Ídolos (4ª temporada)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto.
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Ídolos
Paula Lima, uma das juradas do programa
Informação geral
Formato Reality show
Criador(es) Simon Fuller
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) Fernanda Telles
Wanderley Villa Nova
Apresentador(es) Rodrigo Faro
Elenco Luis Calainho
Marco Camargo
Paula Lima
Transmissão original 18 de agosto de 200916 de dezembro de 2009

A quarta temporada do programa de televisão brasileiro Ídolos (segunda a ser exibida pela Rede Record) estreou no dia 18 de agosto de 2009. Luis Calainho, Marco Camargo e Paula Lima continuaram jurados do programa, junto com Rodrigo Faro como apresentador. A edição contou a participação de artistas como Fernanda Abreu e Jon Secada, que completaram a banca de jurados nas audições do Rio de Janeiro[1] e de Diogo Nogueira e Wando durante as finais. Esta temporada trouxe várias mudanças em relação as 3 últimas. Desta vez, os participantes poderiam não somente cantar, como também tocar instrumentos. E na fase do Teatro, os resultados foram informados logo após a apresentação. No dia 16 de Dezembro, Saulo Roston foi anunciado como o novo ídolo do Brasil vencendo Diego Moraes.

Audições[editar | editar código-fonte]

As audições foram feitas nas seguintes cidades:

Cidade Data Local
Curitiba, PR 25 de abril de 2009 Parque Barigui - Salão dos Atos
Belo Horizonte, MG 3 de maio de 2009 Chevrolet Hall
Fortaleza, CE 14 de maio de 2009 Ginásio Paulo Sarasate
São Paulo, SP 21 de maio de 2009 Sambódromo de São Paulo - Anhembi
Rio de Janeiro, RJ 28, 29, 30 de maio de 2009 Forte de Copacabana (28 e 29/05) e Windsor Hotel (30/05)

Os candidatos deveriam ter idades entre 18 e 26 anos até a data das audições. Não era permitida a participação de intercambistas ou qualquer espécie de morador temporário.

Assim como em 2008 as audições foram divididas em fases: na primeira fase o candidato era ouvido por um produtor do programa e um profissional; na segunda, pela direção do programa. Os escolhidos se apresentavam para os jurados do programa. Nessa etapa são aprovados cantores ruins, medianos e bons para equilibrar as emoções que o programa desperta ao longo da fase das audições.

Fase do Teatro[editar | editar código-fonte]

Os 86 aprovados nas cinco capitais foram para São Paulo participar da fase do teatro. Foram três etapas distintas (Chorus Line, Grupos e Solo) e uma prova de fogo. Dessa fase, apenas 24 pessoas continuaram.

Chorus Line[editar | editar código-fonte]

Divididos em grupos, os candidatos subiam ao palco e individualmente cantam uma canção a capella. Logo após as apresentações, os jurados anunciavam os classificados. Dessa fase, foram selecionados 67 candidatos.

Grupos[editar | editar código-fonte]

Divididos em trios ou quartetos, os 67 candidatos restantes tiveram que se apresentar em grupos para os jurados. Eles tiveram que escolher uma música e cantar acompanhados por uma banda (violão, teclado e percussão). As opções de repertório foram: "Sá Marina" de Ivete Sangalo, "Não Quero Dinheiro (Só Quero Amar)" de Tim Maia, "Além do Horizonte" de Jota Quest e "Lança Perfume" de Rita Lee. Além de serem julgados em grupo, os candidatos eram julgados individualmente, portanto as eliminações eram individuais e não necessariamente do grupo todo. Além disso, os candidatos também criaram nomes para seu grupos.

Solos[editar | editar código-fonte]

Na última etapa, os 48 candidatos tiveram que escolher uma música de uma lista e cantar acompanhados por uma banda ou podendo também tocar algum instrumento. As opções de música foram "Deixo" de Ivete Sangalo, "Cedo ou Tarde" de NX Zero, "1 Minuto" de D'Black e Negra Li, "Alguém Me Avisou" de Maria Bethânia, "Abandonado" de Exaltasamba, "Pensando em Você" de Babado Novo, "Eu Vou Seguir" de Marina Elali e "Amigo Apaixonado" de Victor & Leo.

Depois de horas de discussão entre os jurados, os candidatos foram divididos em três salas representadas por um quadrado, um círculo e um triângulo. Os jurados passavam em cada sala e davam o veredicto, onde os 12 candidatos da sala quadrado foram eliminados, os 12 da sala círculo foram aprovados para o Top 24. Os 24 restantes que estavam na sala triângulo formavam o grupo dos candidatos que os jurados não conseguiram ser unânimes, por isso, cada um deles se encontrariam com os jurados mais uma vez, na nova etapa do Elevador.

No elevador, um em um, os candidatos subiam até o último andar onde se encontravam com os jurados. Na sala, os jurados explicavam a situação para o candidato e davam seu veredito. Quando restava uma vaga para cada sexo, os dois candidatos restantes subiam juntos e cantavam uma canção, recebendo então o veredito.

Semi-Finais[editar | editar código-fonte]

Os 24 semi-finalistas foram divididos por sexo em 2 grupos. Cada grupo cantou em sua noite respectiva, com os resultados sendo apresentados nas noites seguintes. Os seis mais votados pelo público dos dois grupos foram classificados para as finais.

Homens[editar | editar código-fonte]

Aprovados em negrito.

Mulheres[editar | editar código-fonte]

Aprovados em negrito.

Top 12: Finalistas[editar | editar código-fonte]

Os 12 finalistas eleitos pelo público foram divulgados no dia 7 de Outubro. Os seis homens e as seis mulheres cantaram em concertos, nos quais, o menos votado pelo público era eliminado semanalmente.

Saulo Roston[editar | editar código-fonte]

Saulo do Amaral Freire Oliveira Souza é de São Paulo, capital, e tem 20 anos. Eliminado no Top 30 do Ídolos 2008, Saulo não desistiu, voltou ao programa e se classificou com destaque. Começou a cantar com 12 anos. Aos 13, fez um show para 4 mil pessoas em Barra do Garça. Sempre teve o apoio dos pais. Fez alguns meses de aula de canto em São Paulo. Canta em bares e eventos fechados. Era fixo em alguns desses bares, mas precisou deixá-los para participar do Ídolos. Estudou e toca violão e também um pouco de piano. Compõe para outros artistas e está gravando suas próprias músicas.

Diego Moraes[editar | editar código-fonte]

Diego Augusto do Vale Moraes tem 23 anos e é de Campinas, interior de São Paulo. Começou a cantar na igreja aos 6 anos. É influenciado por música sertaneja e de raiz. Participou de coral dos 10 aos 14 anos e fez aulas de teclado e piano na infância e adolescência. Tem dois projetos musicais em Campinas. Um de música pop chamado "Vibe Jam" e outro de música soul, o "Soul na Goela". Canta na noite campineira e paulistana. Trabalhava em uma ótica como vendedor e deixou o emprego para participar do Ídolos. Gravou um CD com o coral na adolescência e recentemente um CD demo com músicas próprias, lançado em sua região, chamado "Bicho Mandado".

Helen Lyu[editar | editar código-fonte]

Helen Bittencourt da Silva Santos era a candidata mais jovem da edição, com 18 anos. A candidata de Curitiba, Paraná, começou a cantar com 3 anos. Aos 13, cantava em bares. Sua influência é a cantora canadense Alanis Morissete. Sempre teve o apoio da irmã, dos amigos e parentes, apesar de estes ficarem apenas na torcida. O único que realmente acreditava no potencial dela era seu irmão. Não fez aulas de canto e nem cursos para aprender a tocar instrumentos musicais. Apesar disso, está aprendendo a tocar gaita e seu sonho é tocar piano. Antes do Ídolos, vendia bombons com sua irmã. Gosta de jazz, blues, samba, black music e bossa nova.

Priscila Borges[editar | editar código-fonte]

Priscila Borges da Silva era a candidata mais velha da edição. Natural de São Vicente, São Paulo, a participante de 26 anos tem experiência no palco e até já gravou uma música eletrônica na Europa, em parceria com o DJ Fatboy Slim. Começou a cantar profissionalmente com 16 anos. Fez aulas de canto com Madalena Bernardes, que a viu cantando e ofereceu aulas grátis de canto e expressão corporal. Também fez aulas de teatro, voltadas para musical na oficina Verdate. Canta na noite com sua banda de Santos. Colocou uma cantora para substituí-la na banda, para participar do Ídolos.

Dani Morais[editar | editar código-fonte]

Danielle Rodrigues de Morais tem 25 anos e é a candidata de Pedra Azul, Minas Gerais. Com 15 anos começou a cantar. Antes disso, apenas tocava violão acompanhando outros cantores, porque tinha vergonha de cantar. Fez faculdade de arte com ênfase em música, e depois cursou de técnica vocal popular durante dois anos. Estudou e toca violão e se arrisca também na percussão. Canta na noite, em eventos e em festas particulares. Tem um projeto chamado 4 Cantos, na cidade de Montes Claros. Participou de um projeto com 60 cantores para aula de técnicas vocais e foi escolhida com outro cantor para gravar um CD.

Marcos Paulo[editar | editar código-fonte]

Marcos Paulo Barros Gomes é o representante de Manaus, Amazonas. Com 19 anos, se mostra seguro em seu estilo e se não fosse pela ajuda de Paula Lima, ele teria voltado para Manaus desde as audições. Começou a cantar aos 13 anos. Ele queria ser músico, e o pai sugeriu o canto. Canta na noite em Manaus. Fez aula e toca violão, contrabaixo e guitarra. Ia começar faculdade, mas desistiu para participar do Ídolos. Lançou dois CDs: um só de covers e um com músicas de sua própria autoria.

Marcos Duarte[editar | editar código-fonte]

Marcos Duarte de 25 anos é de Santa Quitéria, Ceará. Ele era o fiel representante da música sertaneja na edição. Começou a cantar com 15 anos. Tem o apoio da avó, irmãos, mãe e amigos. Nunca estudou canto e aprendeu sozinho a tocar violão e gaita. Canta em bares música sertaneja. Marcos trabalhava como lavrador antes do programa. Anunciou sua desistência ao vivo em 12 de Novembro de 2009, após o anúncio dos três candidatos menos votados, alegando problemas físicos e emocionais.

Taíssa de Araújo[editar | editar código-fonte]

Taissa de Araújo Lobo tem 24 anos e é do Rio de Janeiro, capital. Canta desde pequena. A música sempre a inspirou. Nunca estudou canto e também não toca instrumentos. Largou o curso de interpretação para TV e de corte e costura para participar do Ídolos. Gosta de MPB, samba e pop.

Júlio César[editar | editar código-fonte]

Júlio Cesar Ferreira de Sousa é de Sapopemba, São Paulo e tem 21 anos. Começou a cantar com 7 anos. Teve influência da igreja em seu estilo. Fez 2 anos de aula de canto especializada em black music. Canta na noite e na igreja. Estudou 3 meses de piano. Parou de dar aulas de canto para participar do Ídolos. Já gravou algumas músicas de sua própria autoria.

Thais Bonizzi[editar | editar código-fonte]

Thais Ferraz de Andrade Bonizzi tem 20 anos e é de Barueri, São Paulo. Já cantou em turnê de um grande show nacional, gravou a música "Em Flor" para a trilha sonora da novela O Profeta e se inspira em cantores como Elis Regina e Jamie Cullum. Aos 12 anos, começou a cantar na igreja e fez 8 meses de aula de canto com um maestro. Nessa mesma época fazia parte de um coral jovem. Canta em casas de show. Estudou e toca violão e saxofone.

Raquel Soares[editar | editar código-fonte]

Raquel da Silva Soares tem 23 anos e é de Itaguaí, Rio de Janeiro. Sempre cantou, desde os 4 anos. A família toda é formada por músicos do quartel. Estudou música em um coral e trabalha como cantora à noite. Toca bateria e pandeiro.

Evandro Elias[editar | editar código-fonte]

Evandro Elias dos Santos é de Jacarezinho, Rio de Janeiro, e tem 25 anos. Morador de uma favela, pretende ser referência no mundo musical. Começou a cantar com 5 anos. O pai pregava e ele cantava. Tem influência gospel e sempre teve o apoio da família. Estudou trompete, violão e teclado. Integra um grupo de música gospel chamado Fruto Christyans e é líder do coral El Chamado. Dava aulas de canto, teclado e violão, atividade que abandonou para participar do Ídolos. Tem CDs independentes sendo gravados com o grupo e o coral.

Temas das apresentações[editar | editar código-fonte]

Data Semana Tema
13 de outubro Top 12 Cante Seu Ídolo
20 de outubro Top 11 Clássicos dos Anos 70
27 de outubro Top 10 A Noite do Malandro
3 de novembro Top 9 Dor de Cotovelo
10/11 de novembro3 Top 7 Noite dos Anos 80
17 de novembro Top 6 Música Brega
24 de novembro Top 5 Reis do Pop
1 de dezembro Top 4 Dedique Uma Canção
Minha Trilha Sonora
8 de dezembro Top 3 Escolhas dos Jurados
15 de dezembro Top 2 Músicas Inéditas
A Melhor da Temporada
Músicas Inéditas

Apresentações em grupo e Convidados[editar | editar código-fonte]

Semana Cantores Música
Top 12 Top 12 "Descobridor dos Sete Mares" (Tim Maia)
Top 11 Top 11 "Se Você Pensa" (Roberto Carlos)
Top 10 Diogo Nogueira "Tô Fazendo a Minha" (Diogo Nogueira)
Top 9 Top 9 "Bye, Bye Tristeza" (Sandra de Sá)
Top 7 Top 7 e Paulo Ricardo "Olhar 43" (RPM)
Top 6 Top 6 e Wando "Moça" (Wando)
Top 5 Fresno "Redenção" (Fresno)
Top 4 Top 4 "Eu Te Devoro" (Djavan)
Top 3 Billy Paul "Your Song" (Billy Paul)
Top 2 Top 12
Top 2
Maria Rita
Davi Metal e Andreas Kisser
Top 12
Marcos Duarte
Maria Rita
Top 2 e Alexandre Pires
Alexandre Pires
"We Are The Champions" (Queen)
"Entre o Ontem e o Amanhã" - "Nova Paixão" (Singles do Vencedor)
"O Homem Falou" (Maria Rita)
"Meu Ursinho" (Davi Metal)
"Billie Jean" - "Bad" - "I'll Be There" (Michael Jackson)
"No Dia Em Que Eu Saí de Casa" (Zezé Di Camargo & Luciano)
"A Festa" (Maria Rita)
"Sá Marina" (Ivete Sangalo)
"Cigano" (Alexandre Pires)

Resultados[editar | editar código-fonte]

Legenda
Não se apresentou Top 24 Top 12 Ídolo 2009
Salvo 4º menos votado 3º menos votado 2º menos votado Eliminado Desistente
Fase: Semi Finais
Semana: 30/09 07/10 14/10 21/10
28/10¹
04/11²
12/11³
18/114
25/11 02/12 09/12 16/12
Posição Candidato Resultado
1 Saulo Roston Top 12 3- Vencedor
2 Diego Moraes Top 12 3- 2- 2º lugar
3 Helen Lyu Top 12 3- 3- Elim
4 Priscila Borges Top 12 3- 2- 2- Elim
5 Dani Morais Top 12 3- 3- 3- Elim
6 Marcos Paulo Top 12 3- 4- Elim
7 Marcos Duarte Top 12 Desist
8–9 Taíssa de Araújo Top 12 Elim
Júlio César Top 12 2- 3-
10 Thaís Bonizzi Top 12 2- Elim
11 Raquel Soares Top 12 3- Elim
12 Evandro Elias Top 12 Elim
13–24 Aline Moreira Elim
Bárbara Amorim
Mayara Magalhães
Melina Marçal
Natália Rodrigues
Suzi di Paula
Cosme Motta Elim
Jésus Henrique
Juicer Júnio
Leonardo Baptista
Maycon Balbino
Phelipe Carvalho
  • Nota 1: Apenas foi declarado que Thaís Bonizzi era a eliminada da noite, não foi especificado quem era o 2º e 3º menos votado entre Dani Morais e Júlio César.
  • Nota 2: Foi divulgado que haveria dois eliminados, com isso foram anunciados quatro menos votados, havendo então um 4 - (o candidato foi o 4º menos votado). Na eliminação não foi divulgado qual dos eliminados foi de fato o menos votado, embora Júlio César tenha sido anunciado antes.
  • Nota 3: Devido ao apagão ocorrido em 10 de novembro de 2009 em vários estados brasileiros, as apresentações foram reprisadas no dia 11/11/09 e a eliminação foi adiada para o dia 12 de novembro de 2009. Dani Morais, Diego Moraes e Priscila Borges foram os menos votados da semana, porém quando Rodrigo Faro divulgaria a eliminação, Marcos Duarte anunciou sua desistência alegando problemas físicos e emocionais. Com isso, Dani, Diego e Priscila continuaram na competição e não houve divulgação de qual dos três seria o 3º, 2º e menos votado da semana.
  • Nota 4: Devido a desistência de Marcos Duarte na semana anterior sem ele estar entre os menos votados, os votos dessa semana foram somados aos da anterior.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.