Estação Brooklin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Metrô-SP icon.svg Brooklin
Estação durante o término das obras.
Uso atual Estação de Metrô Estação de Metrô
Administração Metrô-SP icon.svg Metrô de São Paulo
Linhas 5roxo.png Linha 5 - Lilás
Sigla BRK
Posição Subterrânea
Plataformas Centrais
Serviços Acesso à deficiente físico Escada rolante Elevador Banheiro Venda de Bilhetes Bicicletário
Conexões Terminal rodoviário Corredor Santo Amaro
Terminal rodoviário Corredor Diadema-Morumbi
Informações históricas
Nomes antigos Brooklin-Campo Belo
Inauguração 6 de setembro de 2017 (0 mês)
Localização
Coordenadas 23° 37' 37.25" S 46° 41' 18" O
Endereço Confluência entre a Av. Santo Amaro com a Av. Roque Petroni Júnior - Jardim das Acacias - Santo Amaro
Município Bandeira da cidade de São Paulo.svg São Paulo
País  Brasil
Próxima estação
Sentido Capão Redondo 5roxo.png Sentido Brooklin
Borba Gato -
Brooklin


A Estação Brooklin é uma das estações do metrô da cidade brasileira de São Paulo.[1] Pertence à Linha 5-Lilás, que atualmente encontra-se em expansão, e deverá chegar à estação Chácara Klabin da Linha 2-Verde.

A estação está localizada em uma confluência entre a Avenida Santo Amaro com a Avenida Roque Petroni Júnior, no bairro do Jardim das Acacias, no distrito de Santo Amaro, na Zona Centro-Sul de São Paulo. [2]. A princípio, a estação iria chamar-se Brooklin-Campo Belo.

Inicialmente, a previsão de entrega da estação era para o ano de 2014, mas uma suspeita de conluio de empresas vinda da Promotoria acabou suspendendo as obras por 15 meses, gerando o atraso. Por conta disso, a inauguração da estação acabou sendo postergada para 2018. [3] Posteriormente, devido ao adiantamento das obras, o Governador Geraldo Alckmin adiantou a entrega das estações Alto da Boa Vista, Borba Gato e Brooklin para julho de 2017. [4][5] Porém, em 1º de setembro de 2017, após inúmeros atrasos o Metrô de SP confirmou oficialmente que a inauguração das Estações Alto da Boa Vista, Borba Gato e Brooklin[6] ocorreria dentro de poucos dias. A estação Brooklin foi inaugurada oficialmente em 6 de setembro de 2017.[7]

Demanda[editar | editar código-fonte]

A funcionalidade da estação se deve ao fato da mesma atender o Corredor de Transporte Coletivo da Avenida Santo Amaro e possuir integração com o Corredor Diadema-Morumbi, importantes eixos de ligação entre a região do Itaim Bibi e o distrito de Santo Amaro, a região do Morumbi e a cidade de Diadema, respectivamente. Além disso, a estação atende à demanda lindeira por estar localizada em um bairro residencial e possuir vários estabelecimentos e empreendimentos comerciais nas suas redondezas, como o Carrefour, a Drogaria Iguatemi, a Universidade Anhembi Morumbi, Morumbi Shopping, Market Place, entre outros.

Características[editar | editar código-fonte]

Estação subterrânea com uma plataforma central no piso inferior, possui quatro escadas rolantes e duas escadas fixas nas extremidades da estação que ligam a plataforma ao mezanino, além de um elevador para deficientes físicos localizado no eixo central da estação, interligando os três níveis abaixo da superfície.

A estação possui mais dois pares de escadas rolantes ao lado de uma escada fixa, em cada lado do eixo central estação, interligando o mezanino ao nível das bilheterias e dos bloqueios. No nível acima do mezanino, localizam-se as bilheterias e os bloqueios. Um elevador, quatro escadas rolantes e uma escada fixa ficam localizadas no acesso principal da estação. Outras duas escadas rolantes e uma escada fixa acompanhadas de um elevador ficam no acesso secundário do outro lado da Avenida Santo Amaro.

A edificação das salas técnicas e operacionais foi construída em uma estrutura simples de pilares e vigas de concreto, no nível acima da superfície, ao lado da estação.[8]

A escavação em VCA foi realizada nos poços circulares, nas áreas das bilheterias e bloqueios, no mezanino, na plataforma e no acesso secundário. A escavação em NATM foi realizada para o túnel transversal que liga os poços circulares ao acesso do outro lado da Avenida Santo Amaro, passando por debaixo da mesma. [9][10]

O acesso principal localiza-se em uma praça na confluência entre a Avenida Santo Amaro com a Avenida Roque Petroni Júnior, ocupando uma área de 13.848,55m². O acesso secundário fica localizado na confluência entre a Avenida Santo Amaro com a Avenida Professor Vicente Rao, ocupando uma área de 1.333,15m². [11]

Sigla Estação Inauguração Capacidade Integração Plataforma Posição Notas
N/D Brooklin 2017 29.400 pessoas por dia Bilhete Único da SPTrans
Corredor Diadema-Morumbi
Central Subterrânea Horário de funcionamento: das 10h às 15h

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Borba Gato
Distância: 747 metros
Linha 5 - Lílas do Metrô
Brooklin
Sucedido por
Campo Belo
Distância: 1029 metros

Funcionamento da Linha[editar | editar código-fonte]

Linha Terminais Estações Principais destinos Duração das viagens (min) Intervalo entre trens (min) Funcionamento
5
Lilás
Capão RedondoChácara Klabin 17 Vila Mariana, Ibirapuera, Moema, Brooklin, Santo Amaro, Jardim São Luiz, Campo Limpo, Capão Redondo 13 6 Diariamente, das 4h40 à 0h00

Referências

  1. Companhia do Metropolitano de São Paulo. «Plano Básico Ambiental» (PDF). Consultado em 10 de abril de 2012 
  2. «Projeto Funcional e Relatório de Empreendimentos da Linha 5-Lílas» (PDF). Site oficial do Metrô de São Paulo. p. 18. Consultado em 7 de janeiro de 2017 
  3. «Atraso na linha 4 do metrô trará duplo dano financeiro ao governo de São Paulo». MONTEIRO, André; URIBE, Gustavo - Folha de S.Paulo. Consultado em 7 de janeiro de 2017 
  4. «Metrô e monotrilho previstos para 2014 agora vão ficar para 2017». Márcio Pinho, G1 de São Paulo. Consultado em 7 de janeiro de 2017 
  5. Governo, Portal do (4 de fevereiro de 2017). «Parte da expansão da Linha 5-Lilás, estação Brooklin está 98% concluída». saopaulo.sp.gov.br. Consultado em 5 de março de 2017 
  6. SP, G1 (1 de setembro de 2017). «Após atrasos, Metrô de SP anuncia que abrirá 3 novas estações na próxima semana». Portal G1. Consultado em 3 de setembro de 2017 
  7. Pinho, Márcio (6 de setembro de 2017). «Metrô de SP inaugura três novas estações após atrasos». Consultado em 9 de setembro de 2017 
  8. «Tour Virtual pela Linha 5-Lílas - Estação Brooklin». Site oficial do Metrô de São Paulo. Consultado em 7 de janeiro de 2017 
  9. «Conceitos arquitetônicos da Linha 5-Lílas». Site oficial do Metrô de São Paulo. Consultado em 7 de janeiro de 2017 
  10. «Projeto executivo de contenções da Estação Brooklin da Linha 5-Lílas» (PDF). ESTRA Engenharia. p. 5. Consultado em 7 de janeiro de 2017 
  11. «Zona de desapropriação da Estação Brooklin - Linha 5-Lílas» (JPG). Site oficial do Metrô de São Paulo. p. 1. Consultado em 7 de janeiro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre Metropolitanos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.