Registo da Memória do Mundo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Programa Memória do Mundo)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Small Flag of the United Nations ZP.svg Registo da Memória do Mundo
Tipo Programa da UNESCO
Comando Fackson Banda (Secretário-geral)[1]
Status Ativo
Fundação 1992
Sede Paris,  França
Website https://en.unesco.org/programme/mow/
Organização das Nações Unidas

O Programa Registo da Memória do Mundo é uma iniciativa internacional lançada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) com a finalidade de identificar e preservar documentos e arquivos que venham a compor o patrimônio histórico da humanidade.[2] A definição do programa cultural define sua missão principal como "salvaguardar o patrimônio documental da humanidade de amnésia coletiva, negligência, danos do tempo e condições climáticas e destruição proposital ou deliberada".[3]

O programa, iniciado em 1992, contabilizou no ano de 2017 o total de 427 documentos, de todos os continentes; tendo já salvaguardado vários materiais de pedra, celuloide, pergaminho e gravações sonoras.[4][5] Entre os documentos preservados com apoio do programa, encontram-se a Bíblia de Gutenberg e a partitura original da "Nona sinfonia de Beethoven", ambos sob custódia de entidades da Alemanha. Por sua vez, o primeiro documento em língua portuguesa incluído no Registo da Memória do Mundo foi a Carta a El Rei D. Manuel, de autoria do navegante português Pêro Vaz de Caminha em que relata as primeira impressões dos europeus sobre sociedade pré-cabralina na costa brasileira.[6]

Mundo lusófono[editar | editar código-fonte]

Portugal[editar | editar código-fonte]

Património Documental de Portugal inscrito pela UNESCO no Registo da Memória do Mundo (em 2017 são 10 documentos):[7]

Brasil[editar | editar código-fonte]

Patrimônio documental do Brasil inscrito pela UNESCO no Registo Internacional do Programa Memória do Mundo:[8]

  • Coleção Imperial: Fotografia no Século XIX – 2003
  • Arquivo Rui Barbosa - 2011[9]
  • Registro de Informações no Regime Militar no Brasil (1964-1985) – 2011
  • Arquivos da Companhia das Índias Ocidentais – 2011 (em conjunto com a Holanda, Gana, Guiana, Antilhas Holandesas, Suriname, Reino Unido e Estados Unidos)
  • Documentação das Viagens do Imperador D. Pedro II no Brasil e no estrangeiro – 2013
  • Arquivo de Arquitetura de Oscar Niemeyer – 2013
  • Registo Iconográfico e Cartográfico da Guerra do Tripla Aliança – 2015 (em conjunto com o Uruguai)
  • Fundo Comitê de Defesa dos Direitos Humanos para os Países do Cone Sul (CLAMOR), proposto pelo Centro de Documentação e Informação Científica Prof. Casemiro dos Reis Filho - CEDIC/PUC-SP em conjunto com o Archivo General de la Nación de Uruguay. 2015

Timor-Leste[editar | editar código-fonte]

Património Documental de Timor-Leste inscrito pela UNESCO no Registo da Memória do Mundo:[10]

  • Colecção de Max Stahl de documentos audiovisuais sobre o nascimento da Nação de Timor-Leste – 2013

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]