Estação Moema

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção se refere ou tem relação com uma construção atualmente em andamento.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (Editado pela última vez em 23 de janeiro de 2018.)
Applications-development current.svg


Metrô-SP icon.svg Moema
Obras da estação em setembro de 2016, com a Igreja de Nossa Senhora Aparecida de Moema ao fundo.
Uso atual Estação de Metrô Estação de Metrô
Administração Metrô-SP icon.svg Metrô de São Paulo
Linha 5roxo.png Linha 5 - Lilás
Sigla MOE
Posição Subterrânea
Plataformas Laterais
Serviços Acesso à deficiente físico Escada rolante Elevador
Conexões Terminal rodoviário
Informações históricas
Inauguração fevereiro de 2018.[1]
Localização
Coordenadas 23° 36' 13" S 46° 39' 43" O
Endereço Confluência entre a Av. Ibirapuera com a Av. Divino Salvador - Indianópolis - Moema
Município Bandeira da cidade de São Paulo.svg São Paulo
Próxima estação
Sentido Capão Redondo 5roxo.png Sentido Chácara Klabin
Eucaliptos AACD-Servidor
Moema

A Estação Moema é uma das futuras estações do metrô da cidade brasileira de São Paulo. Pertencerá à Linha 5-Lilás, que atualmente encontra-se em expansão, e deverá chegar à estação Chácara Klabin da Linha 2-Verde.

A Estação ficará localizada em uma confluência entre a Avenida Ibirapuera com a Avenida Jamaris e a Avenida Divino Salvador, no bairro de Indianópolis, no distrito de Moema, na Zona Centro-Sul de São Paulo. [2]

Assim como a Estação Eucaliptos, a Estação Moema possuirá integração tarifada com o Corredor de Ônibus Ver. José Diniz - Ibirapuera - Centro, na Avenida Ibirapuera, em frente a estação. [3]

Inicialmente, a previsão de entrega da estação era para o ano de 2014, mas uma suspeita de corrupção por meio de um conluio de empresas vinda da Promotoria acabou suspendendo as obras por 15 meses, gerando o atraso. Por conta disso e também pelo fato das desapropriações também terem adiado o início das obras, a inauguração da estação acabou sendo postergada para 2018. [4]

Posteriormente, devido ao adiantamento das obras, o Governador Geraldo Alckmin adiantou a entrega da estação para dezembro de 2017, junto com a Estação Eucaliptos,[5]porém em novembro de 2017 o metrô cravou que a entrega das estações será "nos próximos meses".[6]

Assim como sobre outras estações da Linha 5, a Estação Moema possuirá uma área verde. A mesma poderá contar com eventos como campanhas de vacinação, feiras e exposições. A iniciativa foi aprovada pela presidente da Associação dos Moradores de Moema, segundo ela, a associação deseja que sejam evitados os cortes e retiradas de árvores por causa da obra. Um estudo realizado pela empresa Tiisa apontou a possibilidade de manutenção de 76 árvores, transplantações de 6 e remoção de 33 nas obras das estações Moema e Eucaliptos. 110 árvores seriam plantadas para compensar o impacto causado pelas obras.[7][8]

Originalmente nos planos do Metrô de São Paulo de 1968, a Estação Moema seria a estação terminal da primeira fase de um Ramal da Linha 1-Azul, partindo da atual Estação Paraíso, seguindo pela Avenida 23 de Maio e posteriormente pela Avenida Ibirapuera. A segunda fase de expansão do Ramal, seguiria até a Estação Santo Amaro, e provavelmente possuiria um trajeto semelhante da atual Linha 5-Lílas. [9] [10]

Características[editar | editar código-fonte]

Sigla Estação Inauguração Capacidade Integração Plataformas Posição Notas
MOE Moema fevereiro de 2018 Não confirmada Bilhete Único da SPTrans
Corredor Ver. José Diniz - Ibirapuera - Centro
Laterais Subterrânea Em construção

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Eucaliptos
Distância: 840 metros
Linha 5 - Lilás do Metrô
Moema
Sucedido por
AACD-Servidor
Distância: 1174 metros


Funcionamento da Linha[editar | editar código-fonte]

Linha Terminais Estações Principais destinos Duração das viagens (min) Intervalo entre trens (min) Funcionamento
5
Lilás
Capão RedondoChácara Klabin 17 Vila mariana, Ibirapuera, Moema, Brooklin, Santo Amaro, Jardim São Luiz, Campo Limpo, Capão Redondo 13 6 Diariamente, das 4h40 à 0h00

Referências

  1. Phelipe Guedes (22 de novembro de 2017). «Governo adia inauguração de 6 novas estações da Linha Lilás do Metrô para 2018». G1/SP1. Consultado em 23 de novembro de 2017 
  2. «Projeto Funcional e Relatório de Empreendimentos da Linha 5-Lílas» (PDF). Site oficial do Metrô de São Paulo. p. 18. Consultado em 15 de janeiro de 2017 
  3. «Terminais, Paradas e Corredores da SPTrans - Corredores de Ônibus de São Paulo». Site oficial da SPTrans. Consultado em 15 de janeiro de 2017 
  4. «Atraso na linha 4 do metrô trará duplo dano financeiro ao governo de São Paulo». André Monteiro e Gustavo Uribe - Folha de S.Paulo. Consultado em 15 de janeiro de 2017 
  5. São Paulo, O Estado de (2 de novembro de 2016). «Metrô atrasa 2 meses de repasses para obras da Linha 5». Estadão São Paulo. Consultado em 5 de março de 2017 
  6. Bazani, Adamo (10 de novembro de 2017). «Novas estações da linha 5 Lilás do Metrô terão horário ampliado a partir de segunda-feira, 13». Diário do Transporte. Consultado em 11 de novembro de 2017 
  7. Valle, Caio do (22 de março de 2012). «Estações da Linha 5 terão praça». estadao.com.br. Consultado em 26 de maio de 2013 
  8. «Metrô SP - Linha 5 / Lilás». tiisa.com.br. Consultado em 26 de maio de 2013 
  9. «Estruturas esquecidas mostram antigos projetos do Metrô de São Paulo». Renato Lobo, Via Trolebus. Consultado em 15 de janeiro de 2017 
  10. «Como o Metrô poderia ter sido». Alexandre Giesbrecht, Histórias Paulistanas. Consultado em 15 de janeiro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre Metropolitanos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.