brás (lado norte) e
Mooca (lado sul).
Próxima estação
Sentido
Palmeiras–Barra Funda
3red.png Sentido
Corinthians–Itaquera
Brás Belém
Bresser–Mooca

A Estação Bresser–Mooca é uma das estações da Linha 3–Vermelha do metrô da cidade brasileira de São Paulo. Foi inaugurada em 23 de agosto de 1980.[2]

Chamava-se apenas "Estação Bresser" até 25 de julho de 2006, quando o Diário Oficial do Estado publicou o decreto nº 50.995, assinado no dia anterior pelo então Governador Cláudio Lembo, alterando seu nome para o utilizado atualmente.

Características

Aspecto da estrutura pré-moldada da estação Bresser-Mooca.

Foi a primeira estação pré-moldada do Metrô de São Paulo.[3] Estação semielevada com mezanino de distribuição sobre plataforma central em superfície, estrutura em concreto aparente e cobertura com pré-moldados de concreto.[2] Originalmente previa-se que seria uma estação subterrânea.[4] Possui acesso para pessoas portadoras de deficiência física através de rampas e capacidade de até vinte mil passageiros por dia.[2]

Projetos

Estuda-se uma integração com uma linha que sairia desta estação, tendo como destino a estação Corifeu. Para tanto, o antigo Terminal Rodoviário Bresser seria destruído para construção da estação.

Obras de arte

A estação não faz parte do Roteiro da Arte nas Estações do Metrô de São Paulo.[5]

Tabelas

Linha Terminais Estações Principais destinos Duração das viagens (min) Intervalo entre trens (min) Funcionamento
3
Vermelha
Palmeiras–Barra FundaCorinthians–Itaquera 18 Barra Funda, Santa Cecília, República, Sé, Brás, Belém, Tatuapé, Penha, Vila Matilde, Artur Alvim, Itaquera 32 2 Diariamente, das 4h40 à 0 hora. Aos sábados, até a 1 hora de domingo.
Sigla Estação Inauguração Capacidade Integração Plataformas Posição Notas
BRE Bresser–Mooca 23 de agosto de 1980 20 mil passageiros hora/pico Bilhete Único da SPTrans Central Superfície Teve nome alterado, em 25 de julho de 2006, para "Bresser–Mooca"
Precedido por
Brás
Distância: 873 metros
Linha 3–Vermelha do Metrô
Bresser–Mooca
Sucedido por
Belém
Pátio Belém
Distância: 1 825 metros

Referências

  1. «Transportes» (PDF). Themag Engenharia. Consultado em 11 de junho de 2019 
  2. a b c Metrô de São Paulo. «Estação Bresser-Mooca». Consultado em 2 de abril de 2019 
  3. "Muitas árvores, muito verde no metrô", Regina Helena Teixeira, Jornal da Tarde, 14/1/1980, pág. 32
  4. "A linha vai correr pelos leitos da Central", Jornal da Tarde, 16/8/1973, pág. 16
  5. [1] Roteiro de Arte - Metrô de São Paulo

Ligações externas

Ícone de esboço Este artigo sobre Metropolitanos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.