Voo British Airways 9

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Voo British Airways 9
Acidente aéreo
G-BDXH Aeronave envolvida no acidente
Sumário
Data 24 de junho de 1982 (35 anos)
Causa Perda dos 4 motores devido ao bloqueio por cinzas vulcânicas.
Local Galunggung, Ilha de Java
Origem Aeroporto de Londres-Heathrow, Londres, Inglaterra
Destino Aeroporto Internacional de Auckland, Auckland
Passageiros 248
Tripulantes 15
Mortos 0
Feridos 0
Sobreviventes 263 (Todos)
Aeronave
Modelo Boeing 747-236B
Operador Reino Unido British Airways
Prefixo N52AW
Voo British Airways 9

O voo British Airways 9 era uma rota aérea entre o Aeroporto Internacional de Londres Heathrow e o Aeroporto Internacional de Auckland, na Nova Zelândia. Em 24 de junho de 1982 o Boeing 747-263B entrou numa nuvem de cinzas na ilha de Java, na Indonésia e os quatro motores pararam de funcionar. Os tripulantes fizeram de tudo para tentar por os motores à funcionar novamente, mas somente perto de Jacarta conseguiram fazer com que todos os quatro motores voltassem a funcionar, logo depois um deles parou de funcionar outra vez, mas mesmo com três motores foi possível pousar com segurança. O piloto fez um pouso de emergência e dos 248 passageiros e 15 tripulantes nenhum saiu ferido.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um acidente aéreo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.